Descubra como criar um site para sua empresa

Quer aprender como criar um site para a empresa, mas não sabe por onde começar? Confira nosso guia prático.

Quer aprender como criar um site para a empresa, mas não sabe por onde começar?

Então você chegou ao lugar certo.

A gente sabe que tirar essa ideia do papel é difícil.

Afinal, há muitos fatores em jogo, desde o nome do site à plataforma que será utilizada para colocá-lo no ar.

E esse planejamento também esbarra, muitas vezes, em uma dificuldade de previsão de orçamento: quanto será que se gasta para criar o site da empresa, do rascunho inicial ao primeiro acesso?

A boa notícia é que existem várias ferramentas intuitivas que ajudam na construção de páginas para quem é leigo no assunto.

Neste artigo, vamos conhecer as principais formas de colocar seu site no ar, a importância de marcar presença online e um passo a passo para isso.

Ficou interessado? Então siga a leitura.

Modelo de Planejamento de Marketing  Disponibilizamos este guia para auxiliar no trabalho de marketing da sua  empresa Baixar o guia agora

Por que criar site para a empresa

Há muitas razões para criar um site para a empresa. De um modo geral, é essa ferramenta que permite que as pessoas encontrem a sua empresa, interajam com ela e, possivelmente, se tornem clientes.

Também é o site que ajuda na construção de uma estratégia sólida de marketing digital, sem a qual nenhuma empresa sobrevive.

Portanto, um erro comum entre gestores é achar que, pelo fato de a empresa ser pequena, não precisa de um site.

Abaixo, confira quatro razões pelas quais ter um site é fundamental:

1. Sua empresa se destaca da concorrência

Segundo uma pesquisa com dados de 2017 do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic), ainda há muitos negócios sem presença virtual no Brasil.

O relatório aponta que, ao total, apenas 55% das empresas brasileiras possuíam site em 2017.

Em relação a microempresas, o índice é ainda menor: apenas 29% delas apresentavam o recurso.

Isso quer dizer que, se você tiver um site, já terá uma importante vantagem competitiva sobre, pelo menos, metade da concorrência.

2. O cliente encontra a sua empresa

Segundo um estudo da Forrester, 93% de todo tráfego online vem dos mecanismos de busca.

Isso significa que o potencial cliente da sua marca provavelmente irá te encontrar ao pesquisar sobre um assunto da sua área no Google.

De nada adianta oferecer um serviço altamente qualificado se novos clientes não souberem da existência da sua empresa.

Mas isso só acontece se você tem um site aliado a uma estratégia de SEO.

3. O site faz parte do marketing digital

O site é um componente importante de toda estratégia de marketing digital, pois é a partir dele que se torna possível criar páginas de conversão e atrair tráfego orgânico.

Isso não é possível quando a empresa trabalha apenas com redes sociais.

Embora elas sejam importantes, não são suficientes.

Lembre-se de que o marketing digital também passa por ferramentas como conteúdos em blog, estratégia SEO e vendas online  — o que torna o site indispensável.

4. Gerar leads de venda

O site é o melhor instrumento para captar leads de venda, que são pessoas interessadas no seu produto ou serviço e que têm potencial para se tornarem clientes.

Isso porque, com o site, você pode oferecer conteúdo de qualidade (como e-books, webinars e cursos) em troca do cadastro do e-mail do usuário.

Aí, com esses dados em mãos, você tem a possibilidade de qualificar o lead.

É possível criar um site profissional grátis para a empresa?

Para quem está com orçamento baixo, mas mesmo assim quer criar um site, as notícias são boas.

Sim, é possível criar um site profissional grátis.

Há diferentes ferramentas gratuitas e pagas. E entre estas, muitas contam com versões básicas sem custo.

Confira algumas das principais ferramentas do mercado:

  • WordPress

  • Google Sites

  • Blogspot

  • Webnode

  • Wix

  • Weebly

  • Ucoz

  • Yola.

O primeiro da lista, o Wordpress, é um dos sistemas mais utilizados no mercado.

Trata-se de uma plataforma de código aberto, que permite a configuração e customização de um site para sua empresa.

Uma das maneiras mais práticas de criar seu site, portanto, é utilizar essa plataforma e contratar um desenvolvedor ou webdesigner para deixar a página do jeito que você quer.

Outra possibilidade é contratar um profissional ou empresa especializados na criação de sites ou mesmo optar pelo serviço pago de algum website builder.

Tipos de sites para empresas

Existem diferentes tipos de sites, desde páginas institucionais a plataformas de vendas.

O tipo de site ideal para você varia conforme os objetivos da empresa.

Isso porque ele pode ter muitas funcionalidades (como captar leads de venda e oferecer conteúdo) ou servir apenas como divulgação institucional e estática, por exemplo.

Site institucional

O site institucional é responsável por dar uma visão geral da empresa.

Nele, são inseridas informações atualizadas, como número de contato e endereço, e uma apresentação da empresa, divulgando, de forma geral, o que ela faz e como trabalha.

Além, é claro, de conteúdos relevantes para o leitor.

Esse tipo de site transmite credibilidade para o consumidor, já que passa a imagem de empresa séria.

