Empréstimo BNDES: como conseguir para a sua empresa

0 Comentários Publicado:  Assunto: Controle Financeiro, Gestão e Negócios

Empréstimo bndes pode ser solicitado online

Quando surge a necessidade de captar recursos, é de um empréstimo BNDES que você lembra? Faz todo sentido, afinal, com linhas especiais para pequenas empresas, a instituição costuma ser a ficha 1 para obter crédito. Mas será que tem também para o seu negócio? E como contratar? Neste artigo, vamos tirar suas dúvidas. Indique seu Contador  Conecte-se a seu contador via ContaAzul: economize tempo e dinheiro na gestão Quero indicar meu contador

Empréstimo BNDES tem novo canal para os pequenos

Para quem está de olho em um empréstimo BNDES, o mês de junho terminou com uma boa notícia. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social lançou um canal específico e direto para pequenas e médias empresas solicitarem crédito ao sistema bancário.

A plataforma se chama Canal do Desenvolvedor MPME e pode ser acessada neste site, tanto pelo computador como por dispositivos móveis. Um fato interessante sobre ela é a sua disponibilidade 24 horas por dia, sete dias da semana.

Dessa forma, o acesso a empréstimos pelo BNDES não precisa mais iniciar através de um agente repassador de recursos, papel geralmente desenvolvido por bancos oficiais e agências de fomento.

Para usar, é preciso seguir três passos básicos:

  1. Responder a algumas perguntas sobre você e sua empresa
  2. Indicar para quais tipos de investimento você precisa de crédito
  3. Escolher os bancos com os quais gostaria de fazer negócio.

Tais etapas são importantes para localizar a linha de crédito mais específica para a sua necessidade, como para aumentar o capital de giro ou para comprar equipamentos e maquinário para a empresa, por exemplo.

Vale dizer ainda sobre o novo canal do BNDES que ele já nasce com grande expectativa. Quando da sua apresentação, o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Afif Domingos, afirmou que o desafio é atender ao universo de 83% das micro e pequenas empresas que não têm acesso ao sistema de financiamento atualmente.

Precisa de dinheiro? Tire suas dúvidas

Para quais operações há financiamentos no BNDES?

  • Agropecuária
  • Administração pública
  • Capital de giro
  • Cooperativa de crédito
  • Crédito rural
  • Cultura e economia criativa
  • Educação, saúde e investimentos sociais
  • Exportação
  • Infraestrutura
  • Indústria, comércio e serviços
  • Inovação
  • Máquinas, equipamentos e veículos
  • Meio ambiente
  • Microcrédito
  • Reforma e ampliação
  • Software.

Como funciona o empréstimo BNDES?

A contratação de um empréstimo junto ao BNDES pode se dar direta ou indiretamente. A diferença entre elas é que, na segunda opção, que é a mais comum, existe um intermediário entre o cliente e o banco. São os agentes repassadores, sobre os quais falamos antes.

Já a solicitação de apoio direto atende em sua maioria a projetos do BNDES Finem e envolve valores superiores a R$ 20 milhões. Podem ser solicitadas quantias inferiores e em programas diferentes, mas, como regra geral, as pequenas empresas recorrem à modalidade indireta, que é a única atendida pelo novo canal do banco.

Através do modo indireto, a análise do financiamento é realizada por uma instituição financeira credenciada pelo BNDES. Ela possui liberdade para aceitar ou não o pedido de crédito, assim como negociar com o cliente as suas condições, incluindo prazos de pagamento e exigências quanto a garantias.

Quais são os pré-requisitos?

Para contratar um empréstimo BNDES, é necessário atender a uma série de requisitos legais. Como estamos falando de recursos públicos, basicamente, a empresa não pode ter pendências de nenhum tipo junto à União.

Veja o que é necessário para ser aceito como candidato aos recursos:

  • Certidão Negativa de Débito ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União
  • Certificado de Regularidade do FGTS
  • Inexistência de apontamentos no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do Setor Público Federal (Cadin)
  • Ausência de inclusão na listagem de trabalho escravo do Ministério do Trabalho e Emprego.

Quais são as etapas até a liberação do dinheiro?

