Tudo o que você precisa saber sobre nota fiscal para vender online

Sobre o que estamos falando?

  • Qualquer falha na hora de emitir a nota fiscal pode acarretar em multas e problemas com a receita, além do estresse para corrigir o erro. Os micro e pequenos empreendedores que vendem pela internet costumam ter bastante dúvidas sobre esse processo;
  • Veja aqui tudo que você precisa saber sobre nota fiscal para vender online e, assim, poder acompanhar este processo a partir de uma visão geral. Entenda quem precisa emitir, porque é tão importante, os principais modelos, benefícios e como micro e pequenas empresas emitem este documento;
  • O sistema ERP da Conta Azul centraliza todas as informações dos setores da sua empresa em um único local, como estoque, vendas, financeiro e contabilidade. Além disso, também permite que você emita suas notas fiscais com poucos cliques e sem complicação. Tudo isso em planos que cabem no seu bolso.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

As vendas online aumentaram significativamente nos últimos anos. Para você ter uma ideia, no primeiro semestre de 2020, o faturamento das lojas online cresceu 47%, número considerado o maior dos últimos 20 anos de acordo com dados da Ebit/Nielsen.

Além disso, o número de novos empreendedores também cresceu bastante, principalmente devido à pandemia, onde empreender acabou sendo a única opção de muitos profissionais que perderam seus empregos.

Conforme pesquisa divulgada na Veja, em torno de 50 mil pequenas e médias empresas apostaram em lojas virtuais em 2020. 

Porém, é muito comum que boa parte desses empreendedores tenham como foco principal o negócio e, devido a isso, acabam por não dar tanta atenção às questões burocráticas da empresa: é aí que surgem algumas dúvidas. 

Neste conteúdo, veja tudo sobre nota fiscal que você precisa saber para vender online, através dos seguintes tópicos:

tudo-o-que-voce-precisa-saber-sore-nota-fiscal-para-vender-online

Antes de começar: o que é uma venda online?

Você sabe o que caracteriza uma venda pela internet? Basicamente, qualquer transação comercial realizada no meio digital, ou seja, pela internet, onde o cliente não tenha contato presencial com o produto ou serviço a ser entregue, pode ser chamada de venda online.

Vale ressaltar que a venda pelo WhatsApp e por qualquer outra rede social, como Instagram, Facebook ou Telegram, também é considerada online.

Tudo sobre nota fiscal: o que é preciso saber

 

Por que emitir nota fiscal para vender online? 

Conforme a Lei N° 8.846, toda empresa, salvo algumas exceções que falaremos no próximo tópico, tem a obrigação de emitir documentos fiscais para efeito de comprovação da transação comercial e também de tributação, esteja ela em um espaço físico ou não.

O artigo 1° desta Lei diz que:

“A emissão de nota fiscal, recibo ou documento equivalente, relativo à venda de mercadorias, prestação de serviços ou operações de alienação de bens móveis, deverá ser efetuada, para efeito da legislação do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza, no momento da efetivação da operação.”

Nas vendas online, as principais mudanças estão relacionadas ao local onde os produtos e/ou serviços serão divulgados e comercializados. As regras para troca, devolução e reembolso, também sofrem modificações, conforme o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor, que diz:

“O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.”

Quem deve emitir nota fiscal? 

Como falamos no tópico anterior, toda empresa deve emitir nota fiscal, salvo algumas exceções:

  • MEIs, porém apenas quando o cliente for pessoa física. Do contrário, ou seja, se a outra parte for uma empresa, sim, o MEI deve emitir a nota;

  • Autônomos e/ou freelancers. Nesses casos, para comprovar o serviço prestado, esses profissionais podem optar pelo RPA (Recibo de Pagamento Autônomo) ou pela nota fiscal avulsa, documento que pode ser emitido apenas com o CPF na prefeitura da cidade.

