Inovação e Tecnologia

Quais as contribuições da tecnologia para a saúde? Confira!

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/01/2024 | 7 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Saber quais as contribuições da tecnologia para a saúde ajuda a entender como esse segmento vem evoluindo nos últimos anos;

  • Telemedicina, prontuário eletrônico e os avanços da saúde preventiva são alguns exemplos;

  • Entenda quais desafios da área da saúde foram solucionados pela tecnologia e as principais tendências desse ramo.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

 

Saber quais as contribuições da tecnologia para a saúde é essencial para entender como esse recurso ajuda a solucionar vários desafios e facilitar a rotina de quem atua neste ramo. 

As tendências tecnológicas na área da saúde permitiram diagnósticos e tratamentos mais precisos. Outra vantagem é o gerenciamento mais assertivo das empresas desse segmento, devido o acesso aos dados financeiros em tempo real, por meio de plataformas de gestão. 

Com isso, o gestor tem a clareza que precisa para manter o negócio funcionando de maneira rentável, além de oferecer uma experiência diferenciada aos profissionais e pacientes. 

Continue lendo para entender melhor quais são as contribuições da tecnologia para a saúde. Boa leitura! 

Quais as contribuições da tecnologia para a saúde? Confira!

Quais as contribuições da tecnologia para a saúde? 5 desafios solucionados!

Na área da saúde, a tecnologia ajudou a aprimorar medicações, aparelhos, comunicação e até a gestão clínicas, laboratórios e hospitais. Essa evolução foi essencial para diagnósticos e tratamentos mais precisos, sem contar com o foco na prevenção. 

Selecionamos os principais desafios que foram solucionados com este recurso. Confira: 

1. Atendimento remoto aos pacientes

O Brasil é um país muito grande, como você sabe. Alcançar os pacientes em todas as cidades não é uma tarefa fácil. Outro aspecto é que muitas pessoas têm a mobilidade reduzida por conta de uma enfermidade e por fatores financeiros. 

A telemedicina é uma das grandes contribuições da tecnologia para a saúde. Por meio deste recurso, basta ter acesso à internet e um celular ou notebook para que médicos possam consultar os seus pacientes, independente de onde estiverem. 

Também é possível, inclusive, realizar exames presencialmente com um técnico ou enfermeiro e, pela internet, enviar os resultados para a análise médica.

Além de encurtar a distância, a tecnologia também confere tratamentos e diagnósticos mais assertivos, como falamos. Entenda melhor no tópico seguinte. 

2. Acesso ao histórico da saúde do paciente com o Prontuário Eletrônico

Com o Prontuário Eletrônico (PEP), médicos, enfermeiros e demais profissionais da área  conseguem ter acesso a todo histórico de saúde do paciente. Ou seja, é possível visualizar desde as doenças, tratamentos e até os exames e consultas já realizadas. 

Por meio dessa solução tecnológica, os profissionais conhecem a perspectiva de outros especialistas. O diagnóstico e o tratamento, assim, ficam mais completos por meio dessa análise de uma equipe multidisciplinar de saúde. 

3. Economia de tempo e mais assertividade com o agendamento online

Marcar e confirmar consultas e exames é muito mais simples com o agendamento online, seja por meio de sistemas específicos ou pelo próprio WhatsApp. Assim, o paciente nem precisa ligar ou ir presencialmente à clínica para fazer essa atividade, economizando tempo.

As empresas de saúde também são beneficiadas com essa vantagem, já que um mesmo funcionário pode realizar vários atendimentos simultâneos. O que não acontece quando a marcação é feita por ligação, onde cada colaborador atende uma pessoa por vez.

4. Foco na saúde preventiva

A frase “é melhor prevenir do que remediar” sempre foi certeira, mas agora está mais fácil de colocá-la em prática. Isso porque o avanço da tecnologia permite uma maior atenção aos cuidados preventivos com a saúde a fim de evitar doenças e promover a qualidade de vida. 

Ou seja, os profissionais conseguem identificar as chances de um paciente desenvolver determinada enfermidade e orientá-lo sobre o que precisa ser feito para evitá-la. Como resultado, ao invés de tratar uma doença, o esforço é para se manter saudável

5. Controle das finanças com um sistema de gestão

Os serviços de saúde, como laboratórios, clínicas e consultórios, também são empresas. E, como tal, demandam uma gestão financeira assertiva. Para isso, a tecnologia vem ajudar, por meio de um sistema de gestão empresarial (ERP). 

Esse recurso permite o controle dos recebimentos, demais entradas e saídas financeiras, favorece o controle do estoque como um todo e a emissão de notas fiscais. Também é possível gerar relatórios dos setores administrativos da empresa de saúde, que dão uma visão geral da situação das finanças e da rentabilidade do negócio. 

O que esperar do futuro? Tendências tecnológicas na área da saúde 

Até aqui, citamos alguns desafios que a tecnologia ajudou a solucionar no ramo da saúde. E para o futuro, o que temos? 

Selecionamos também algumas tendências tecnológicas da saúde. Vale lembrar que algumas delas já estão sendo colocadas em prática, mas ainda não são tão populares.

Análise preditiva

A análise preditiva é uma tecnologia que permite descobrir as possíveis doenças que o paciente pode desenvolver, com base no histórico clínico e no mapeamento genético. Ela também é uma aliada de outra tecnologia bem atual: a inteligência artificial. 

Dessa forma, a análise preditiva consegue estimar a probabilidade de um resultado futuro com base em padrões observados em dados históricos. O que é uma grande vantagem para prescrever tratamentos assertivos e prevenir quadros que, antigamente, seriam fatais. 

IoMT

A Internet das Coisas (IoT) tem uma versão própria na área da saúde –  Internet das coisas Médicas (Internet of Medical Things, IoMT). Trata-se da conexão de dispositivos, apps, wearables, como monitores portáteis de frequência cardíaca e outras tecnologias que monitoram e previnem doenças crônicas.

Realidade Aumentada

A telemedicina permitiu o atendimento médico à distância e isso foi revolucionário. Agora, e se o profissional de saúde pudesse visualizar o corpo do paciente mesmo pelo celular ou outro dispositivo similar? Com a Realidade Aumentada, isso é possível! 

O médico também pode, inclusive, realizar procedimentos, como cirurgias, acompanhar o transporte de um paciente e orientar os demais profissionais que estejam no trajeto. 

Quais as contribuições da tecnologia para a saúde? Confira!

Planos de Saúde Digitais

A telemedicina avança de muitas maneiras, e uma delas é o plano de saúde digital. 

Estamos nos referindo aos atendimentos por meio de aplicativos, que permitem o acesso à equipe médica por 24 horas por dia, 7 dias por semana. Assim, relatar sintomas e ser acompanhado remotamente durante seu tratamento fica mais ágil. 

A tecnologia também chegou no financeiro dos serviços de saúde, como falamos. Afinal, um laboratório, hospital ou consultório ainda são empresas, que precisam se manter rentáveis além de oferecer boas experiências aos seus clientes – que aqui chamados de pacientes. 

Para isso, contar com uma plataforma de gestão integrada é essencial. Trata-se de uma solução que centraliza e integra toda a administração de um negócio. Na prática, o gestor sabe exatamente o que está acontecendo em todos os setores e pode tomar boas decisões em tempo hábil. 

A Conta Azul Pro facilita a gestão financeira de várias empresas: clique aqui e veja como esse ERP online pode otimizar a sua! 

Leia mais

Leia também

Sem mais posts para exibir.