Vamos tomar como base o processo realizado através do novo canal do BNDES, que facilita a fase inicial da solicitação. Como já explicado, agora ela é feita diretamente ao banco, através da sua plataforma digital.

  1. O primeiro passo é acessar o Canal do Desenvolvedor MPME e registrar sua solicitação
  2. Após realizada a proposta, é feita uma análise que pode resultar ou não no direcionamento ao agente financeiro selecionado
  3. Independente do resultado de tal análise, ele será comunicado por e-mail
  4. O mesmo acontece a cada movimentação no processo, para que o solicitante possa acompanhar mudanças no status do pedido
  5. Ao chegar ao agente financeiro, a proposta é analisada
  6. Em caso de aceitação do pedido de empréstimo, começa a negociação, abordando desde taxas de juros a garantias
  7. Com tudo definido, o processo vai para conclusão e posterior liberação dos recursos.

Esse roteiro só não é seguido dessa forma se a solicitação do empréstimo for recusada pelo agente financeiro, cancelada pelo postulante ou expirar (quando são ultrapassados os prazos máximos de cada etapa estabelecida pelo BNDES).

Em quanto tempo terei o dinheiro?

Nem o próprio BNDES arrisca fazer uma estimativa. Isso se deve ao fato de que, quando cai no agente financeiro, cada instituição tem suas regras próprias que alteram os prazos de análise. Não existe, por exemplo, um prazo pré-estabelecido para a fase de negociação.

O que o banco divulga são os prazos referentes à sua participação no processo, que incluem até 60 dias para apresentação ao agente financeiro, mais 60 dias para a visualização e outros 60 para início da análise pelo agente, totalizando 180 dias nessas etapas.

De qualquer forma, é importante que o empreendedor faça a sua parte e disponibilize de imediato as informações conforme elas são solicitadas.

Fique ligado: empréstimo é coisa séria

Neste artigo, vimos que o BNDES está aberto a receber propostas para financiar as operações da sua empresa. Mas antes de procurar o novo canal do banco, vale se perguntar: você precisa mesmo de um empréstimo? A verdade é que ofertas de crédito para empresas existem aos montes, mas buscar recursos externos nem sempre é a atitude mais saudável.

Se você tem um planejamento detalhado e conhece a sua realidade financeira e a capacidade de pagamento, pode ir em frente. Mas se ainda falha no controle financeiro, talvez possa aumentar o rigor dessa tarefa. Quem sabe o autofinanciamento não seja possível?

Reflita, calcule, preveja, projete e estime. Quando o futuro do seu negócio está em jogo, todo cuidado é pouco.Guia da contratação de empréstimo por pequenas empresas  Um material definitivo para avaliar, contratar e pagar pelo recurso extra na  empresa Baixe agora

E você, já tem alguma experiência com empréstimo BNDES para compartilhar? Comente!

Laudifer Sfreddo de Castro
Sobre o autor

Business Analyst da ContaAzul, é contador com especialização em Finanças Empresariais

MUDANDO UM POUCO DE ASSUNTO

0 Comentários
 
<https://universidade.contaazul.com/convite-webinar-contaazul-para-iniciantes-2017?utm_source=modal3_webinar&utm_medium=cta_modal3_webinar&utm_campaign=modal3_webinar_img>  Treinamento Online (vagas limitadas):  ContaAzul na Prática   <https://universidade.contaazul.com/convite-webinar-contaazul-para-iniciantes-2017?utm_source=modal3_webinar&utm_medium=cta_AB_modal3_webinar&utm_campaign=modal3_webinar_text>  Ver Mais Cursos   <https://contaazul.com/cursos-online/?utm_source=modal3_webinar&utm_medium=cta_AB_modal3_webinar&utm_campaign=modal3_webinar_cta_go>  Inscreva-se Grátis!  <https://universidade.contaazul.com/convite-webinar-contaazul-para-iniciantes-2017?utm_source=modal3_webinar&utm_medium=cta_AB_modal3_webinar&utm_campaign=modal3_webinar_cta_app>
 
newsletter

Junte-se a mais de 800 mil donos de negócios:
receba nossas novidades e dicas sobre controle financeiro e gestão!