Contabilidade

Contabilidade industrial: entenda o que é e como atuar nesse ramo

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/03/2024 | 8 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Contabilidade industrial está relacionada ao gerenciamento dos processos contábeis, fiscais e financeiros de uma indústria;
  • Também conhecida como contabilidade analítica ou de custos, na contabilidade industrial o contador tem mais atribuições do que na contabilidade comercial. Conhecimento específicos também são exigidos;
  • Com a Conta Azul Mais, o contador pode gerenciar a carteira de clientes, emitir guias para pagamento dos tributos e controlar os honorários. Tudo online, com poucos cliques.

Experimente a Conta Azul Mais!

A contabilidade industrial, como o próprio nome já diz, diz respeito ao gerenciamento das obrigações contábeis, fiscais e financeiras de uma indústria. Por ser muito específica, ao atuar nessa área, as chances de conquistar clientes e manter essa demanda recorrente são maiores.

Ao comparar com a medicina, já reparou que as consultas com um clínico-geral costumam ser mais baratas do que com um especialista? O mesmo ocorre com a contabilidade: embora o mercado esteja repleto de contadores, aqueles que são especializados cobram mais caro pelos serviços prestados.

Então, se você está pensando em entrar para a contabilidade industrial, continue lendo para entender melhor os desafios e as possibilidades dessa área. Acompanhe os seguintes tópicos:

Boa leitura!

Contabilidade industrial está relacionada ao gerenciamento dos processos contábeis, fiscais e financeiros de uma indústria; 

O que é contabilidade industrial?

A contabilidade industrial, ou contabilidade de custos, tem ênfase nas necessidades das indústrias. Para cumprimento das obrigações contábeis, fiscais e financeiras, essa área analisa criteriosamente todos os processos industriais, da compra à entrega da produção.

Sendo assim, a contabilidade industrial lida com despesas de matéria-prima, mão de obra, produção, energia, bens subsidiários, transportes, embalagem e comercialização. O foco é facilitar a análise do quanto se gasta para na produção, informação valiosa para calcular o preço de revenda e definir a margem de lucro.

Existem dois ramos da contabilidade industrial. São eles:

1. Contabilidade de custos industriais

Esse ramo da contabilidade industrial compreende atividades relacionadas à fabricação de produtos. Para atuar na área, é necessário entender conceitos específicos, como:

  • Materiais Diretos (MD): gestão de custos dos materiais para a fabricação de uma mercadoria;
  • Mão de Obra Direta (MOD): remuneração e encargos da equipe que está na linha de produção;
  • Custo Indireto de Fabricação (CIF): investimentos que não estão diretamente ligados aos produtos, como energia, depreciação de maquinário, etc.

Quando esses custos são acompanhados, os gestores da indústria têm uma visão mais completa sobre as operações. O resultado é uma tomada de decisão assertiva que melhora o desempenho financeiro e as chances de crescimento.

2. Contabilidade de custos de serviços

Já a contabilidade de custos de serviços, como o nome já diz, considera o gerenciamento dos insumos necessários para o desempenho de serviços relacionados ao segmento industrial.

Para atuar aqui, é preciso também entender alguns conceitos específicos, como:

  • Materiais Diretos (MD): mesma gestão de custos que citamos acima, mas aqui se relaciona com os materiais necessários para desenvolver o serviço;
  • Mão de Obra Direta (MOD): remuneração e encargos dos prestadores de serviços;
  • Custos Gerais do Serviço (CGS): são aqueles que não estão diretamente ligados aos serviços, mas ao funcionamento da empresa que devem ser contabilizados no valor da prestação;
  • Serviços de Terceiros (ST): eventuais custos para contratar profissionais ou empresas terceirizadas (na prestação total ou de parte do serviço).

Sabendo quais são as possibilidades e frentes de atuação da área, veja porque contabilidade comercial e industrial não são a mesma coisa.

Qual a diferença entre contabilidade industrial e comercial?

A contabilidade industrial funciona como uma espécie de consultoria dada pelo contador à equipe de gestão de uma indústria.

