Black Friday

7 erros para evitar na Black Friday

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/01/2024 | 12 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Com o mês de novembro cada vez mais próximo, muitos empreendedores já estão de olho nos principais erros para evitar na Black Friday para evitar que eles aconteçam;
  • Afinal, os preparativos para uma das datas comerciais mais importantes do mercado já começaram, e qualquer falha pode significar resultados abaixo do esperado;
  • Conheça a seguir os erros mais comuns cometidos pelos donos de negócios neste período e as práticas ideais para evitá-los.

Experimente grátis a Conta Azul!

Saber quais são os erros para evitar na Black Friday é uma preocupação tão importante para os donos de negócio quanto conhecer as melhores estratégias para garantir bons resultados.

Afinal, a data traz oportunidades únicas em um intervalo de tempo relativamente curto, e cada acerto faz a diferença, seja para atingir as expectativas de vendas ou conquistar a confiança e preferência dos clientes. 

Uma pesquisa da Méliuz indica que, neste ano, 95,2% dos consumidores brasileiros irão às compras na Black Friday. E, certamente, eles vão priorizar empresas que oferecem a melhor experiência com menor risco de erros.

Portanto, é essencial mapear os principais pontos de atenção e traçar planos para que seu negócio não passe por apuros. Para entender como se prevenir, confira a seguir quais são os 7 erros para evitar na Black Friday!

7 erros para evitar na Black Friday 

Independentemente se você é um prestador de serviços, se possui loja física ou realiza vendas online, é importante ter em mente que alguns dos erros para evitar na Black Friday ocorrem em empresas de todos os portes e setores.

Abaixo, selecionamos os 7 mais comuns e explicamos como evitá-los. Acompanhe e descubra como atrair clientes e proporcionar uma excelente experiência de compra, mantendo-se livre de riscos que poderiam prejudicar o seu faturamento:

Erro #1: Falta de planejamento antecipado

Um dos principais erros para evitar na Black Friday é a falta de planejamento antecipado

Para vender mais na Black Friday, não basta abrir as portas e esperar que os clientes cheguem até você.

É necessário ter um plano bem estruturado, que contemple promoções, estratégias de comunicação e marketing e até instruções para atendimento e negociação de preços. 

Tudo isso é indispensável para que você e sua equipe saibam exatamente o que fazer durante o período promocional. Isso evita erros como descontos desalinhados com a margem de lucro e a criação de ofertas pouco vantajosas.

Como evitar esse erro:

Seja você prestador de serviços ou varejista, comece seu planejamento com a organização das tarefas. Liste tudo o que deve ser feito até a data da Black Friday, definindo prazos assertivos para cada demanda.

Também não se esqueça de divulgar seus serviços e produtos com antecedência, para garantir que os clientes cheguem até você cientes das vantagens oferecidas pela sua empresa.

Para varejistas, é indispensável fazer o planejamento do estoque e da logística com antecedência, a fim de garantir uma boa reserva de produtos e o cumprimento de prazos de entrega. 

Para quem trabalha na internet – seja qual for o setor – não deixe de analisar se o site está com as configurações adequadas e pronto para suportar picos de tráfego. Caso contrário, o alto volume de visitantes pode “derrubar” seu endereço, algo que deixa clientes insatisfeitos e faz com que você perca oportunidades de venda. 

👀Quer entender melhor como se preparar promoções de sucesso? Clique aqui e veja as melhores dicas para colocar em prática.

Erro #2: Descontos que prejudiquem o financeiro da sua empresa 

Na ânsia de atrair mais clientes, alguns empreendedores oferecem descontos tão generosos que acabam prejudicando a saúde financeira da empresa. Esse também é um dos erros para evitar na Black Friday.

Na hora de definir as promoções, é preciso cuidar para que as reduções nos preços não superem a capacidade do seu negócio de absorver os custos. Afinal, você está fazendo promoções, não caridade. 

Nunca desrespeite sua margem de lucro pois ela é um dos pilares de sustentação do seu negócio. 

Como resolver esse problema:

Para evitar esse erro, é fundamental adotar estratégias de precificação eficazes. Antes de definir seus descontos, avalie cuidadosamente os custos envolvidos na prestação dos serviços ou no estoque dos produtos, bem como a margem de lucro desejada. 