Contudo, se o cliente pessoa física exigir uma comprovação de pagamento, é importante que esses profissionais emitam o RPA ou a nota avulsa, pois isso preserva a sua própria imagem e a reputação da empresa.

Para que serve a nota fiscal? O que ela atesta? 

A nota fiscal é o documento que comprova que uma transação, seja venda de produtos ou serviços, foi realizada de forma legal.

Afinal, como falamos, todas as empresas, com exceção dos MEIs e das pessoas físicas, precisam emitir esse documento devido à obrigação fiscal do pagamento de tributos sobre todas as transações comerciais por elas realizadas. 

Não emitir a nota fiscal pode sugerir, inclusive, que você está tentando evitar o pagamento dos tributos, crime chamado sonegação fiscal. 

Principais tipos de notas fiscais que você precisa conhecer

1202-[INFOGRÁFICO]---Tudo-o-que-você-precisa-saber-sobre-nota-fiscal-para-ve

As notas fiscais mais conhecidas:

  1. Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e), utilizada por empresas prestadoras de serviços para comprovar suas transações;

  2. Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que é um documento que substitui a nota fiscal impressa. No próximo tópico, falaremos mais sobre essa nota;

  3. Nota Fiscal Avulsa (NFA-e), que pode ser emitida por MEIs e pessoas físicas, através do sistema de emissão de notas fiscais das prefeituras, de forma gratuita; 

  4. Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e), que serve para registrar as vendas para consumidores finais, sejam empresas ou pessoas físicas e substitui o cupom fiscal. 

Com o sistema de gestão da Conta Azul permite que você emita esses e outros tipos de notas fiscais, de forma rápida e automática. Clique aqui para saber mais!

Qual é a diferença entre nota fiscal e NF-e? 

NF-e é a sigla para Nota Fiscal Eletrônica, que é um documento que substitui a nota fiscal impressa. Ela é enviada por e-mail e serve para comprovar as transações comerciais de mercadorias feitas entre:

  • Pessoas físicas;

  • Empresas;

  • Pessoas jurídicas e pessoas físicas.

Quais são os benefícios da nota fiscal eletrônica? 

 

Para a empresa

Para começar, dentre os principais benefícios da nota fiscal eletrônica estão a redução dos custos com impressão, transporte e armazenamento desses documentos, já que tudo é feito de forma online.

E, por ser tudo pela internet, a emissão e envio também fica muito mais rápido. Além disso, o índice de erros neste processo diminui, principalmente quando se utiliza um sistema emissor de notas fiscais. 

Por fim, em alguns casos, pode haver até descontos nas taxas de IPTU e no pagamento do ICMS, para quem emite a NF-e. 

Para o cliente

Já para o cliente, alguns benefícios se mantêm, como a redução nos custos com impressão, envio e armazenamento das notas. 

E, se o cliente for pessoa jurídica, a NF-e estimula a compra pela internet, já que o consumidor final pode receber a nota diretamente pelo seu e-mail, de forma simples e rápida. Dessa forma, o risco de perder o documento é bem menor. 

A NF-e também elimina a necessidade de digitalização, o que agiliza o processo de recebimento de mercadorias. 

tudo-o-que-voce-precisa-saber-sore-nota-fiscal-para-vender-online-2

Como micro e pequenas empresas emitem nota fiscal? 

Os microempreendedores Individuais podem emitir a nota fiscal através do sistema da prefeitura da cidade na qual a empresa foi aberta.

Já em relação aos pequenos negócios, o que vai diferenciar a forma de emissão da nota fiscal é a atividade da empresa. Assim:

  • Quem precisa emitir a NFC-e e a Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e) deve usar o sistema Secretaria da Fazenda - SEFAZ ou outra plataforma autorizada pelo órgão do estado cujo CNPJ está registrado para fazer a emissão desse documento;

  • Já no caso das empresas que prestam serviços, a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e) deve ser emitida no site da prefeitura do município onde o CNPJ está registrado ou igualmente por um sistema autorizado pela SEFAZ. 

