Cobrança recorrente: entenda como funciona e quais as vantagens

Sobre o que estamos falando?

  • A cobrança recorrente (ou recorrência) é uma forma de pagamento de serviços feita em mensalidades. Netflix e o Spotify são empresas que usam esse tipo de cobrança;
  • Entenda o que é, como fazer, os principais tipos e as vantagens da cobrança recorrente para ao seu negócio;
  • Através da Conta Azul, você recebe lembretes automáticos com as datas de vencimentos dos seus clientes, tornando a cobrança recorrente mais simples.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Empresas que desejam fidelizar e atrair clientes precisam oferecer opções de pagamento inovadoras, especialmente aquelas que buscam gerar comodidade para o consumidor e redução da inadimplência. 

Um dos métodos que está em evidência nos dias de hoje é a cobrança recorrente. Por meio dela, sua empresa pode diminuir os custos com envio de boletos, reduzir os atrasos, ter mais previsão de receita e, claro, oferecer uma forma prática para os clientes acertarem seus débitos. 

Só de ler esse pequeno resumo, você já se interessou pela novidade? Então, confira o que você vai descobrir sobre cobrança recorrente nesta leitura: 

cobranca-recorrente-como-funciona-e-vantagens

O que é e como fazer a cobrança recorrente?

A cobrança recorrente (ou recorrência) surgiu como forma de pagamento em serviços que geram mensalidades. 

Diferente da compra parcela, onde o valor total do serviço é lançado de uma só vez no limite do cartão de crédito, a recorrência lança apenas o valor da mensalidade, o que compromete uma porcentagem menor do limite do cliente.

O lançamento é feito de forma automática e seu cliente não precisa se preocupar com boleto, multas por atraso ou outras burocracias. Basta pagar a fatura do cartão e mais nada!

Veja alguns exemplos de empresas que podem adotar esse modelo de pagamento:

  • Instituições de ensino;

  • Profissionais que oferecem cursos (geralmente de média ou longa duração);

  • Academias e outras empresas especializadas em programas de exercício;

  • Escritórios de contabilidade;

  • Clubes de assinatura;

  • Empresas de telecomunicação e que oferecem serviços na internet (como streaming de áudio e vídeo).

Aplicação da cobrança recorrente

Aplicar a cobrança recorrente é simples e permite que sua empresa tenha mais controle do fluxo de caixa. Para oferecer este tipo de pagamento no seu negócio, o primeiro passo é contratar uma ferramenta de controle sobre o faturamento e cobrança. 

Através dela, você poderá simplificar e até mesmo acabar com tarefas como:

  1. Geração de fatura para cobrança;

  2. Configuração de datas de vencimento da fatura;

  3. Cadastro de clientes e empresas parceiras;

  4. Envio de lembretes em caso de atraso;

  5. Gerenciamento de multas se o cliente não pagar;

  6. Emissão de segunda via do boleto.

A recorrência consegue reduzir bastante os casos de atraso e a necessidade de gerar ou corrigir boletos. Isso tudo economiza tempo de quem trabalha com você e permite que o foco seja dado em tarefas muito mais estratégicas e de valor.

Para o cliente, a recorrência gera comodidade. Nem é preciso ficar atento às datas de vencimento e taxas por atraso, afinal, tudo é feito de forma automática e lançado na fatura de seu cartão.

Com isso, você, empreendedor, ganhará agilidade, pois o pagamento será adicionado automaticamente nas próximas faturas do cartão do cliente, e se houver qualquer atraso, a inadimplência será resolvida entre a empresa emissora do cartão e o consumidor (seu recebimento é garantido pela administradora do cartão).

Recorrência na cobrança avulsa é possível?

Sim! Esse método de pagamento também funciona para cobranças avulsas. Neste caso, a recorrência elimina a necessidade de enviar cobranças manuais e controlar os pagamentos em planilhas. 

Dessa forma, você evita possíveis erros, pois a baixa dos pagamentos será automatizada, sendo necessária apenas sua conferência para assegurar a operação.

Quais são os tipos de cobrança recorrente?

 

Débito e crédito recorrente

O crédito e o débito recorrente são, na verdade, a mesma operação. Porém, quem recebe tem crédito recorrente e quem paga tem o débito recorrente para quitar. 

Ele funciona de um jeito bem simples, mas vamos facilitar ainda mais essa explicação com base em um exemplo. Digamos que você tem uma empresa de assinatura de vinhos. 

Você vende por meio de assinatura uma caixa com três rótulos diferentes por um valor de R$90 reais por mês. Para facilitar a vida dos clientes, você oferece também um plano anual com custo total de R$960 (ou 80 reais ao mês), que é seu carro chefe.

