Serviços Financeiros

Open Finance: descubra por que é uma opção segura para suas transações

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 22/03/2024 | 8 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Open Finance é um sistema aberto de compartilhamento de dados entre instituições financeiras que tem como objetivo desburocratizar o acesso a produtos e serviços;
  • Esse compartilhamento de dados possibilita que o usuário receba ofertas personalizadas e que podem fazer grande diferença nas finanças de uma empresa;
  • Descubra como funciona esse sistema e saiba se o Open Finance é seguro.

O Open Finance é um sistema de compartilhamento de dados desenvolvido pelo Banco Central do Brasil que tem como objetivo facilitar o acesso de pessoas físicas e jurídicas a operações financeiras. Contudo, é comum surgirem algumas dúvidas sobre esse sistema, especialmente se o Open Finance é seguro. 

As instituições financeiras que fazem parte do Open Finance precisam seguir todas as diretrizes do Banco Central para garantir a segurança cibernética e a proteção de dados dos usuários, o que ajuda a deixar esse sistema de compartilhamento de informações mais seguro.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Open Finance já conta com cerca de 27 milhões de clientes ativos, e a perspectiva é que esse número chegue a 60 milhões de usuários até o ano de 2025.

Se você quiser saber mais sobre esse sistema de compartilhamento de dados financeiros, descobrir como ele funciona e se o Open Finance é seguro, continue lendo este texto. 

Tópicos:

Uma mulher trabalhando com um tablet em seu escritório

O que é Open Finance?

O Open Finance é um sistema financeiro aberto que permite o compartilhamento de dados pessoais e financeiros entre instituições. Isso permite que o usuário tenha mais autonomia sobre os seus dados e busque as melhores soluções para ele ou para o negócio dele.

Para ter acesso a esse sistema, é necessário autorizar o compartilhamento dos seus dados pessoais ou da sua empresa. Você pode escolher quais informações deseja compartilhar, assim como quais instituições poderão ter acesso aos seus dados. Após fazer essa autorização, você vai receber ofertas de produtos financeiros personalizadas para o seu caso.

Com o Open Finance, você consegue acessar de maneira mais rápida e prática diferentes ofertas de produtos financeiros e escolher a que for melhor para você ou para a sua empresa, sem ter que ir a diferentes bancos para fazer isso.

Esse sistema financeiro aberto também estimula a concorrência entre os bancos. Com a maior facilidade de comparação, as instituições bancárias são obrigadas a inovar mais para se destacar no mercado e manter uma boa carteira de clientes.

Qual a diferença entre Open Banking e Open Finance? 

O Open Banking é um sistema de compartilhamento de informações pessoais e financeiras focado apenas nos bancos. Já o Open Finance expandiu essa iniciativa também para fintechs, corretoras de seguros, corretoras de valores e outros tipos de instituições financeiras.

Vale destacar que somente as empresas autorizadas pelo Banco Central do Brasil podem participar do Open Finance. Caso você tenha ficado interessado nesse serviço de compartilhamento de dados,  confira a lista de instituições participantes

Como funciona o Open Finance?

Além de saber se o Open Finance é seguro, é importante descobrir também como esse sistema financeiro aberto funciona. Confira abaixo o passo a passo para acessá-lo:

  • Acesse a internet banking ou o aplicativo do seu banco e procure a opção Open Finance;
  • Escolha as instituições financeiras com as quais você deseja compartilhar os seus dados e defina quais informações elas poderão acessar;
  • Após fazer isso, você será direcionado para uma seção do app ou da internet banking para realizar os procedimentos de segurança, como a autenticação multifatorial.

Depois de realizar todas essas etapas, será necessário aguardar até que todas as instituições financeiras selecionadas enviem as ofertas exclusivas para você. Os produtos ofertados por esses bancos vão aparecer na própria aba do Open Finance.

O acesso e a contratação de produtos financeiros por meio do Open Finance é mais simples porque, dependendo dos dados que você escolher compartilhar, os bancos vão ter acesso rápido a informações como:

  • O saldo da sua conta-corrente;
  • Seu extrato bancário;
  • Histórico de movimentações financeiras da sua conta;
  • Seus gastos recorrentes;
  • Limite de cartão de crédito;
  • Pagamentos efetuados;
  • Ganhos mensais.

