Fusão de empresas: tudo o que você precisa saber

Fusão de empresas: tudo o que você precisa saber

O setor de negócios está sempre — e inevitavelmente — evoluindo, afinal, são inúmeras as variações no que diz respeito às necessidades dos consumidores, sem contar que a economia pode ser inconstante e as estratégias corporativas da concorrência podem levar a transformações no modo como sua empresa opera no mercado. E é nesse cenário que, com a ideia de conquistar vantagem competitiva no mercado, muitas empresas passam por sérias modificações, uma delas sendo a fusão corporativa. Mas você sabe exatamente no que consiste esse processo e quando é conveniente fazê-lo?

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Afinal, qual é a definição de uma fusão?

A fusão de empresas é um instrumento jurídico utilizado quando duas ou mais entidades são combinadas, gerando, assim, uma nova organização. O que acontece frequentemente nas fusões é que as gestões das empresas fundidas passam a trabalhar juntas, dividindo cargos na administração até que as operações sejam, de fato, reunidas em um só formato hierárquico. Esse processo normalmente se dá porque os gestores e sócios dos negócios envolvidos pensam ser um bom investimento, contando que terão retorno positivo sobre as operações feitas sob a nova pessoa jurídica surgida a partir da fusão.

 

Quando esse processo é vantajoso?

Existem vários motivos que podem levar à fusão de empresas. Às vezes a transformação ocorre porque as organizações ambicionam diversificação nos negócios, reduzindo os riscos de mercado por meio da tomada de decisões mais certeiras de investimento. Outro aspecto importante reside na possibilidade de melhorar o acesso a financiamentos. Assim, se uma empresa tem passado apuros em relação a suas finanças, mas tem uma ótima infraestrutura ou conta com ótimos colaboradores, pode ser interessante unir as forças com outra que tem capital para investir.

Fusões podem dar às empresas a oportunidade de crescimento no mercado, oferecendo acesso a melhores cadeias de produção, fornecedores diferenciados ou à eliminação de um nível de seus custos, por exemplo. Com essa estratégia, pode ocorrer a concentração vertical ou horizontal das operações, trazendo enorme vantagem de mercado e a oportunidade de distribuir os produtos no mercado a um custo inferior. Além disso, muitas fusões permitem que as empresas que se unem praticamente eliminem a concorrência, ganhando uma maior fatia do mercado.

Quais providências devem ser tomadas?

Um detalhe que é preciso ter sempre em mente é que a estabilização do processo de fusão pode demorar um pouco mais do que se pensa a princípio. Afinal, quem antes pensava em si como concorrente, com práticas bem diferentes em sua cultura corporativa, passará a jogar no mesmo time da competição. Nessa fase, vale a pena contar com intermediadores experientes para ajustar a cultura da nova pessoa jurídica e adequar as equipes, ainda que alguns funcionários tenham que partir.

Se a fusão tiver sido a melhor opção para evitar uma eventual crise ou para potencializar as operações de ambos os grupos, agora reunidos, será essencial que sejam realizados os corretos cálculos tributários, a fim de saber o novo enquadramento tributário da empresa — se por acaso se enquadra no Simples ou no Lucro Presumido, por exemplo — e se há compensações fiscais a fazer. Nessa etapa, é mais que indicado procurar um contador de confiança para que os gestores possam usar as informações por ele reunidas e analisadas na tomada de decisão sobre os custos do processo. Além disso, o profissional de contabilidade também pode auxiliar na estruturação do novo contrato societário da empresa recém-formada.

Depois de avaliar criteriosamente os pormenores de se fazer uma fusão com algum concorrente ou parceiro de mercado, comente aqui e nos conte se ainda ficou alguma dúvida sobre esse procedimento! O que mais você gostaria de saber a respeito do assunto? Comente e divida suas impressões e seus questionamentos conosco!

Como abrir uma empresa? Passo a passo para tirar as ideias do papel  Preparamos um guia para descomplicar o processo de abertura do seu negócio Baixar o guia agora 

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?