Gestão do Negócio

Quiz da crise: sua empresa está onde?

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 07/07/2023 | 3 mins de leitura

Quiz: momentos de crise

Ainda que o desejo de navegar em águas calmas seja constante, a jornada do empreendedorismo por vezes reserva surpresas desagradáveis – e é preciso estar preparado para lidar com elas. Em momentos de crise, como o que o país atravessa desde o ano passado, como a sua empresa reage? Da oportunidade de crescimento à falência, vários são os caminhos. Qual você escolhe?

Enfrentando momentos de crise

Um momento de crise, por mais generalizado que seja, nunca atinge a todos da mesma forma. Para quem tem seu negócio próprio, não é diferente. Há aqueles que sentem mais os efeitos da turbulência do que outros. Desde negócios que escapam ilesos, passando por quem cresce na adversidade, até quem naufraga e vê seu sonho acabar, são variados os perfis de empreendedores.

Em 2015, ano em que a crise começou a mostrar seus efeitos, 191 mil empresas deram baixa em seus registros em juntas comerciais pelo país, segundo dados da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE). O mais grave é que esse número representa 82,3% das 232 mil empresa abertas no período.

Não por acaso, pesquisa realizada pelo Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias de São Paulo (SIMPI) no final do ano passado identificou o medo entre os empreendedores: 77% dos entrevistados afirmaram que a crise prejudicou os negócios e que temiam pelo futuro das empresas.

Neste ano, dois levantamentos realizados pela ContaAzul trouxeram mais dados que colaboram com o entendimento sobre o momento de crise e sua relação com o mundo dos negócios. O Termômetro ContaAzul – 2ª Edição apurou que, de janeiro a maio, os pequenos empreendedores participantes registraram saldo no caixa negativo mensal de R$ 611,38, em média.

O dado se torna ainda mais preocupante por revelar uma tendência de piora no cenário, já que, nas duas versões anteriores do estudo, os resultados foram positivos: R$ 3.483 em 2014 e queda para R$ 1.107 em 2015.

Antes, a primeira edição do Termômetro ContaAzul já havia trazido informações dando conta de como a crise vem afetando as empresas. Apesar da confiança para 2016, com a minoria dos entrevistados temendo a falência, cerca de metade deles admitiram ter realizado demissões em razão do momento adverso. Mesmo aqueles que não demitiram revelaram pouca esperança no crescimento dos negócios.

Confira algumas revelações sobre o momento de crise trazidas pelo Termômetro ContaAzul – 1ª edição:

  • 36,8% disseram acreditar na sobrevivência, mas sem lucrar
  • 15,6% revelaram medo de precisar fechar a empresa
  • 53,1% admitiram realizar demissões
  • 59,7% confirmaram ter feito ao menos um empréstimo em dois anos
  • 81,8% daqueles que buscaram crédito o usaram para manter capital de giro e sobreviver
  • 54,4% perceberam aumento da concorrência na crise
  • 73,3% responderam que os concorrentes estão focados em sobreviver.

Agora que você já sabe como os demais empreendedores enxergam a crise, é hora de olhar para a própria empresa. Como você está reagindo à turbulência econômica e política? Responda as questões do nosso quiz e fique de olho no resultado para descobrir se precisa mudar algo na condução do negócio.

 



E aí, curtiu Quiz da Crise? Compartilhe!

Leia também

Sem mais posts para exibir.