Em busca da receita para o sucesso

letuca.jpg

“Eu estava sentado na mesa da cozinha, quando olhei para frente e vi minha mãe assando biscoitos no forninho, fazendo uma receita italiana da família. Aí a ficha caiu.” É assim que Leonardo Thiago Müller descreve o momento em que resolveu abrir sua empresa, a Letuca Biscoitos Funcionais, de Blumenau (SC).

Aos 17 anos, Leonardo resolveu empreender. Na época, trabalhava na empresa do seu pai, no setor de construção civil, mas não estava satisfeito com os rumos da sua vida. Já com o desejo de ter seu próprio negócio, o empresário viu na receita de sua mãe o caminho que deveria seguir. Sem muito dinheiro e ainda menor de idade, Leonardo precisou batalhar muito para alcançar seu objetivo:

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

“Começamos do zero, tínhamos um pacote de trigo, uma colher de pau e uma bacia. Vendíamos o biscoito de manhã, com o dinheiro comprávamos o trigo à tarde e fazíamos o biscoito à noite”. Com o apoio da esposa Samanta Müller e de sua mãe Carmem Müller, o empresário conta que o crescimento veio por estarem focados em um objetivo: “Nós superamos as dificuldades porque sabíamos aonde queríamos chegar. Não teve obstáculo que nos fizesse desanimar”.

Determinação e foco

Nove anos e 15 variedades de biscoitos depois, a empresa de Leonardo não parou de crescer. A Letuca comercializa biscoitos doces e salgados, distribuídos em cinco linhas: Fibratto (integrais), Low carb (baixo carboidrato) e sem açúcar, Low carb suavemente salgado, integral doce e tradicionais. Comodismo não entra no dicionário do empresário: “Para este ano, temos a ousada meta de fechar com 50% de crescimento no faturamento”, revela. A empresa está preparando a mudança da fábrica para uma nova sede, maior e mais moderna. Além disso, estão sendo feitos investimentos na área da comunicação, como a reformulação da marca, implantação de um novo site e planejamento da presença nas redes sociais. “Quando você tem foco no resultado, você não desanima”, revela.

Conhecimento para crescer

A dificuldade financeira foi o maior obstáculo no início e, para contribuir com o cenário negativo, Leonardo também não tinha conhecimento de gestão de empresas. Por isso, para quem quer começar seu próprio negócio, ou para àqueles que estão com dificuldades de gestão, Leonardo indica adquirir conhecimento como o caminho mais seguro. “No começo, é normal termos dúvida sobre que tipo de negócio abrir, se vamos ter capital suficiente ou não, se o local é adequado... Por isso, antes de iniciar qualquer negócio, o ideal é estudar e pesquisar bastante”, orienta. O empresário também indica como fonte de conhecimento o Sebrae e sites com conteúdo especializados em empreendedorismo, como o blog da ContaAzul.

 

Além disso, Leonardo vê a tecnologia como uma grande aliada na gestão de uma empresa. Com o crescimento da Letuca, ele encontrou no sistema ContaAzul uma solução à rotina corrida de empreendedor: “Por ser web eu posso acessar de casa, do trabalho ou de um cliente; onde eu estiver com o laptop. Isso facilitou muito e beneficiou até minha família, pois não preciso ir no sábado na empresa para poder acessar alguma coisa. Obtenho rapidamente a informação que preciso e passo mais tempo com minha família”, exemplifica.

E você, já pensou em empreender? Inspire-se na história do Leonardo e coloque seus projetos em prática! Tem alguma dúvida? Fique à vontade para deixar o seu comentário. Conheça todos os segmentos de empresas que o ContaAzul ajuda!

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?