Com essas informações, as instituições poderão ter uma boa noção do seu histórico financeiro, e, assim, recomendar para você produtos personalizados e com condições de pagamento condizentes com a sua situação financeira. 

Benefícios do Open Finance para os consumidores

O Open Finance apresenta vários benefícios aos consumidores, sendo que o principal é desburocratizar o acesso a produtos e serviços financeiros. Listamos, a seguir, os principais benefícios para as pessoas físicas:

  • Mais controle sobre seus dados: você escolhe quais dados compartilhar, com quem e ainda pode cancelar o compartilhamento a qualquer momento;
  • Ofertas personalizadas: as instituições financeiras podem oferecer produtos e serviços mais adequados às suas necessidades;
  • Mais opções de produtos e serviços: novas empresas podem entrar no mercado financeiro, oferecendo produtos inovadores;
  • Melhores decisões financeiras: você pode comparar produtos e serviços com mais facilidade;
  • Mais segurança e privacidade: o Open Finance é regulamentado pelo Banco Central do Brasil;
  • Economia de tempo e dinheiro: você pode realizar transações financeiras de forma mais rápida e encontrar tarifas e taxas mais baixas.

Como o Open Finance garante as seguranças dos dados?

O Open Finance é seguro, já que as instituições financeiras que têm acesso a esse sistema precisam seguir as diretrizes do Banco Central do Brasil e do Conselho Monetário Nacional. Além disso, todo o processo de tratamento e de transmissão de dados precisa seguir as normas da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e a Lei de Sigilo Bancário.

Outro fator que aumenta a segurança desse sistema é que todo o compartilhamento de dados se dá por meio da tecnologia API (Interface de Programa de Aplicações), a qual possibilita que os sistemas de diferentes instituições financeiras se conectem em um ambiente com muitas camadas de segurança.

A segurança dos dados também é garantida pela criptografia, já que todas as informações compartilhadas pelas instituições são criptografadas. Tudo isso faz com que o Open Finance seja seguro.

Quais são os riscos do Open Finance?

Apesar de apresentar várias camadas de proteção e operar com a criptografia dos dados, o sistema do Open Finance não está totalmente imune a um ataque de hackers, assim como nenhum outro sistema em operação atualmente. 

Portanto, você precisa levar esse fato em consideração antes de decidir se vai ou não compartilhar os seus dados por meio do Open Finance.  

Leia também: Como garantir sua segurança digital: dicas para proteger sua privacidade online

Open Finance é obrigatório?

O Open Finance não é obrigatório. Você pode escolher se quer ou não compartilhar as suas informações pessoais e financeiras com outras instituições financeiras, além do banco no qual você já tem uma conta ativa. Também é possível definir quais dados serão compartilhados.

Além disso, você pode interromper o compartilhamento dos seus dados quando quiser. Ao fazer isso, as instituições financeiras com as quais você havia compartilhado anteriormente as suas informações não terão mais acesso aos seus dados. 

Comparação entre Open Finance e sistemas financeiros tradicionais de segurança

Os sistemas financeiros tradicionais de segurança já utilizam muitos recursos para garantir a privacidade dos usuários, como criptografia dos dados e várias camadas de segurança cibernética, além de seguirem as diretrizes da LGPD e da Lei de Sigilo Bancário.

Contudo, o Open Finance conta ainda com a tecnologia API, que adiciona várias camadas de segurança nesse sistema. E isso faz com que ele seja ainda mais seguro e confiável.

Aprenda mais sobre finanças com a Conta Azul

Saber se o Open Finance é seguro é essencial para quem quer ter mais autonomia sobre os próprios dados e conseguir ter acesso aos melhores produtos e serviços bancários, que podem facilitar bastante a parte financeira da sua empresa. 

Portanto, vale a pena considerar usar esse sistema aberto de compartilhamento de dados para conseguir obter ofertas personalizadas e com boas condições de pagamento.

Para aprender mais sobre soluções financeiras para a sua empresa, continue no blog da Conta Azul e confira todos os conteúdos disponíveis.

Leia também