Em caso de um parcelamento feito em 12 vezes, o cliente precisa ter limite de R$960 disponível para fechar o negócio, o que pode ser bem complicado para algumas pessoas. No débito recorrente, isso não acontece. 

Tudo que o assinante do seu clube precisa é ter R$80 disponíveis de limite para que o valor mensal seja lançado na fatura do cartão. Isso é o débito recorrente. E todo mês, quando você receber o valor vindo do pagamento desse cliente, seu negócio estará recebendo um crédito recorrente.

As vantagens desse processo são justamente a praticidade para ambos os lados, a redução dos atrasos, o fim daquela situação chata de cobrar o cliente e ainda aplicar multa, além de possibilidade de dar fim à emissão de boletos, o que ajuda na economia diária e na rapidez dos processos. 

Débito automático

No caso do débito automático, que também é uma forma de cobrança recorrente, existe apenas uma pequena variação quanto à forma de pagamento. Se na recorrência o valor é lançado no cartão de crédito, no débito automático a quantia é subtraída do saldo da conta do cliente.

Ele também é uma opção bem prática que evita os atrasos e a necessidade de cobrança, contudo, se houver inadimplência será você quem deverá correr atrás do pagamento (e não a empresa de cartão, como acontece no débito recorrente). 

Ainda é preciso que o cliente autorize o débito automático junto ao banco, algo que pode ser feito via aplicativo bancário ou direto na agência. Caso o cliente não faça essa permissão, o débito não será autorizado e a cobrança não vai acontecer. 

Nunca se esqueça de alertar isso aos seus clientes, caso você opte pelo débito automático em seu negócio. 

cobranca-recorrente-como-funciona-e-vantagens-2

Vantagens da cobrança recorrente para o seu negócio

 

Facilidade para você e seu cliente

Para as empresas que trabalham com mensalidades, a cobrança recorrente auxilia na gestão financeira. Ao oferecer essa  forma de pagamento, você ganha visão ampla e estratégica sobre as quantias que serão recebidas ao longo do período desejado.

Previsibilidade é a melhor amiga das projeções financeiras. Quem consegue medir o quanto vai receber tem a oportunidade de pensar no futuro com mais segurança e certeza.

Ter como medir a receita futura ajuda muito na hora de analisar o fluxo de caixa e programar investimentos, novas contratações e pedidos de reposição com fornecedores

Se a sua empresa tem muitos clientes, a gestão de pagamentos pode ser um desafio. Mas com o pagamento recorrente, surge a oportunidade de integrar o sistema cadastral com a lista de pagamentos, facilitando o monitoramento e a visualização dos pagamentos.

Esse tipo de ferramenta pode ser eficiente para cobranças avulsas, pois a empresa não precisará mais enviar cobranças manualmente.

Redução de custo e tempo de cobrança

Cobrar clientes não é só desconfortável, mas tem custos. Você precisa pagar pelas ligações feitas, onera o tempo de trabalho dos funcionários com essa atividade ou, na pior das hipóteses, paga uma empresa de cobrança para executar essa demanda. 

Em todos os casos seu negócio estará gastando tempo e/ou dinheiro, o que nunca é uma boa ideia. 

A cobrança recorrente é feita por um sistema automatizado que viabiliza uma mudança no padrão de recebimento e, por consequência, diminui bastante a necessidade de interagir com pessoas para cobrá-las. Prático, não é mesmo? 

Retenção de clientes

Reter clientes é um desafio que todo empreendedor precisa encarar. Isso acontece porque vender para clientes fiéis é cerca de 5 a 7 vezes mais barato do que vender para novos clientes. 

A cobrança recorrente pode ser usada como fator de retenção, já que oferece uma experiência de pagamento simples, sem aplicação de multa e sem cobrança feita pela empresa. 

Tudo isso contribui para construir uma relação de pouco conflito e muita praticidade, o que é ideal para seu negócio conquistar um lugar no coração do cliente. 

Conforme você ganha reconhecimento do público, é natural que os melhores resultados e seu posicionamento de mercado fique ainda mais evidente, se destacando como uma referência na área.

Como a Conta Azul pode te ajudar com as cobranças recorrentes?

Se você deseja contar com cobrança recorrente no seu negócio, experimente gratuitamente a Conta Azul.

Nossa plataforma é simples de ser usada, permite a integração entre financeiro e contabilidade para melhorar a gestão estratégica e ainda coloca em suas mãos tudo o que você precisa para automatizar pagamentos, gerar boletos, controlar o fluxo de caixa e muito mais.

Com a Conta Azul, seu negócio entra de vez no universo das soluções 100% digitais e focadas na melhoria dos processos e redução de custos.

Que tal conhecer mais sobre a Conta Azul? Clique aqui e faça um teste gratuito!

Como otimizar as rotinas recorrentes do caixa de uma empresa

 

 

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?