Nesse sentido, pense bem: o lucro de uma indústria é obtido quando ela transforma a matéria-prima em uma mercadoria. Isso envolve muitos detalhes, desde a compra dos insumos até os processos produtivos e a venda do produto em si. E ainda pode ser somado à conta questões ligadas à equipe, aplicação de capital, eventuais financiamentos, tributos como ICMS, IPI e assim por diante.

na contabilidade comercial, é muito mais fácil identificar o custo de um produto. É só somar o valor a tributos não compensáveis e custos acessórios, como frete e seguro.

No caso da contabilidade industrial, as informações são bem mais complexas, já que transformar a matéria-prima em mercadoria envolve muitos gastos (desde o maquinário, até a mão-de-obra, eletricidade, etc).

Em resumo, um contador consultor focado na indústria presta serviços mais completos, que abrangem todos os custos envolvidos na produção. Já a parte comercial compreende apenas tributos simples e gastos acessórios.

Passo a passo para atuar na contabilidade industrial

Se interessou pela contabilidade industrial? Veja agora os primeiros passos para atuar na área.

Amplie seu conhecimento sobre a área

Ainda que a indústria trabalhe na transformação de matéria-prima, existem processos diferentes dentro dela, voltados a tipos específicos de produtos.

Para ter sucesso na contabilidade industrial, o contador precisa conhecer bem as funções da área, que incluem:

  • Função técnica: transformação da matéria-prima;
  • Função mercantil: compra dos insumos e venda do produto final;
  • Função econômica: aumento do patrimônio por meio dos lucros;
  • Função social: geração de empregos e de bens úteis;
  • Função financeira: aplicação de capital e obtenção de financiamentos.

Portanto, faça cursos específicos e procure entender também sobre o ramo industrial do cliente. Afinal, uma indústria de sabonetes não é igual a uma fábrica de roupas.

Esteja familiarizado com a tecnologia

A tecnologia aumenta a produtividade do contador e é indispensável para o crescimento. Ela é protagonista quando o assunto é otimizar os processos das empresas. Na contabilidade industrial, isso não é diferente.

Com o apoio de um bom sistema de gestão, os dados dos clientes são integrados, os cálculos automatizados, relatórios gerados e as chances de erros eliminadas.

Como resultado, o contador se destaca no mercado, mantém os clientes fiéis e ainda tem mais chances de aumentar a demanda.

Treine sua equipe adequadamente

Se você não é autônomo e atua ao lado de mais contadores no escritório, treine a equipe para que toda ela esteja familiarizada com os novos serviços de contabilidade industrial.

Outro ponto importante é não centralizar tudo em uma pessoa só. Quanto mais preparado o time estiver, melhores e mais completas serão as soluções entregues aos clientes. Invista em bons treinamentos na área, compartilhe informações e, ao mesmo tempo, garanta que todos estejam familiarizados com os conceitos do setor industrial.

Inclusive, a tecnologia também é importante nesse aspecto, pois ajuda a integrar a comunicação da equipe e alinhar atividades às demandas dos clientes.

Inclusive, a tecnologia também é importante nesse aspecto, pois ajuda a integrar a comunicação da equipe e alinhar atividades às demandas dos clientes.

Garanta os melhores resultados para os clientes com a Conta Azul Mais

Gerenciar um escritório contábil não é algo tão simples. Principalmente, quando se trata de serviços como os de contabilidade industrial. A boa notícia é que todo contador pode simplificar a rotina, garantir eficiência e ter uma contabilidade integrada ao cliente com o apoio da tecnologia.

Com a Conta Azul Mais você gerencia a carteira de clientes de uma forma automática. Isso significa: nada de digitação, conferência ou erros devido às falhas manuais. As principais vantagens da plataforma são:

  • Folha de pagamento, independente do regime de tributação ou segmento do cliente;
  • Acessar o balancete, emitir o Livro Razão e a DRE em tempo real e com poucos cliques
  • Geração de DAS individual ou em lote;
  • Envio de honorários e guias para o financeiro do cliente;
  • Importação e exportação dos dados contábeis e fiscais.

Com a Conta Azul Mais, o contador aumenta a capacidade do escritório de atender mais clientes, sem perder a qualidade. E as vantagens não param por aí!

Ao se tornar um parceiro da Conta Azul, você ganha benefícios exclusivos como treinamentos especiais para guiar a transformação digital do seu negócio.

Faça como mais de 1.000 escritórios em todo o país: clique para conhecer a Conta Azul Mais e acelerar a sua jornada de sucesso na contabilidade!

Leia mais

Leia também