Aprenda como calcular o giro de estoque da sua empresa

6 Comentários Publicado:  Assunto: Estoque
 

Estoquista verifica itens no inventário para calcular o Giro de Estoque da empresa

Pensar no estoque como uma terra sem lei que fica “lá no fundo da empresa” é meio caminho andado para entrar em uma grande confusão financeira. Em muitos negócios, o problema se torna um triângulo das bermudas – não se sabe quando determinada mercadoria entrou e nem o porquê de ela estar lá. Você se identificou com esta situação? Se sim, é hora de prestar mais atenção e aprender como calcular o giro de estoque da sua empresa. Administrar corretamente o fluxo de entrada e saída de produtos é essencial para o sucesso e os lucros do seu negócio.

Controle de Estoque

Muitas vezes, o problema acontece quando não há equilíbrio: mercadorias acumuladas e sem procura; ou demanda por produtos, mas escassez no estoque. Ambas as situações podem acarretar em prejuízo, pois na primeira o dinheiro investido não é revertido em vendas, e na segunda, o cliente fica insatisfeito com a indisponibilidade do produto desejado e não realiza a compra.

O que é giro do estoque

A rotatividade ou giro de estoque é um indicador que releva a velocidade em que o inventário foi renovado em um determinado período ou qual é o tempo médio de permanência de um produto antes da venda. O cálculo desse giro pode ser feito a partir custos ou itens, considerando o volume total de vendas e a média de estoque. Se o resultado for menor do que 1, significa que, ao final do período, sobraram produtos não vendidos no estoque. Se for maior do que 1, quer dizer que todos os itens foram renovados pelo menos uma vez no período avaliado.

É um dos principais instrumentos para medir a avaliar a gestão de inventário, e pode ser avaliado em diferentes periodicidades, embora a análise anual seja mais frequente. Você pode usar esse recurso conforme a necessidade de sua empresa e do volume de bens guardados. Por ser aplicável a qualquer escala e tipo de produtos, esse indicador se mostra útil como padrão de mercado, na busca de equilíbrio com o ritmo de vendas.

Como calcular giro de estoque

Você já entendeu como calcular giro de estoque é uma boa técnica para identificar se o inventário está criando “teias” ou se precisa de mais investimentos. A conta nada mais é do que a quantidade vendida em determinado período em relação ao total de itens armazenados.

Na prática, a primeira informação a definir é o período calculado. Provavelmente, você vai se deparar com um ciclo anual, mas se estiver lidando com produtos perecíveis, por exemplo, precisa considerar intervalos menores. A seguir, é preciso levantar dois dados: o total de produtos vendidos no período e o volume médio no inventário, seja em itens, seja em preços. A conta, em si, é simples: total de vendas dividido pelo volume médio armazenado.

Veja os exemplos:

  1. O estoque médio de uma loja de produtos eletrônicos é de 400 controles de portão eletrônico e a empresa vende 3,6 mil controles por ano. O giro do estoque dessa empresa é calculado dividindo 3,6 mil por 400, resultando em nove giros no período. Isso significa que os produtos são renovados nove vezes durante o ano.
    Nem sempre o estoque é formado por um único tipo de produto. Aliás, na maioria das vezes ele é composto por materiais pequenos e grandes, caros e baratos. Nesses casos, podemos calcular o giro de estoque de várias formas, entre elas, utilizando o custo de compra no lugar da quantidade de produtos.
  2. Vamos imaginar que cada controle custe R$ 6, a preço de compra. O estoque médio a preço de compra é de R$ 2,4 mil e o volume de vendas ao ano é de R$ 21,6 mil a preço de compra. O número de giros do estoque será de 21,6 mil divididos por 2,4 mil, igual a nove giros ao ano.
    Nesses exemplos de cálculos, se o resultado for menor do que 1, teríamos uma indicação de que alguns dos produtos que iniciaram o ano na prateleira, ainda estão lá. Agora, para saber o tempo médio (TM) basta dividir o número de dias em um ano (neste caso) pelo número de giros.
  3. 365 dias divididos por nove giros, igual a 40,5 dias. A loja de produtos eletrônicos “girou” seu estoque de controles em média nove vezes ao ano e o fez a cada 40,5 dias.

Entre as vantagens de uma empresa com alto giro do estoque, destacam-se:

  • O produto não fica ultrapassado na prateleira: se isso é fácil de entender para quem lida com perecíveis (itens com prazo de validade vencido, por exemplo), para outros casos há perdas relacionados a risco de extravio ou até superação por lançamentos que chegam ao mercado (no caso de eletrônicos, por exemplo);
  • Não é necessário muito espaço para armazenamento: Custo de armazenamento é alto, especialmente nas grandes cidades. Quanto maior o tamanho dos produtos que você vende, mais espaço precisa. Otimizar o volume tem impacto direto nos gastos da empresa.
  • Menos riscos de perdas: Em caso de sinistros, como incêndios ou roubos, o prejuízo é menor. Assim, questões como seguro e segurança podem ter redução de custos.

Mas atenção: Se você buscar sempre o menor estoque, corre o risco de perder uma venda por falta de produto. Mas se seguir o conselho popular do “quem guarda sempre tem”, pode ficar com mercadoria encalhada e ultrapassada.

Gestão otimizada

Ferramentas de gestão podem ser verdadeiras auxiliares para buscar o equilíbrio na movimentação de mercadorias. Disponibilizamos uma planilha de controle de estoques que vai lhe ajudar a registrar as entradas e saídas da sua empresa.

Também recomendamos nosso sistema de controle de estoque on-line para facilitar ainda mais a administração. Com ele você tem controle total do inventário dos seus produtos, controla as compras, emite nota fiscal, cadastra as mercadorias e registra as transportadoras, os fornecedores e suas respectivas notas fiscais de entrada e saída. Tudo em um só lugar e sem complicação!

Esperamos ter ajudado você e sua empresa com este post! Fique à vontade para compartilhar suas dúvidas ou sugestões na área de comentários.

Planilhas Controle de Estoque  Disponibilizamos duas planilhas para ajudar você a registrar as movimentações  do estoque. Baixar as planilhas agora

Jean Carlos Von Dentz
Sobre o autor

Analista de Vendas da ContaAzul. É formado em Administração de Empresas no Instituto de Ensino Superior Santo Antônio e está cursando pós-graduação em Gestão de Marketing e Vendas na Faculdade Cenecista de Joinville.

MUDANDO UM POUCO DE ASSUNTO

6 Comentários
 
curso grátis ContaAzul

CURSO ONLINE - Vagas limitadas!

Controle de Contas a Pagar
O melhor amigo do fluxo de caixa


INSCREVA-SE AGORA