Gestão do Negócio

Conta Azul CAst: Anderson Hernandes e a importância da análise de tendências

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/01/2024 | 9 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • A análise de tendências é um processo que ajuda o empreendedor a planejar melhor as suas ações e sair na frente da concorrência;

  • Ficar de olho no que o mercado está fazendo é uma dica para fazer uma boa análise de tendências, segundo Anderson Hernandes, entrevistado do Conta Azul CAst #10;

  • A Conta Azul ajuda os empreendedores a gerenciar suas demandas internas com eficiência e inovação. Assim, fica mais fácil adotar novas tendências de mercado!

Experimente grátis a Conta Azul!

A análise de tendências é um dos pilares da gestão estratégica. Na prática, seria como lançar luz sobre uma pedra antes de pisar nela – uma atitude muito sábia. Da mesma forma, ao verificar as novidades da área de atuação, o dono de negócio consegue dar passos seguros e tomar decisões assertivas.

Porém, uma coisa é saber do valor da análise de tendências de mercado, outra bem diferente é colocá-las em prática. Para descomplicar esse assunto, contamos com a participação de Anderson Hernandes, que é palestrante, escritor e contador, no Conta Azul CAst #10. 

Continue lendo para conferir as dicas valiosas de Anderson Hernandes sobre a análise de tendências. Desejamos uma leitura inspiradora! 

CORTES-YT-1

O que é análise de tendências e por que o dono de negócio precisa entender sobre o assunto?

Trocando em miúdos, análise de tendências é o conceito que ajuda os empreendedores a compreenderem o comportamento do mercado. 

Isso significa pesquisar o passado, analisar o presente e definir estratégias para o futuro. Sim, estamos falando de um processo bem abrangente e, talvez, um pouco complexo.

Bom, mas o que são tendências? 

Novos hábitos, ferramentas, conceitos e metodologias que surgem na sua área de atuação em virtude de mudanças ocorridas nos contextos sociais, culturais e econômicos. Ao analisá-las, é possível:

  • Entender quais são as melhores e viáveis estratégias para a empresa;

  • Planejar e antecipar a aplicação delas nas metas do negócio;

  • Destacar-se perante a concorrência.

Quanto aos tipos de tendências de mercado, o livro Administração de marketing: a edição do novo milênio, escrito por Philip Kotler, aponta:

  • Modismos: surgem repentinamente, fazem muito sucesso e desaparecem na mesma rapidez. Exemplo: modas lançadas por personagens de filmes ou novelas;

  • Tendências: costumam aparecer após um estudo sobre comportamento e hábitos dos consumidores. Exemplo: lançamento de produtos saudáveis para um público que já estava optando por eles;

  • Megatendências: causam grandes transformações culturais, tecnológicas ou políticas. Exemplo: metaverso. 

Conta Azul CAst #10: o que podemos aprender com Anderson Hernandes sobre análise de tendências

O episódio 10 do Conta Azul Castteve o prazer de entrevistar Anderson Hernandes, que já produziu livros, cursos e palestras sobre empreendedorismo, contabilidade e mercado.

Durante a conversa, Anderson entregou muito conhecimento sobre análise de tendências. A seguir, separamos alguns trechos principais do podcast.

1.Entenda o seu público para definir em quais novidades apostar

“Antes de fazer qualquer coisa, é importante saber com quem estamos falando”. 

Como conseguir isso? Anderson revela que, no primeiro contato com a marca, o consumidor precisa sentir que a proposta comercial faz sentido para ele. Sendo assim, o empreendedor deve se questionar:

O que eu posso entregar para o meu cliente que corresponda com as necessidades, desejos e dores, ou seja, que faça sentido para ele? 

Para isso, é necessário se aproximar da realidade do consumidor. “Evite conteúdos muito técnicos nesse primeiro momento” – ressalta Anderson – “prefira temas que tratem de situações comuns do cotidiano”.

Uma das maneiras de atingir esse objetivo é realizar pesquisas para entender as necessidades do público-alvo

2. Foque em oferecer a melhor experiência aos seus clientes

O cliente precisa sentir satisfação e valor no relacionamento com uma marca.O segredo é apostar na experiência” – pontua Anderson. Às vezes, isso significa investir um pouco mais  em uma ação de marketing, conteúdo ou produto. Mas, no fim, vale muito a pena.

“As pessoas buscam não apenas conteúdos ou itens. Elas desejam muito ter uma boa experiência de consumo com a marca” – continua Anderson. As práticas para entregar a melhor experiência devem permear todas as etapas da jornada do cliente, desde o primeiro contato até o pós-venda.

3. Fique de olho no que o mercado está fazendo

Outro ponto destacado por Anderson é a atenção nos detalhes e às ações realizadas por outras empresas do mercado de atuação. Como exemplo, ele cita uma ação feita em um dos eventos da Conta Azul que inspirou a própria marca dele.

Na ocasião, foram utilizados sinalizadores para que os participantes encontrassem o melhor lugar para assistir ao evento. “Um detalhe” – diz Anderson –, “mas que fez uma incrível diferença na experiência dos participantes. Na hora, liguei para minha sócia e pedi que conseguisse os sinalizadores para o nosso próximo evento”.

