Gestão do Negócio

Controle de Produção: estratégias para otimizar a eficiência e a qualidade

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 21/07/2023 | 10 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • O controle de produção ajuda a melhorar o processo produtivo em uma empresa;
  • Ele também consegue melhorar a eficiência e a qualidade dos produtos finais, entregando um valor agregado ainda maior;
  • Quando eficiente, permite que toda a empresa ganhe competitividade, utilizando melhor os seus recursos e reduzindo desperdícios.

Experimente grátis a Conta Azul!

Para quem está empreendendo, é muito importante encontrar maneiras de se manter competitivo no mercado. Além de um produto ou serviço de qualidade, é preciso pensar no processo antes da entrega ao cliente final. Por isso, você deve entender mais sobre o que é controle de produção.

Afinal, como ter certeza de que o que está sendo entregue ao consumidor tem a qualidade necessária? Ou que está dentro do prazo esperado?

Todos esses fatores dependem da organização do seu negócio — o que torna tão importante investir em ações que ajudem na organização e planejamento da produção.

O que acha, então, de tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto? Continue a leitura e entenda mais sobre o que é controle de produção!

Neste conteúdo, confira:

O que é controle de produção?

O controle de produção é uma atividade de organização e planejamento para garantir a eficiência e a qualidade dos processos produtivos. Ele envolve desde o monitoramento até a gestão de todas as etapas da produção. Ou seja, contempla desde o planejamento até a entrega do produto final.

O objetivo dessa estratégia é muito simples: otimizar a utilização dos recursos disponíveis, como mão de obra, materiais e equipamentos. Como consequência, a tendência é que os produtos sejam entregues dentro de prazos definidos previamente e com a qualidade necessária para o cliente final.

Ao longo desse processo, é possível identificar e corrigir eventuais desvios ou problemas que possam comprometer a eficiência ou a qualidade do fluxo de produção. Além disso, ele permite o acompanhamento do desempenho da produção, a análise de indicadores e a tomada de decisões estratégicas.

Quando esse trabalho é bem desempenhado, a tendência é que a produtividade da companhia aumente significativamente. Em resumo, é possível maximizar a utilização dos recursos, reduzir desperdícios e melhorar a competitividade no mercado.

Qual a importância do controle da produção?

Afinal, como o controle da produção pode beneficiar a sua empresa? Em um mercado tão competitivo, essa atividade deixa de ser uma questão apenas de organização, e se torna algo muito mais completo para garantir uma eficiência estratégica para o seu negócio.

Cumprimento dos prazos

Outro fator importante para assegurar que o seu negócio tenha um bom desempenho é o cumprimento de prazos. Quando a produção tem uma gestão eficiente, a tendência é que o cronograma estabelecido com um fornecedor, parceiro ou cliente seja sempre seguido à risca, fortalecendo a credibilidade.

Melhoria da qualidade

Tudo isso acontece sem abrir mão da qualidade do produto final. Afinal, ao monitorar e controlar todas as etapas da produção, é possível identificar eventuais desvios ou problemas que possam comprometer a qualidade dos produtos, atuando com rapidez para não prejudicar o resultado final.

Leia também: Sistema de Gestão da Qualidade: Como Implantar na Empresa

Redução de custos

O controle da produção contribui para a redução de custos por meio da otimização dos recursos, da identificação e eliminação de desperdícios e da melhoria da eficiência dos processos produtivos, o que vai impactar diretamente em uma maior rentabilidade para a empresa.

Adaptação às demandas do mercado

Além disso, é muito importante acompanhar o que está acontecendo no mercado para seguir competitivo. O controle de produção assegura que a sua capacidade produtiva esteja ajustada de acordo com as demandas do mercado, fornecendo mais flexibilidade para o seu negócio.

Quais são os exemplos de controle de produção?

Dentro do conceito principal de controle de produção, existem diferentes tipos que podem ser aplicados. A utilização de cada um deles vai variar de acordo com os objetivos e necessidades de cada empresa. 

Controle de estoque

O controle de estoque é um tipo de controle da produção que visa monitorar e gerenciar os níveis de estoque de matérias-primas, componentes e produtos acabados. 

Um trabalho que ajuda a evitar, por exemplo, que a produção comece a fazer mercadorias que ainda estão disponíveis em grandes quantidades. Ou, ainda, que sua empresa tenha que parar a produção porque uma matéria-prima acabou.

Controle de qualidade

Além disso, é possível fazer uma gestão para a verificação e garantia da qualidade dos produtos ao longo do processo produtivo. Esse tipo de controle busca identificar falhas ou defeitos, implementar ações corretivas e assegurar que os produtos atendam aos padrões de qualidade estabelecidos.

Controle de tempo

Outro tipo de controle de produção que existe é relacionado ao tempo necessário para concluir cada etapa do processo produtivo. A ideia principal dessa ação é otimizar o fluxo de produção, reduzir o tempo de ciclo e cumprir os prazos estabelecidos.

