Gestão de pessoas em startups: guia para atrair talentos

A gestão de pessoas em startups é crucial para crescer e elevar os resultados. Confira o passo a passo para implementar.

A gestão de pessoas em startups é fundamental para promover o crescimento no mercado, qualificar a equipe de trabalho e melhorar os resultados.

Mas, com um orçamento enxuto, muitos gestores acabam deixando essa atividade em segundo plano  — o que não é aconselhável.

E você não quer perder os benefícios de contar com colaboradores motivados e produtivos, certo?

Então, o caminho é aprender como se faz gestão de pessoas em sua startup.

As estratégias incluem estabelecer uma cultura organizacional, oferecer treinamento e gerar feedbacks rotineiros aos colaboradores.

Quer saber mais?

Neste guia, confira tudo que você precisa saber sobre o assunto: características da gestão de pessoas em startups, cases de sucesso e passo a passo. Vamos nessa?

Planilha Custo de Funcionário  Com esta planilha, o empreendedor pode controlar os custos de cada colaborador Baixar a planilha agora

Gestão de pessoas em startups: o que muda? 

A gestão de pessoas em startups apresenta particularidades em relação à gestão em empresas no geral.

Conheça abaixo as principais diferenças:

1. Mais flexibilidade e menos burocracia

Um dos principais objetivos de uma startup é que ela cresça de forma exponencial.

Por isso, os processos devem ser ágeis e com burocracia reduzida.

Na gestão de pessoas, não é diferente: a burocracia dá lugar à flexibilidade e simplicidade.

2. Orçamento enxugado para contratações

De maneira geral, startups contam com um orçamento reduzido durante a fase de implementação do negócio.

As contratações sentem o impacto da limitação de recursos, o que demanda que o processo de recrutamento e seleção seja assertivo para evitar desperdícios.

3. Foco em retenção de talentos

Todas as empresas devem almejar a retenção de talentos, mas, nas startups, isso é ainda mais relevante.

Como geralmente são negócios baseados em tecnologia, existe uma demanda por profissionais altamente qualificados  — que são bastante concorridos no mercado de trabalho.

E mantê-los na equipe é essencial para evitar a rotatividade e, consequentemente, a necessidade de novas contratações.

4. Avaliação de desempenho contínua

Outra característica é que a gestão de pessoas em startups geralmente tem a avaliação de desempenho como um fator-chave para elevar os resultados.

Por isso, a avaliação é feita de maneira contínua  — o que nem sempre acontece nos demais tipos de empresas.

Há vantagens de fazer isso: ganho de produtividade, melhoria de performance da equipe e acompanhamento por meio de feedbacks.

Como é a gestão de pessoas em 6 startups que decolaram  

Agora que você já conhece as características da gestão de pessoas em startups, é hora de se inspirar em casos de sucesso.

Nos próximos tópicos, elencamos 6 exemplos de startups de sucesso que se destacam em termos de recursos humanos. Conheça:

1. Love Mondays

A Love Mondays, atualmente Glassdoor, é uma plataforma de vagas e avaliações de empresas.

Um diferencial da startup é que ela permite ao colaborador planejar a sua própria trajetória profissional, o que gera flexibilidade e autonomia na busca por capacitação.

Além disso, a Love Mondays implementou o Market Update: um sistema em que, periodicamente, um colaborador apresenta um tema inovador para a equipe, com a possibilidade de sua ideia ser implementada na empresa.

2. Netflix

Você já sabia que a Netflix, maior plataforma de streaming, foi fundada em 1997 como uma startup?

Pois é, sem dúvidas, a gestão de pessoas teve importância no crescimento exponencial da empresa.

Em um artigo para a Harvard Business Review, Patty McCord, diretora de talentos da Netflix de 1998 a 2012, explica que revisões formais de desempenho foram abandonadas pela empresa por serem feitas com pouca frequência e não gerarem resultados satisfatórios.

Ao invés disso, a Netflix apostou na flexibilidade: "Pedimos para os gestores e funcionários que tivessem conversas sobre desempenho como uma parte orgânica do trabalho", comenta.

Segundo McCord, se você falar sobre performance honestamente e de forma regular, provavelmente terá resultados melhores do que uma empresa que classifica seus colaboradores em uma escala de cinco pontos.

3. MaxMilhas

A plataforma de viagens MaxMilhas é exemplo no quesito formação de equipe e recrutamento de talentos.

Em uma entrevista para o site da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), Luiza Rubio, head de Gente e Gestão da MaxMilhas, afirma que uma forma de a empresa ter profissionais tão específicos na equipe é olhando para quem já faz parte dela.

"Tem muita gente boa na própria empresa que quer aprender coisas novas e que topa novos desafios. Por que não desenvolver essas pessoas do time? É o que temos feito", destaca.