Se o seu objetivo é for fortalecer a imagem da empresa e atrair clientes, o site institucional é essencial.

Blog

Blog é uma página destinada basicamente à divulgação de conteúdo para informar e atrair clientes.

Ele pode fazer parte do site institucional ou ser independente dele.

Esse tipo de site deve ser atualizado com frequência com conteúdos relevantes e otimizados para SEO, de modo a atrair o leitor e a tornar a empresa uma referência na sua área.

O blog é uma importante ferramenta para quem deseja entregar valor ao cliente, fortalecer a interação com ele e ser encontrado nos motores de busca.  

E-commerce

E-commerces são as lojas virtuais que permitem fazer transações de venda online.

Com o hábito dos consumidores de comprar pela internet, esse tipo de site se torna cada vez mais relevante.

O e-commerce possibilita vender mais, proporcionar facilidade na compra e alcançar consumidores de diferentes localidades (ao contrário da loja física).

Redes sociais

As redes sociais não são sites, mas são importantes como páginas que fortalecem o relacionamento da empresa com os seus seguidores, sejam eles clientes ou não.

Esses espaços servem para refletir posicionamentos da marca, divulgar novidades, interagir com os usuários de forma mais próxima e informal e fazer com que a empresa seja sempre lembrada.

Portanto, mesmo que você tenha um site (o que é fundamental), invista na produção de conteúdo para as redes sociais nas quais o seu público-alvo está inserido.

Como criar um site para sua empresa: passo a passo

Não sabe como criar um site para a empresa?

Para facilitar o seu trabalho, selecionamos seis passos essenciais:

1. Determinar qual é o objetivo do site

O primeiro passo é definir o objetivo de criar o site.

Em outras palavras, você precisa saber de que maneira quer que ele traga benefícios.

Precisa reforçar a credibilidade da empresa? Torná-la mais conhecida no mercado? Adquirir leads de venda? Vender algum produto?

Com essa informação em mente, fica fácil avaliar qual tipo de site oferece os recursos de que você precisa.

Afinal, a escolha da melhor plataforma depende da realidade da empresa.

2. Planejar o que ele deve conter

O segundo passo é identificar quais tipos de conteúdo o site precisa ter.

Claro que isso varia conforme a sua visão da empresa: como gestor, você precisa analisar estrategicamente quais informações devem estar no site, conforme os seus objetivos.

Por exemplo: você deseja criar um site institucional para fortalecer a imagem do negócio, mas também quer atrair tráfego orgânico e ser encontrado no Google.

Então, você já sabe que, além de informações básicas sobre a empresa, o site deverá conter uma seção de blog, que demandará a produção de conteúdo regular.

3. Criar um domínio

O domínio é o nome do site (o endereço eletrônico).

A alternativa que gera maior peso para o site é a compra de um domínio próprio, a fim de utilizar o domínio .com ou o .com.br.

Esse registro pode ser feito por vários sites, como Registro.br e HostGator, por exemplo.

Claro que aí você terá um custo anual para manter o domínio.

Outra opção, que gera menos credibilidade, mas ainda assim pode ser usada, é a utilização das plataformas de criação de sites com versões gratuitas.

Nesse caso, a desvantagem é que você não terá um domínio próprio, pois ele levará o nome da plataforma, como (domínio).wordpress.com ou (domínio).blogspot.com, por exemplo.

4. Contratar o serviço de hospedagem

O serviço de hospedagem é responsável por colocar e manter o seu site funcionando.

Ao contratar um serviço de hospedagem, você está reservando um espaço para o seu site dentro de um servidor.

Existem versões gratuitas e pagas do serviço.

As versões pagas oferecem maior estabilidade e proteção para o site, assegurando que ele permanecerá sempre disponível.

Serviços de hospedagem bastante utilizados no mercado incluem Hostgator, Kinghost e Hostinger.

5. Definir o construtor de sites

O próximo passo é escolher um construtor de site para, de fato, colocar o seu projeto em prática.

Há a opção de contratar o construtor do próprio serviço de hospedagem que você escolheu previamente, que geralmente funciona de forma intuitiva e não requer conhecimentos de HTML.

Um dos serviços mais utilizados e práticos é o WordPress, como mencionamos anteriormente.

6. Escolher um template

Para quem não entende muito de criação de sites, essa é a etapa mais interessante.

O template é a representação visual de como será o design e a organização do site.

A dica é sempre apostar em um template responsivo, capaz de adaptar o site à tela do celular.

Para isso, você tem duas opções: contratar um profissional de design ou utilizar os templates pré-definidos do construtor de sites que você escolheu.

Agora você já sabe como criar um site para a sua pequena empresa.

Com esse passo a passo em mente, você já está pronto para planejar todos os detalhes sobre ele.

Lembre-se de que isso pode render bons frutos para o seu negócio, sobretudo a geração de leads e o contato mais próximo com o cliente.

Modelo de Planejamento de Marketing  Disponibilizamos este guia para auxiliar no trabalho de marketing da sua  empresa Baixar o guia agora

Gostou dessas dicas? Então, compartilhe com outros empreendedores e nas suas redes sociais e aproveite para deixar um comentário abaixo.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>