Sim, os sinalizadores fizeram mais do que indicar lugares. Na verdade, passaram uma mensagem de acolhimento para os participantes. Era como se a Conta Azul dissesse: sinta-se à vontade, queremos ajudar você a se sentir confortável. Isso é pensar na  experiência!

4. Fortaleça sua presença digital

Estar presente no digital é importante para analisar as tendências de mercado. Para isso, você pode estudar as estratégias digitais que outras empresas estão implantando. Anderson cita o exemplo da Reserva (empresa de e-Tickets de roupas masculinas) que reestruturou a área de vendas durante a pandemia do Covid-19.

Esse processo remodelou a loja online e o canal de vendas pelo WhatsApp da empresa Hoje, essas mudanças permitem que a marca trace o perfil de cada consumidor. Desse modo, é possível oferecer produtos personalizados, como roupas de acordo com o tamanho e gosto do cliente.

5. Dê adeus à zona de conforto

Anderson cita que uma das principais maneiras para deixar a zona de conforto (fazer as coisas sempre do mesmo jeito) é abandonar o medo e enxergar o propósito de uma estratégia. “Você precisa assumir riscos para crescer com o seu negócio” – afirma.

Ao ficarestacionado, o empreendedor pode entrar em um processo muito perigoso: parar pelo meio do caminho nos seus objetivos por conta do medo.

Para se sentir mais seguro ao alçar novos voos, o empreendedor deve estudar as tendências na área de atuação e entender como se adaptar a elas. Esse projeto deve ser feito com um passo de cada vez, ou seja, um crescimento pautado em avaliações e ajustes.

6. Estude outras áreas

Outra possibilidade na análise de tendências é o estudo de outras áreas de mercado. 

Ao fazer isso, pode ser que o empreendedor enxergue uma boa oportunidade (oceano azul) para a expansão do negócio. A princípio, em vez de analisar um setor completamente diferente da área de atuação, seria interessante verificar setores correlacionados.

Uma empresa que vende equipamentos de tecnologia pode pensar em desenvolver um sistema próprio para auxiliar no suporte aos clientes, por exemplo.

Para que um projeto de expansão dê certo, Anderson também dá uma dica valiosa: “implante estratégias específicas antes que a empresa ingresse em outro nível de empreendedorismo”.

7. Identifique no que a sua empresa precisa evoluir

Anderson mostra o que o empreendedor precisa fazer para o negócio evoluir: “tenha uma visão sobre as limitações e os processos ultrapassados da empresa”. 

Para obter esse entendimento, a análise de tendências pode ajudar, no sentido de dar clareza da posição da empresa no mercado em comparação com seus concorrentes diretos e indiretos. 

Ao observar o que as outras organizações e empreendedores estão realizando, é importante se perguntar:

  • Por que a concorrência está tendo sucesso com essa estratégia e o meu negócio não?

  • O que estão fazendo de diferente?

  • Como conseguir essas informações?

  • O que fazer para adaptar as estratégias da concorrência em meu negócio?

Não esqueça de documentar todas essas informações. 

8. Tenha uma visão global da sua empresa

É fundamental que o empreendedor conheça bem o seu próprio negócio para conseguir analisar as tendências externas. Para isso, é necessário descobrir o tamanho, as necessidades, as metas, os pontos fortes e fracos do negócio.

Anderson citou uma fase em que precisou olhar para dentro da empresa a fim de evoluir. Quando percebeu que a plataforma de gestão que utilizava não atendia mais às necessidades e nem se alinhava com a realidade interna, migrou para a Conta Azul.

Hoje, conta com várias áreas segmentadas dentro da contabilidade, bem como a vertente educacional. Essa última engloba os cursos online e a geração de conteúdo especializado.

shutterstock_1675351042

Fique de olho no mercado e aposte na tecnologia para acelerar sua jornada de sucesso!

Por certo, o empreendedorismo está ligado à análise de tendências. Afinal, como vimos, essa prática é essencial para se antecipar, planejar e sair na frente da concorrência. Além das estratégias citadas, o empreendedor contar com a tecnologia é fundamental para acelerar o sucesso. 

Sabe quem pode te ajudar? A Conta Azul Pro, plataforma de gestão integrada completa e 100% online!

Com a Conta Azul Pro, você pode acompanhar as vendas, estoque e o fluxo de caixa em tempo real. Inclusive, até pelo celular, com o App Conta Azul de Bolso.

Outras vantagens são emitir notas fiscais sem complicação e gerar relatórios detalhados e fáceis de entender, com poucos cliques. 

A Conta Azul Pro dá a visão que você precisa para identificar e resolver desafios do seu negócio em tempo hábil. Isso sem contar com a redução de erros devido aos processos manuais. 

Faça como os mais de 10 mil empreendedores que transformaram a gestão do negócio com a Conta Azul Pro: clique aqui para testar essa plataforma de graça, sem compromisso! 

Leia mais 

O que é demanda reprimida: encontre oportunidades

6 dicas para utilizar a experiência do cliente a seu favor

Encontre o segmento de mercado ideal para a sua empresa

Leia também

Sem mais posts para exibir.