[Planilha] Modelo de orçamento empresarial

9 Comentários Publicado:  Assunto: Planilhas
 

Modelo de orçamento empresarial: baixe e adapte a planilha

Um desafio comum a negócios de todos os portes é gerenciar receitas e despesas para alcançar uma condição básica de sobrevivência: gastar menos do que fatura. Para isso, traçar uma previsão de custos é essencial, e uma planilha de orçamento empresarial pode ajudar bastante nessa tarefa. Descubra neste artigo a melhor forma de usar essa ferramenta.

Relatórios gerenciais: Diagnóstico de sua empresa em minutos no ContaAzul

Você precisa de uma planilha de orçamento empresarial

Sua empresa é pequena, mas a necessidade de organização é gigante. Como a estrutura é enxuta e os recursos são mais escassos, todos os esforços devem ter o objetivo de otimizar processos e reduzir custos. Se você não consegue prever quanto irá gastar no próximo mês e durante o ano, por exemplo, pode acabar desembolsando mais do que consegue faturar. Onde essa história vai terminar é fácil de entender.

Criar uma planilha de orçamento empresarial não vai resolver todos os seus problemas financeiros e tirar você do vermelho, mas é o básico que se espera de um bom gestor. Essa ferramenta permite planejar (eis um mantra para o empreendedor) e estimar as receitas e despesas em um período de tempo.

Com essa informação em mãos, devidamente organizada, é possível estabelecer as metas do negócio e acompanhar como ele caminha para que o objetivo seja alcançado, avaliando os resultados e fazendo os ajustes necessários.

Esse tipo de planilha não se destina a orçar custos de serviços junto a fornecedores ou clientes. Mas se algo sair fora do planejado, o controle através dela ajudará a identificar, permitindo reagir imediatamente e evitar que o problema cresça e comprometa a saúde financeira da empresa.

É também a partir do orçamento empresarial anual que as decisões sobre os rumos do negócio são tomadas. Como ele reflete a sua realidade financeira, serve como parâmetro para definir novos projetos e investimentos, como o lançamento de um produto ou serviço, a abertura de uma filial ou a aposta em um nicho de mercado diferente.

Como ter a sua planilha de orçamento

Agora que você sabe que vale a pena contar com uma planilha para planejar melhor o seu orçamento, é hora de entender como ter a sua. Há basicamente duas opções: criar uma nova ou baixar um modelo já pronto.

Criando uma planilha no Excel

Caso deseje uma solução mais customizada, a opção de criar a própria ferramenta é bastante válida. Mas como fazer isso? Não é preciso ter conhecimentos avançados em informática. Basta ter alguma noção de funcionamento do programa Excel (ou do Google Planilhas, se preferir) para inserir todos os campos necessários.

Basicamente, a planilha deve ser dividida entre entradas e saídas (ou receitas e despesas). Cada área deve trazer todos os itens que a compõem (um a cada linha), além de uma célula específica para o saldo. Ou seja, não há como criar uma boa ferramenta de controle se você não conhece seus custos fixos e variáveis, além de tudo aquilo relacionado ao faturamento da empresa.

Como sugestão, elabore uma planilha anual, dividida por meses. Assim, basta inserir uma previsão de valores para cada receita e despesa a cada mês. Você pode dividir por cores (uma para as entradas e outra para as saídas de capital), o que facilita a observação dos dados.

O mais útil desse tipo de planilha é que os cálculos podem se dar de maneira automática, bastando inserir uma breve fórmula em algumas das células. Isso significa que você não precisa somar manualmente receitas e despesas, para depois subtraí-las e chegar ao resultado final projetado para o mês.

Seu único trabalho será criar uma linha final, separada das anteriores, onde terá o saldo final (a real previsão orçamentária mês a mês). A fórmula é simples: clique sobre a célula na qual terá o resultado do mês de janeiro, insira o símbolo de igual (=), clique na célula que corresponde ao total de receitas, insira o símbolo de subtração (-) e, por fim, clique na célula com o total de despesas.

Ao fazer isso, observe que, automaticamente, o Excel subtrai despesas de receitas e calcula a sua previsão para o mês de janeiro. Para usar a fórmula nos outros meses, basta clicar sobre a célula onde ela já foi inserida e arrastar às demais - o critério criado é automaticamente estendido a elas.

Caso deseje, há na internet vários tutoriais que ensinam passo a passo a criar uma planilha de orçamento empresarial. Selecionamos um deles para guiá-lo durante esse processo no vídeo abaixo.

 

 

Baixando uma planilha pronta

Você viu que criar a sua própria planilha não é um bicho de sete cabeças. Mas se ainda assim prefere poupar tempo e recorrer a um modelo pronto, opções também não faltam.

Na internet, é possível encontrar várias planilhas criadas com o objetivo de controlar o orçamento. Algumas delas são mais detalhadas do que outras. A decisão sobre qual modelo adotar depende da complexidade do seu negócio, incluindo aí o total de receitas e despesas fixas e variáveis.

É importante saber que, a partir de uma planilha pronta, você pode modificá-la para deixá-la mais ao seu gosto, alterando cores, inserindo linhas e colunas, entre outras opções de formatação.

Ao adotar um modelo pronto, seu único trabalho será o de atualizar as informações e observar os resultados, lembrando da importância de fazer esse acompanhamento para que a previsão de gastos tenha sentido.

Nós deixamos abaixo uma sugestão de planilha para baixar. Esperamos que ela possa ser útil, integrando-se à sua rotina de controle financeiro e ajudando seu negócio a obter melhores resultados.

Experimente o ContaAzul  Cuide da gestão financeira da sua empresa com o ContaAzul. Experimente grátis

Não dependa só da planilha

A planilha de orçamento empresarial é uma boa ferramenta, mas depender só dela é um erro. Uma gestão financeira eficaz está totalmente relacionada ao modo como o empreendedor a encara, a começar pela atenção que dá a esse instrumento, atualizando as informações, monitorando os dados e utilizando os resultados obtidos para melhorar seus processos.

A isso, soma-se o fato de que a planilha é apenas uma das ferramentas para o controle financeiro - e talvez seja a mais básica delas. Um sistema de gestão online cumpre essa função de forma mais eficiente e moderna, agregando funções e permitindo ao empreendedor acessar as informações que precisa em qualquer lugar, mesmo através do seu smartphone.

Completando esse esforço em prol da saúde financeira do negócio, não podemos deixar de ressaltar o papel relevante do contador. Esse profissional tem a experiência e o conhecimento necessários para indicar as melhores práticas de gestão para sua empresa. Ele pode ajudar não apenas a desatar os nós tributários, mas também a sugerir caminhos para o seu orçamento empresarial.

Invista na melhoria da sua gestão financeira. Experimente grátis o sistema da ContaAzul!

José Carlos Sardagna
Sobre o autor

Marketing Manager da ContaAzul. É formado em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e em Ciências da Computação pela UDESC.

MUDANDO UM POUCO DE ASSUNTO

9 Comentários
 
Até 50% de desconto!

Emita uma NFe no período de teste do ContaAzul
e libere seu desconto!

Liberar meu desconto agora!