Vendas

7 erros ao vender que você precisa evitar para faturar mais + dicas bônus

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/01/2024 | 8 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Estudar quais são os erros ao vender mais comuns ajuda o dono de um negócio a se preparar para evitá-los;
  • Processos mal definidos e não monitorar os dados das vendas são alguns deles;
  • Conte com a tecnologia para gerenciar melhor o seu negócio e evitar os erros ao vender: conheça plataforma de gestão integrada Conta Azul Pro!

Experimente grátis a Conta Azul!

Ainda está para nascer o empreendedor perfeito, que administra tudo facilmente, cumpre a operação sozinho e não comete erros ao vender. Mas até lá, todo dono de negócio deve buscar se aprimorar na gestão.

Um dos primeiros passos para tomar as rédeas do seu negócio é entender quais são os erros mais cometidos no mercado quando o assunto é vendas. Afinal, o sucesso não vem apenas quando sabemos o que fazer, mas também ao entender o que evitar. O que não faltam são exemplos.

Com sua experiência no convívio com empreendedores, a Conta Azul elencou os 7 erros mais comuns ao vender.  Abaixo, você descobre quais são eles, encontra instruções para não cometê-los e dicas extras para vendas.

Faça uma boa leitura e, também, boas vendas!

shutterstock_1825130537

Quer faturar mais? Então confira os 7 erros ao vender que você deve evitar!

1. Desconhecer o seu público

Esse é um dos erros ao vender primários em qualquer área. Todo segmento de público possui padrões de consumo, interesses, paixões e necessidades. E tudo isso deve influenciar na sua estratégia.

Um grande exemplo são as lanchonetes que passam a oferecer alimentos veganos no seu cardápio, mas não os preparam em chapas separadas. Isso faz completa diferença para esse tipo de público. Portanto, estude quem são seus clientes, faça pesquisas e converse com eles.

Conheça: [GUIA] O financeiro na gestão de restaurantes

2. Não conhecer o próprio produto ou serviço

Algo muito desconfortável é quando um cliente entra em uma loja e precisa ensinar ao próprio vendedor sobre um produto. Isso traz insegurança quanto à capacidade de oferecer suporte, na decisão de compra ou em qualquer outro momento em que precisaria do apoio de profissionais capacitados.

Conhecer o que você vende dará mais segurança e argumentos na hora da negociação. É importante saber que o cliente não vê motivos para comprar algo que o próprio vendedor também não sabe se compraria.

3. Ter um estoque desorganizado

A desorganização do estoque atrapalha as vendas e a rotina de qualquer colaborador. Isso vale tanto para quem vende produtos quanto para as prestadoras de serviços.

Não ter um estoque organizado leva à contagem errada de itens, perda ou extravio, sem contar com os danos aos produtos, principalmente no caso dos perecíveis. Uma forma de resolver esse problema é tendo um bom giro de estoque.

4. Falta de diferenciais competitivos

As pessoas geralmente já possuem suas marcas preferidas para fazer compras. Mesmo quando ainda não tomaram a decisão, vão escolher entre as que conhecem ou que se destacarem. O único jeito de se sobressair na concorrência é ter um diferencial competitivo.

Você precisa dar um motivo para que o cliente compre da sua empresa, e não do seu concorrente. Dessa forma, estude o mercado, entenda as necessidades dos seus clientes e identifique onde é possível agregar valor. 

Uma pizzaria que já sabe todas as preferências dos seus clientes e os dias que eles mais costumam comprar pode oferecer descontos personalizados, por exemplo.

5. Processos mal definidos 

Qual a melhor forma de abordar um possível cliente? Ligações telefônicas? E-mails? Redes sociais? E os orçamentos, serão fixos ou personalizados?

Perguntas como essas são importantes para definir o processo de vendas da sua empresa e ter uma efetividade maior nas suas abordagens. Aliás, isso vai além do comercial: atinge quem cuida do estoque, faz o pós-venda, cuida do envio dos produtos, ou seja, toda a empresa. 

Para isso, reserve um tempo para analisar como a venda é feita na sua empresa, descreva todos os processos e, assim, identifique onde melhorar.

6. Oferecer poucas formas de pagamento 

Esse é outro dos erros ao vender mais comuns. E ele afeta principalmente clientes mais novos, pois, se algo dificulta a compra, eles vão embora.

No entanto, também não dá para esquecer que ter muitas formas de pagamento envolve processos diferentes. Por isso, contar com um sistema que unifique e automatize tudo, como a solução de cobranças da Conta Azul, otimiza e ajuda a economizar no processo de vendas.