Como fazer controle de produção?

Agora que você já entendeu como o controle de produção é importante e como pode ser colocado em prática, que tal começar a organizar o seu negócio? Confira o passo a passo com tudo o que precisa ser feito!

Definição de metas e indicadores

Antes de mais nada, você precisa estabelecer metas claras e objetivas para a produção, como quantidade de produtos a serem fabricados e prazos a serem cumpridos. Essas metas devem funcionar como guia principal de todo o trabalho envolvendo o controle da produção.

Dentro desse fluxo, porém, é importante definir indicadores-chave de desempenho (KPIs) que serão utilizados para monitorar e avaliar o progresso em relação às metas estabelecidas. Isso evita que a sua equipe se baseie apenas em achismos e suposições, tornando o processo mais preciso.

Planejamento da produção

Com as metas definidas, é necessário planejar a produção de forma detalhada: um trabalho que começa com a definição de um cronograma que visualiza o processo como um todo, a alocação de recursos e até mesmo a definição de quais são as quantidades de materiais necessários.

A ideia dessa etapa é ter a certeza de que tudo esteja organizado e alinhado para o início da produção. Ou seja: cada parte desse fluxo têm os recursos que precisa para fazer uma entrega de qualidade e dentro do prazo.

Controle do estoque

Outra etapa fundamental para o controle da produção é a gestão do estoque. Por isso, é necessário monitorar constantemente os níveis de estoque de matérias-primas e componentes, garantindo que haja disponibilidade suficiente para a produção.

Mais do que isso, é preciso ir além e também identificar e tratar possíveis problemas, como estoques obsoletos ou excessivos. Encontrar esses problemas em um estágio inicial de reformulação é ideal para evitar que isso se torne um obstáculo maior no futuro.

Acompanhamento da produção

Durante a produção, é essencial acompanhar de perto o andamento dos processos para que a tomada de decisões seja mais precisa. Na prática, isso envolve a análise de relatórios, monitoramento de sistemas de gestão integrada ou até mesmo por meio de indicadores visuais, como quadros de controle.

O objetivo é verificar se a produção está seguindo o planejamento e identificar eventuais desvios ou gargalos que precisam ser corrigidos. Afinal, quanto mais rápido for encontrado um problema, maiores são as chances de que a correção tenha um impacto no produto final.

Análise de dados e tomada de decisões

Agora que você já tem todas essas informações em mãos ao longo do processo de produção, é o momento de realizar análises e tomar decisões estratégicas. É a etapa em que você precisa, por exemplo, identificar padrões, tendências e oportunidades de melhoria.

Em resumo, essa análise de dados permite que a empresa ajuste seus processos e tome decisões informadas para otimizar a produção. Esqueça “achar” que algo não está funcionando — agora os dados vão mostrar se essa percepção é verdadeira ou não.

Manutenção preventiva

Quando se pensa em controle da produção, também é necessário analisar se tudo está funcionando corretamente. A melhor alternativa, porém, é prevenir-se. Portanto, a manutenção preventiva se torna um diferencial para qualquer negócio.

Um exemplo disso é realizar manutenções regulares em máquinas e equipamentos, o que vai evitar falhas e paradas inesperadas que afetem a produção.

Mas também é importante estabelecer um plano de manutenção adequado e realizar inspeções periódicas para identificar e resolver problemas antecipadamente.

Feedback e melhoria contínua

O controle da produção deve ser um processo contínuo de aprendizado e melhoria: dessa forma, é fundamental receber feedback dos envolvidos na produção e dos clientes, para identificar possíveis áreas de melhoria.

Assim, além da sua base de dados robusta com insights e informações valiosas, é possível implementar ações corretivas e promover melhorias contínuas nos processos produtivos. Na prática, a tendência é que essas alterações façam muito mais sentido para o resultado final.

Utilização de tecnologia

Uma parte importante deve fazer parte da rotina de controle de produção: a tecnologia. A ideia é facilitar e otimizar esse processo. A boa notícia é que existem diversos sistemas ERP e softwares especializados que auxiliam no acompanhamento e controle dos processos produtivos.

Em resumo, essas ferramentas automatizam tarefas, fornecem informações em tempo real e simplificam a análise de dados, tornando o controle da produção mais eficiente e preciso. No dia a dia corrido do empreendedor, isso pode representar mais tempo livre para decisões mais estratégicas.

Conseguir gerenciar todas as suas tarefas no dia a dia não é simples, o que torna ainda mais importante o controle de produção. Afinal, é essa atividade que vai assegurar um fluxo eficiente para a entrega de um produto final de qualidade e, é claro, dentro do prazo.

Além de pensar em como controlar a sua produção, é importante pensar também em outros aspectos, como as questões econômicas, não acha? Continue em nosso blog e veja um passo a passo de como fazer o planejamento financeiro da sua empresa!

Leia também