Termômetro ContaAzul - 4ª edição: perspectivas do empreendedorismo em 2017

Termômetro ContaAzul 4ª Edição

A ContaAzul acaba de lançar o Termômetro ContaAzul 2017, quarta edição do levantamento que ouve pequenos empresários brasileiros sobre as suas impressões e expectativas. Mais uma vez, o foco esteve no cenário político e econômico e como o momento tem sido percebido pelos empreendedores. Veja, neste post, as principais revelações do estudo e o link para conferir o material completo.

Controle o financeiro com um sistema integrado para sua empresa

O que o Termômetro ContaAzul 2017 revela

De um lado, inflação alta, desemprego recorde, Produto Interno Bruto (PIB) negativo indicando recessão e queda no consumo. De outro, um longo processo de impeachment, eleições, investigações, delações, prisões no âmbito da Operação Lava-Jato. O ano de 2016 foi desafiador tanto no campo político quanto econômico. E os pequenos negócios, é claro, também sentiram os efeitos da crise.

Se na 3ª edição do Termômetro ContaAzul ainda não havia uma definição clara se os impactos eram mesmo mais negativos do que positivos, o resultado revelado agora indica que sim, com a confirmação de queda nas vendas e receitas.

Nesse cenário, o pequeno empresário brasileiro está menos confiante na recuperação da economia do país. Conforme o estudo, 52,3% dos empresários acreditam em melhora em 2017, enquanto 9,8% esperam piora. Na edição anterior, 61,2% esperavam incremento da economia e só 4,8% afirmaram que a situação iria piorar.

Mas a pesquisa também identificou entre os empreendedores participantes o sentimento de que a tempestade dará alguma trégua. Cerca de 87% dos empreendedores de pequenas empresas acreditam que o começo de ano não será ruim para o segmento em que o negócio está inserido.

Além disso, 31,1% dos pequenos empresários pretendem contratar no início de 2017, enquanto 14,4% dos participantes esperam demitir no mesmo período. Se a intenção se confirmar, o percentual de admissões ficará 16,7% à frente do índice de demissões, uma situação bastante diferente dos 0,8% registrados no levantamento do terceiro trimestre de 2016.

Entre outras informações, o primeiro Termômetro ContaAzul de 2017 traz:

  • Resultados do fluxo de caixa em 2016
  • Resultados do recebimento via boletos em 2016
  • Impostos pagos por nota fiscal, por empresa e por estado no Brasil em 2016
  • Perfil do empreendedor
  • Impressões sobre o cenário político e econômico
  • Geração de emprego em pequenas empresas
  • Como o empreendedor percebe o cenário atual
  • Impacto da transição política nos pequenos negócios
  • Expectativas para 2017
  • O que esperar dos tributos neste novo ano.

Um fato a destacar nesta 4ª edição é o significativo percentual de pequenos empresários que planejam como principal investimento para 2017 a criação de uma reserva financeira - o que foi citado por 25,3% dos entrevistados.

O dado pode revelar que a crise enfrentada rendeu uma oportunidade de aprendizado e que, após manter-se vivo em meio a períodos difíceis, ficou a lição de cuidar melhor do próprio caixa.

Confira a edição completa do Termômetro ContaAzul

Para conferir todos os resultados e análises desta 4ª edição do Termômetro ContaAzul, faça o download gratuito do material abaixo. Se você é jornalista, pode também entrar em contato com o e-mail imprensa@contaazul.com. Já se é empreendedor, aproveite as informações para refletir e seguir a tendência de cuidar melhor do negócio.

Experimente ContaAzul: Sistema de Gestão para pequenas empresas que pensam grande

O que achou das revelações do Termômetro ContaAzul - 4ª edição? Comente!

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?