De acordo com Rubio, só em um segundo momento a MaxMilhas olha para o mercado para identificar profissionais com as competências desejadas.

4. Voxy

A Voxy, plataforma de e-learning de inglês, também é referência em termos de gestão de pessoas.

Não é à toa que a startup já foi listada pelo site de notícias Business Insider como uma das 10 melhores empresas de tecnologia dos Estados Unidos para se trabalhar.

O site destaca algumas razões para isso: a Voxy aposta em lanches e jantares gratuitos, caronas de táxi, academia, passeios pagos a bares e horário flexível.

A startup também dá possibilidade de os colaboradores votarem em presentes para alcançar os objetivos da equipe  — como uma geladeira nova, por exemplo.

5. 99

A startup de transporte coletivo 99 tem como um de seus principais pilares a diversidade, que ela engloba em seus processos de gestão de pessoas.

Um deles é o processo seletivo. No evento RH Day 2019, da Startse, a diretora de RH da empresa, Luciana Andreotti, ressaltou a igualdade de gênero nas equipes.

Conforme ela explica, a maioria dos candidatos finalistas nas vagas de empresas de tecnologia são homens.

"Na 99, queremos trazer as melhores pessoas, mas com diversidade. Por isso, definimos que 50% desse quadro final deve ser formado por mulheres", destacou a diretora.

6. BeeTech

A gestão de pessoas também inclui medidas simples para engajar e motivar colaboradores.

Na BeeTech, startup que oferece soluções financeiras, os colaboradores podem levar seus cachorros para o trabalho para aumentar a motivação e produtividade.

Em uma entrevista para a revista Exame, Fernando Pavani, fundador da startup, afirma que a presença dos pets deixa os colaboradores mais felizes.

"É um momento de descontração e bem-estar, e ter isso ao longo do dia aumenta o engajamento das pessoas", argumenta.

Gestão de pessoas para a sua startup: passo a passo 

Nesta etapa da leitura, já é hora de descobrir o passo a passo da gestão de pessoas em startups para você aplicar no seu negócio.

Por isso, fique atento às dicas a seguir:

1. Esteja envolvido na gestão

Tenha em mente que, na posição de líder, você precisa se envolver diretamente na gestão de pessoas.

Seu papel é motivar, engajar e ajudar os colaboradores no ganho de produtividade e capacitação, certo?

Então, não faz sentido ficar de fora dessa área estratégica da startup.

No livro Os segredos da gestão ágil por trás das empresas valiosas (Editora Gente Liv e Edit, 2019), João Kepler e Thiago Oliveira afirmam que o líder deve acompanhar indicadores e identificar falhas e oportunidades.

"É ele, muito mais que qualquer RH, o responsável por manter um time coeso e bem treinado", apontam os autores.

2. Estruture a área de RH

Contar com profissionais de recursos humanos na startup é fundamental para qualificar a gestão de pessoas.

Afinal, vários processos estão incluídos na área: seleção e recrutamento, treinamento, avaliação de desempenho e plano de carreira, por exemplo.

Sendo assim, a presença de profissionais qualificados na área é um investimento que tem impacto no negócio como um todo.

3. Estabeleça a cultura organizacional

A cultura organizacional é o conjunto de crenças, hábitos, valores e comportamentos que devem prevalecer no ambiente de trabalho.

E a definição dela pode servir como ponto de partida para a gestão de pessoas, incluindo, por exemplo, recrutamento de profissionais alinhados à startup.

4. Invista em treinamento e capacitação

Treinamento e capacitação são essenciais para desenvolver o capital humano presente na sua startup.

Ao oferecê-los aos colaboradores, você demonstra que se preocupa com o crescimento profissional deles e que oferece possibilidades de ascensão na equipe.

"Na economia de hoje, se o seu negócio não está aprendendo, então você ficará para trás. E um negócio aprende conforme as pessoas aprendem", afirma Paul Sarvadi, coach de recursos humanos da revista Entrepreneur, em um artigo.

5. Gere e receba feedbacks

O feedback é uma ferramenta imprescindível na gestão de pessoas, uma vez que permite direcionar o desenvolvimento de habilidades e as mudanças necessárias para elevar os resultados.

Em um artigo para a revista Forbes, Rachel Ernst, vice-presidente de sucesso de funcionários da Reflektive, afirma que, por mais difícil que seja dar e receber feedback, ele é crucial para o crescimento do negócio.

"Criar um ambiente de trabalho que receba feedback abre caminho para a construção de uma cultura voltada para o crescimento", salienta.

Além disso, de acordo com a autora, uma cultura voltada para o crescimento gera maior produtividade e retenção de funcionários que se sentem verdadeiramente valorizados.

Com esses passos em mente, você já pode desenvolver a gestão de pessoas na sua startup para elevar os resultados e crescer no mercado.

Gostou das dicas deste artigo? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo para trocarmos uma ideia.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>