Isso permitirá que você estabeleça ofertas que atraiam clientes, mas que também sejam sustentáveis para as finanças da empresa.

🤑Aprimore a sua precificação! Baixe nossa planilha e simplifique a definição do preço de venda de seus produtos. 

Erro #3: Atendimento ao cliente insatisfatório

Proporcionar um atendimento insatisfatório aos clientes está entre os erros mais significativos para evitar na Black Friday.

Em meio à infinidade de marcas e ofertas disponibilizadas às pessoas durante as datas comerciais, é a qualidade na experiência do consumidor que dita suas decisões de compra e fidelização.

Como evitar esse erro:

Prepare-se para lidar com o aumento na procura durante a Black Friday, garantindo que isso não prejudique o bom atendimento. Em cada contato junto aos clientes, respostas rápidas e eficazes são essenciais para mantê-los satisfeitos.

Se necessário, realize treinamentos para aprimorar a sua abordagem comercial. Se você tiver colaboradores, invista também na qualificação deles, principalmente para aqueles que atuam na parte comercial. 

Acima de tudo, considere a experiência do consumidor como um todo. Facilite o processo de compras online ou de contratação de serviços, tornando-o intuitivo e rápido. 

💡Atendimento é fator-chave para o sucesso de qualquer negócio. Clique aqui para conhecer dicas e tendências que podem ser aplicadas em seu negócio para atender melhor seus clientes.

homem leva mão ao rosto enquanto segura uma caneta sentado de frente para mesa cheia de papéis amassados

Erro #4: Não ser transparente com o cliente

A chamada “Black Fraude” infelizmente ainda é muito comum. Nela, os preços são artificialmente aumentados antes de serem reduzidos, criando a ilusão de desconto. Os clientes estão atentos a esse tipo de prática, que é muito danosa à reputação dos negócios.

Lembre-se que a boa experiência do consumidor também exige clareza. Sem transparência, você pode deixar os compradores frustrados e desconfiados.

Portanto, forneça sempre informações claras sobre aquilo que sua empresa oferece. 

Isso deve ser feito ao detalhar produtos e serviços e também para esclarecer pontos importantes, como as formas de pagamento e condições para trocas e devoluções.

Como evitar esse erro:

Para preservar a sua imagem e a confiança dos clientes, a transparência deve ser prioridade. Não suba os preços antes da Black Friday apenas para reduzi-los artificialmente. Ofereça sempre descontos genuínos, considerando os cuidados que abordamos na primeira dica. 

Também seja honesto em todas as comunicações. Comunique como são os serviços ou produtos e esclareça as políticas de prestação, trocas, devoluções e frete. Quando os clientes sabem exatamente o que esperar, eles confiam mais em você e não se sentem lesados.

📈A experiência do cliente em seu negócio será o “fiel da balança” quando o assunto é conversão. Quer saber como aprimorar esse aspecto? Clique aqui

Erro #5: Oferecer poucos meios de pagamento

Um dos maiores erros cometidos pelos donos de negócios na Black Friday é limitar os meios de pagamento disponíveis. Isso pode resultar na perda de vendas, já que cada pessoa pode ter preferências distintas na hora de pagar por produtos e serviços.

A flexibilidade nos meios de pagamento atrai um público mais amplo e garante que ninguém desista da compra devido a restrições nas transações. Oferecer opções mais variadas também melhora a experiência do cliente. Isso pode incentivar compras futuras e a fidelização.

Como resolver esse problema:

Evidentemente, para evitar esse erro, é fundamental diversificar os meios de pagamento oferecidos. Além dos métodos tradicionais, como cartão de crédito e o boleto, considere incluir opções mais modernas. 

Com cartões via link, por exemplo, você consegue faturar sem precisar de maquininha. Também há boletos com QR Code, que tornam a experiência do cliente mais prática e flexível. O mesmo vale para o Pix Cobrança. Ele é um meio rápido, conveniente e popular entre os consumidores.

💳As soluções de cobrança da Conta Azul simplificam a gestão financeira e facilitam a rotina do empreendedor. Confira como é possível economizar dias de trabalho com o poder da tecnologia.

