Saldo negativo: Entenda o que está acontecendo na sua pequena empresa

Saldo negativo: entenda o que está acontecendo na sua PME

Fechar as contas no vermelho é o pesadelo de qualquer empresário. O saldo negativo indica, na prática, que falta organização e que possivelmente o negócio vai mal, com custos de operação superiores ao faturamento. Reverter esse quadro vai muito além dos simples cálculos matemáticos e deve demandar bastante esforço com ações dentro das mais diversas áreas de gestão.Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Muitas empresas fecham as portas porque não conseguem resolver essa complicada equação. Se você se enquadra nesse cenário, não se desespere! Saiba que virar o jogo é uma tarefa difícil, porém possível.

Empresas de pequeno e médio porte frequentemente enfrentam dificuldades financeiras porque os proprietários desconhecem as técnicas de gestão adequadas para o funcionamento de uma firma. Comumente, os donos possuem amplo conhecimento do setor de produção e iniciam um negócio confiantes nisso. Porém, sem noções básicas de administração e controle financeiro, o resultado pode ser desastroso: contas vencidas, juros, dívidas. E ao final, a falência.

Para fugir das estatísticas de fechamento das micro e pequenas empresas e conseguir a almejada lucratividade, o gestor precisa traçar um plano de negócios que abranger vários aspectos, que vão desde finanças até marketing. Abaixo, vamos apresentar alguns dos erros mais frequentes cometidos por empresários com contas bancárias negativas. Fique atento para evitá-los!

Prejuízos podem ser sinal de má formação de preço de venda

Será praticamente impossível alcançar uma boa margem de lucro se o empresário não conseguir formar corretamente o preço de venda do produto ou serviço que comercializa. Esse é um dos erros mais comuns entre empresas de menor porte e tem consequências diretas no saldo bancário.

Se o cálculo da produção estiver errado, o gestor terá uma visão distorcida da margem de lucro. Muitas vezes, ele acredita que tem 100% de lucratividade, mas na verdade essa não é a proporção. O alerta vermelho nas contas da empresa é literalmente o indicativo de que os valores estão sendo estimados de forma equivocada.

Normalmente, isso ocorre porque o empresário agrega ano ao preço do produto e não apenas o custo da matéria-prima, quando na verdade deveria incluir no cálculo todos os gastos que tem para manter o negócio funcionando. Então, se o seu saldo está negativo, está na hora de rever seu preço de venda.

A empresa não vende

Pode parecer difícil de acreditar, mas muitos empresários não conseguem enxergar o óbvio: a empresa não é lucrativa simplesmente porque não vende. É comum que negócios de pequeno porte tenham dificuldades de inserir seus produtos no mercado e enfrentar a concorrência. Quando isso acontece, o volume de vendas fica abaixo do esperado e o faturamento acaba sendo insuficiente para manter o estabelecimento.

O seu negócio está operando abaixo da capacidade de produção? Se a resposta for sim, então possivelmente este também é um dos motivos pelos quais suas contas fecham no vermelho ao final de cada mês. Está na hora de mudar. Você precisa de um plano de marketing. Não adianta ter um produto de qualidade e um preço competitivo se os seus clientes em potencial não souberem disso.

Dentro do plano de Marketing você não fará apenas ações de “propaganda”, mas também vai definir o seu público-alvo, conhecer seus concorrentes, avaliar o mercado. Com todas essas informações em mãos, terá condições de fazer uma divulgação eficiente para ampliar a clientela. E a partir do momento em que estiver produzindo dentro da capacidade adequada, o dinheiro que entrar passará a ser suficiente para manutenção do seu negócio.

Gastos excessivos descontrolam as contas

Controlar as finanças garantindo saldo positivo exige uma revisão constante dos custos de operação da empresa. A partir dessas análises, você deve cortar os gastos excessivos. Mas isso deve ser feito de forma inteligente.

Nada de partir para demissões, que significarão dificuldades na operação e altos custos com os acertos trabalhistas. Também não vá cortar o cafezinho e deixar sua equipe insatisfeita. Faça uma lista de suas compras, avalie cada item e veja o que pode ser cortado sem prejudicar o andamento do negócio.

Você pode começar fazendo o básico: cotações. Isso mesmo! Não se prenda aos mesmos fornecedores, consulte o mercado, faça orçamentos, negocie os preços. Sem dúvida, conseguirá economizar.

Pequenas ações também podem gerar bons resultados. Faça uma campanha com os funcionários para combate ao desperdício de água e energia elétrica. Incentive a reutilização do papel impresso no escritório. Pesquise novos planos de telefonia, terceirize alguns setores, como o refeitório e a limpeza. Somando todas as iniciativas, não tenha dúvida de que o resultado será expressivo.

Falta de planejamento e capacitação levam ao fracasso

A falta de planejamento e de capacitação é considerada o principal motivo que leva ao fechamento precoce das empresas brasileiras. As estatísticas indicam que, no Brasil, de cada três empresas abertas, uma fechará as portas antes do segundo ano de existência. As firmas “morrem” justamente pelo motivo que estamos discutindo aqui: as contas no vermelho as levam à falência.

Como já comentamos nesse texto, isso acontece porque o empresário não está capacitado para área de gestão. Ele não tem conhecimento em administração ou finanças. Mas se você quer fazer da sua empresa um caso de sucesso, vai precisar de planejamento. Precisa, por exemplo, aprender a fazer o fluxo de caixa, para controlar os recursos que entram e saem da sua empresa e também para prever as despesas e receitas futuras.

Você precisa planejar o crescimento do seu negócio. E para isso é necessário estabelecer metas, com um cronograma de ação. Você ainda vai precisar fazer reversa de recursos e manter um capital de giro suficiente para ampliar e modernizar o estabelecimento. Além disso, ainda precisará se atualizar constantemente, saber quais são as inovações do mercado, buscar novas soluções para seus clientes (antes que a concorrência o faça).]

Planilha Fluxo de Caixa Mensal  Com esta planilha você faz o controle mensal do caixa da sua empresa Baixar a planilha agora

Conseguir tudo isso vai exigir muito esforço e que você parta em busca de cursos, palestras, oficinas, seminários, feiras (afinal ninguém se torna um "expert" em gestão de negócios do dia para a noite). Mas os resultados e os novos valores do saldo de sua conta bancária vão compensar o sacrifício.

Conhece mais motivos que deixam sua empresa no vermelho? Comente!

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?