Confira o nosso conteúdo completo sobre formas de pagamento

7. Não fazer monitoramento e análise de dados

Decisões precisam ser tomadas com base em dados. Afinal, só é possível elaborar estratégias conhecendo a realidade da empresa. E, para avaliar a efetividade das suas ações, também será preciso analisar os resultados.

Para isso, há algumas medidas que você pode tomar. Elaborar processos e monitorar de perto, emitir relatórios constantes e usar plataformas de gestão integrada (ERPs) são os melhores caminhos.

Bônus: o que fazer para vender mais

Investir em treinamentos

A capacitação constante dos responsáveis pelas vendas é importantíssima. Mas não pense que elas servem apenas para o vendedor da ponta – gestores e até o dono da empresa precisam continuar se desenvolvendo.

Investir em técnicas de vendas é primordial, mas não é só isso. Entender as mídias sociais, acompanhar as tendências das redes sociais, conhecer o funil de prospecção e estudar marketing, por exemplo, são assuntos igualmente importantes.

Todo esse conhecimento é crucial para evitar diversos erros ao vender.

Dar atenção às redes sociais

A presença nas redes sociais é fundamental na era em que as pessoas não compram produtos: elas compram ideias. O perfil de uma marca no Twitter ou no Instagram permite criar identificação e humaniza seu negócio perante o público.

Essa conexão traz mais frutos do que compras eventuais. Clientes recorrentes se tornam advogados de marca, promovendo seu produto ou serviço aos quatro ventos. Quanto mais forte for sua comunidade online, melhor.

Contar com o apoio da tecnologia

A transformação digital traz diversas vantagens para uma empresa. Entre elas, aumento de eficiência e produtividade e melhora na tomada de decisões e nas vendas.

No entanto, as mudanças devem ir muito além de ter um site, e-mail com domínio próprio e usar as redes sociais.

Para ter sucesso e transformar os erros ao vender em faturamento, você precisa pensar além. 

O melhor caminho é investir em plataformas e equipamentos digitais que podem otimizar a produção, a gestão e o marketing da sua empresa.

Também é essencial planejar como será feita a implementação dessas tecnologias no negócio. Isso significa mudanças na cultura da empresa, treinamento de líderes e funcionários e investimento financeiro.

Fazer um pós-venda eficiente

Retenção de clientes deve ser um investimento prioritário. Adquirir novos compradores é muito mais caro do que reter os que você já tem. Por isso, mantenha uma boa relação com seu público depois da conta ser paga.

Mesmo que essas pessoas não precisem mais dos seus serviços, por ora, a lembrança dará a elas a boa vontade de ajudar a divulgar sua marca. Cuide do pós-vendas, pois ele é um dos passos mais importantes para fidelizar clientes.

Entenda mais sobre pós-venda no nosso conteúdo completo sobre o assunto!

shutterstock_2053746332

Gerencia asvendas com a Conta Azul Pro e evite esses erros!

Uma boa forma de evitar erros ao vender e aumentar seus números de faturamento é monitorar e gerenciar seu comercial de forma efetiva e desburocratizada.

Ao fazer isso, você identifica gargalos e pode resolve-los em tempo hábil, analisa a produtividade dos seus colaboradores e define melhor as suas estratégias.

Há três formas comuns de se fazer esse controle. A mais antiga é usando papel, caneta, e uma calculadora.  Porém, esse processo é lento, com altas chances de erro e sujeito a perda de documentos, entre outros problemas.

A segunda pode ser uma forma de iniciar o controle sobre o seu negócio, quando ele ainda está começando -.estamos falando de planilhas. Elas permitem automatizar cálculos e simplificar a visualização dos dados. Porém, são recursos limitados, pois elas não se atualizam sozinhas, são incompletas e, principalmente, não estão integradas.

Por fim, a melhor delas é usar uma plataforma de gestão integrada, como a Conta Azul Pro! 

Nela, você centraliza toda a administração da sua empresa em um só lugar. Confira alguns benefícios dessa plataforma quando o assunto é vendas:

  • Emissão de orçamentos e propostas. É possível acompanhar se o cliente recebeu, leu, aprovou ou rejeitou;
  • Conexão com plataformas de e-commerce, para monitorar vendas de produtos físicos ou digitais;
  • Controle de estoque, com envio de notificações quando algum item alcançar quantidades mínimas pré-definidas;
  • Processo de cobrança efetivo para diminuir a inadimplência, por meio da emissão e envio automáticos de boleto e também dos alertas das datas de vencimento;
  • App Conta Azul de Bolso, para você acompanhar pelo seu celular as vendas, o estoque, fluxo de caixa e envio de propostas personalizadas.
  • E muito mais!

Melhore sua gestão e diminua erros ao monitorar suas vendas com a Conta Azul Pro: Faça o teste grátis AGORA!

Leia mais

Leia também