Erro #6: Falhas de segurança

Os golpes ainda são uma realidade constante no mercado brasileiro. Um dos principais erros para evitar na Black Friday é não se preocupar com eles durante a sua preparação.

Para começar, esqueça a ideia de que os fraudadores estão de olho apenas nas marcas gigantes do mercado. Eles aproveitam a data comercial para aplicar golpes em empresas de todos os portes.

Suas práticas vão desde o golpe do falso pagamento, passando por estornos indevidos, phishing, fraudes de identidade e até invasão dos servidores de lojas online ou dos sites de prestadores de serviços. 

Ao não se precaver, você corre o risco de arcar com sérios prejuízos. Isso sem falar que a falta de segurança compromete a confiança dos consumidores, já que os criminosos podem usar a sua marca para aplicar golpes. 

Como evitar esse erro:

Investir em segurança é imprescindível para proteger as suas transações e dados. Isso inclui diversos cuidados, especialmente nos canais online.

Aqui, podemos citar a ativação da verificação de duas etapas nas redes sociais, a verificação da identidade dos usuários no e-commerce, o monitoramento dos padrões de compra dos clientes, o uso de meios confiáveis de pagamento, entre diversas outras ações de proteção.

🚨Nós criamos um artigo completo sobre o assunto, com todas as práticas a serem adotadas para manter sua empresa livre de golpes. Clique aqui e acesse agora.

Erro #7: Não divulgar as ofertas e promoções nos canais certos

Por fim, um dos maiores erros para evitar na Black Friday é não divulgar suas ofertas e promoções nos canais certos. 

Uma estratégia de marketing ineficaz pode gerar desperdícios de recursos valiosos, principalmente de tempo e dinheiro. Isso significa desperdiçar potenciais oportunidades de vendas.

Lembre-se de que a Black Friday é uma competição acirrada. Por isso, é essencial direcionar suas campanhas para os canais certos e criar uma estratégia completa que envolva seu público-alvo de maneira eficaz. 

Como evitar esse erro:

Primeiramente, conheça seu público-alvo e seus hábitos de consumo. Isso ajudará a identificar os canais de comunicação preferidos por eles. Nesse sentido, as redes sociais tendem a ser o foco das estratégias.

Utilize plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn para alcançar pessoas de maneira direcionada. Aproveite a segmentação oferecida por essas mídias para atingir o público certo com suas ofertas.

Além disso, inicie a comunicação das promoções com semanas de antecedência. Crie teasers e gatilhos de interesse para gerar expectativa entre seus clientes. 

Outra ação eficaz é a personalização. Use dados dos consumidores para oferecer ofertas direcionadas e relevantes. Isso pode ser feito via e-mail marketing ou WhatsApp, por exemplo. Assim, você aumenta as chances de conversão e ainda melhora a experiência do cliente.

Conclusão: preparando-se para uma Black Friday de sucesso

Sabe a pesquisa que citamos logo no início deste artigo? Ela também aponta que os consumidores devem gastar um ticket médio 62% maior durante a Black Friday de 2023. Isso em comparação com as compras do ano passado.

Ou seja, além das oportunidades inerentes a esse período comercial, as perspectivas de lucros serão ainda maiores. Claro que esse momento também é marcado por desafios, especialmente entre os empreendedores com menos experiência.

A boa notícia é que, ao aplicar as lições aprendidas neste artigo e aprimorar suas estratégias continuamente, você estará no caminho certo para ter sucesso. Inclusive, isso vale não só para a Black Friday, mas para o ano inteiro. 

Também procure ter em mente que cada erro é uma oportunidade de aprendizado. Da mesma forma, cada acerto é um passo em direção ao crescimento

Portanto, siga adiante com confiança e ajuste suas abordagens conforme cada gargalo ou oportunidade identificada.

Agora que já aprendeu sobre os erros para evitar na Black Friday, você está pronto para dar um passo adiante.

Acesse o “Guia Black Friday: estratégias para o sucesso nas vendas e promoções” e prepare-se para impulsionar ainda mais os seus resultados.

Leia também