Micro e pequenas empresas podem emitir suas notas fiscais pela Conta Azul e ainda gerenciar o negócio com um sistema simples e fácil de usar. Saiba mais clicando aqui. 

Ainda tem dúvidas? Fale com seu contador!

Não precisamos saber de tudo, concorda? 

É importante que você, como dono de negócio, entenda como funciona cada processo da sua empresa. Porém, quando falamos da contabilidade, isso não inclui saber de todos os detalhes de cada etapa burocrática.

Afinal, qualquer falha no pagamento dos tributos pode acarretar em multas e até prejudicar a reputação da empresa, o que não é interessante para nenhum negócio. Isso tudo sem contar com todo estresse que é para resolver essa situação. 

Portanto, na dúvida, não se arrisque e procure um contador, profissional especializado no assunto. 

Não consegue achar um contador? Clique para encontrar um bem perto de você!

A Conta Azul facilita a emissão de nota fiscal para você

Nós sabemos o quanto é desafiador o dia a dia de um empreendedor. Afinal, muitas vezes ele é o responsável por várias tarefas importantes na empresa, como fazer as compras, emitir as notas fiscais, atender clientes e até fazer postagens nas redes sociais.

E, devido a tudo isso, entendemos que a emissão de notas fiscais, assim como outros processos da sua empresa, como o controle de estoque, não precisam ser um pesadelo.

O ideal é que essas atividades sejam simples, fáceis e rápidas, para que sobre tempo para que você pense na estratégia da sua empresa, nas promoções, nos próximos posts para redes sociais, etc. 

“Bom, como a Conta Azul faz isso?”

Nós explicamos!

O ERP da Conta Azul é um sistema que integra e centraliza todos os processos mais importantes da sua empresa, como vendas, fluxo de caixa, controle de estoque, financeiro e contabilidade. 

Dessa forma, quando um produto sai do estoque para venda, ou quando você fecha e recebe o pagamento de um contrato de serviços, automaticamente esse pagamento é registrado no financeiro.

Depois disso, com alguns cliques, já é possível emitir e consultar uma nota fiscal, que também é automaticamente registrada na contabilidade da sua empresa. 

Ou seja, ao invés de você precisar anotar no caderno ou colocar nas planilhas todos esses dados, basta apenas receber o valor do cliente e emitir a nota fiscal, em poucos cliques. 

Viu só como é simples?

E, com a Conta Azul, você pode:

  • Fazer a conciliação fiscal automática; 

  • Enviar automaticamente as notas fiscais para o contador, sem a necessidade de malotes;

  • Importar os seus certificados A1 e A3;

  • Economizar com impressão, já que todo processo é feito online;

  • Reduzir o trabalho com a digitação das informações das notas fiscais, já é necessário cadastrar apenas uma vez os dados clientes e fornecedores;

  • Ter todas as suas notas fiscais armazenadas de forma segura na nuvem, ou seja, online. Assim, elas podem ficar guardadas pelo tempo necessário solicitado pelo Fisco, que é de 5 anos, sem ocupar o espaço da sua empresa com papéis; 

  • Ganhar tempo na hora de fazer o fechamento do mês.

Além disso, no ERP da Conta Azul, é possível cadastrar o seus certificados digitais A1 e A3 e emitir suas notas fiscais com segurança.

Notas fiscais emitidas pela Conta Azul

Na Conta Azul, você consegue emitir as principais notas fiscais usadas no mercado:

NFs-CA

E o melhor de tudo é que a Conta Azul cabe no seu bolso, pois foi feita para micro e pequenas empresas como a sua e é ideal para quem está começando agora!

Gostou? Se sim, clique aqui para experimentar essas e outras facilidades da Conta Azul sem pagar nada!

Emita Notas Fiscais de sua empresa dentro de um sistema de gestão para evitar erros

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?