Fiscal e Tributário

Abono salarial do PIS: veja calendário de saque e saiba o valor do benefício

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 07/07/2023 | 5 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • O abono salarial do PIS é um benefício destinado a trabalhadores de carteira assinada que recebem até um salário mínimo mensal;
  • O valor a receber depende de quantos meses o beneficiário trabalhou no ano-base, e pode chegar a no máximo um salário mínimo;
  • Neste conteúdo você entenderá como consultar e como sacar o PIS, além de ter acesso ao calendário de saque do abono salarial.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Trabalhadores do regime CLT que recebem até dois salários mínimos têm o direito legal de sacar anualmente o abono salarial do PIS. O benefício possui um calendário que é divulgado anualmente, com o intuito de orientar os beneficiários sobre qual a data certa de realizar o resgate do PIS. 

Mesmo sendo um direito, ainda existem muitas dúvidas e detalhes que nem todo mundo conhece. Por isso, a Conta Azul separou as principais informações ligadas ao calendário do PIS, para ajudar você a entender o que é o PIS, como ele funciona, quando você pode fazer o saque, quem tem direito a esse benefício e como recebê-lo.

Tenha uma boa leitura!

Imagem mostra uma carteiro preta de couro com notas de 100 reais dobradas ao meio e, ao fundo, uma carteira de trabalho

O que é o PIS?

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício dos trabalhadores da iniciativa privada que trabalham no regime CLT, ou seja, com carteira de trabalho assinada. 

Essa contribuição social é paga pelas empresas e serve para custear o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial – uma espécie de 14º salário.

Os valores vão para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que é ligado ao registro dos funcionários. 

Quem tem direito a receber o PIS?

Apesar do PIS ser direito de quem trabalha na iniciativa privada, não são todos os trabalhadores que podem resgatar esse valor. Isso porque é necessário cumprir alguns requisitos:

  • Estar inscrito no PIS há pelo menos 5 anos; 
  • Ter trabalhado formalmente por no mínimo 30 dias no ano-base.
  • Receber até dois salários mínimos; 
  • Ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Calendário do PIS

Os pagamentos do PIS ocorrem em 6 lotes e estes são divididos conforme o aniversário do beneficiário. A partir disso, o trabalhador tem uma data correta para realizar o resgate do abono, que ficará disponível até o dia 28 de dezembro de 2023. 

Veja o calendário abaixo:

Nascidos em:

Recebem a partir de:

Podem receber até:

Janeiro e Fevereiro

15/02/2023

28/12/2023

Março e Abril

15/03/2023

28/12/2023

Maio e Junho

17/04/2023

28/12/2023

Julho e Agosto

15/05/2023

28/12/2023

Setembro e Outubro

15/06/2023

28/12/2023

Novembro e Dezembro

17/07/2023

28/12/2023

 

Caso o trabalhador que tem direito ao abono não saque o benefício na data correta, deverá aguardar a convocação do Ministério do Trabalho e Previdência. 

Como consultar o PIS?

Para ter certeza se você tem direito a receber o PIS e se enquadra nos requisitos, você pode fazer uma consulta no Portal do Governo ou na Carteira de Trabalho Digital.

Para isso, siga os passos abaixo:

  • Faça o acesso usando o CPF e uma senha previamente cadastrada no gov.br;
  • Na sequência, selecione a área de “benefícios” e clique em “abono salarial”; 
  • Na tela seguinte, você terá acesso às informações relacionadas ao benefício, inclusive se você tem o direito ao resgate.

Também é possível descobrir essa informação:

Como sacar o PIS?

Existe mais de uma maneira de receber o PIS, que é pago pela Caixa Econômica Federal. Veja as opções:

  • Correntista da Caixa: poderá receber por meio de crédito em conta e sacar o benefício em uma agência da Caixa (inclusive caixa eletrônico) ou Lotérica;
  • Não é correntista da Caixa e possui Cartão Cidadão e senha: poderá fazer o saque em uma agência da Caixa (inclusive caixa eletrônico), Lotérica ou correspondente Caixa Aqui;
  • Não é correntista da Caixa e não possui Cartão Cidadão: em uma agência da Caixa, mediante apresentação de documento oficial com fotos. Os documentos aceitos são:  carteira de identidade, carteira de habilitação, identidade militar, carteira de identidade de estrangeiros, carteira funcional reconhecida por decreto e passaporte emitido no Brasil ou no Exterior. 

Qual é o valor do PIS?

O valor do PIS disponível para saque é baseado no número de meses trabalhados no ano-base. Quem vai sacar o benefício em 2023 deve considerar as atividades de 2021, pois o calendário está atrasado em razão da pandemia.

O valor máximo que pode ser recebido é de um salário mínimo, que atualmente está em R$ 1.320, se o beneficiário trabalhou 12 meses no ano-base. Conforme o tempo trabalhado vai diminuindo, o valor também diminui proporcionalmente Confira abaixo:

  • 1 mês trabalhado em 2021: R$ 108,50
  • 2 meses trabalhados em 2021: R$ 217
  • 3 meses trabalhados em 2021: R$ 325,50
  • 4 meses trabalhados em 2021: R$ 434
  • 5 meses trabalhados em 2021: R$ 542,50
  • 6 meses trabalhados em 2021: R$ 651
  • 7 meses trabalhados em 2021: R$ 759,50
  • 8 meses trabalhados em 2021: R$ 868
  • 9 meses trabalhados em 2021: R$ 976,50
  • 10 meses trabalhados em 2021: R$ 1.085
  • 11 meses trabalhados em 2021: R$ 1.193,50
  • 12 meses trabalhados em 2021: R$ 1.320

Fique atento:

Como foi contatado neste conteúdo, existe uma data limite para o saque do PIS – que, neste ano, é 28 de dezembro de 2023. Então fique atento aos prazos, documentação necessária e formas de sacar esse benefício, para não perdê-lo.

Quer entender mais sobre benefícios para os trabalhadores? Então acesse nosso conteúdo que explica em detalhes como funciona a Previdência Social.

Leia mais:

Leia também

Sem mais posts para exibir.