Como liderar na crise e engajar pessoas nos momentos mais difíceis

Descubra como liderar na crise de coronavírus e como engajar pessoas para reduzir os impactos no seu negócio.

Como liderar na crise?

Em um cenário em que empresas já sentem o impacto da pandemia de coronavírus, o papel do líder é essencial para conduzir a equipe e reduzir os impactos no negócio.

Para isso, é necessário engajar pessoas, entender a importância de uma comunicação transparente com os colaboradores e desenvolver a empatia.

Mas como fazer isso em meio a tantas incertezas? 

Quais são os principais erros que você deve evitar nesse contexto?

Confira as estratégias de como liderar na crise, engajar pessoas e fazer com que seu negócio prospere mesmo nos momentos mais difíceis.

New call-to-action

Importância do líder na crise

Em cenários de crise, a atuação eficaz do líder é fundamental para engajar colaboradores e minimizar riscos para o negócio.

É o que acontece atualmente, com a crise global do novo coronavírus, que tem um impacto significativo sobre a economia e as empresas.

"Nada testa um líder como uma crise", afirma Gene Klann no livro Crisis Leadership (Center for Creative Leadership, 2003).

De acordo com o autor, o caráter mais profundo do líder é revelado durante eventos traumáticos.

"Uma crise pode expor rapidamente os pontos fortes e fracos ocultos de um líder", pontua Klann.

Com a pandemia, quem ocupa o cargo de liderança precisa se adaptar ao cenário. São vários os desafios de ordem econômica e social.

Por um lado, estão as dificuldades financeiras: com as medidas de precaução contra o contágio da Covid-19, o comércio fechado e a necessidade de isolamento social, as empresas veem suas vendas e faturamento caírem.

Por outro, estão os desafios em gerenciar os recursos humanos da empresa.

Como lidar com a ansiedade dos profissionais e garantir o bem-estar? Como manter os níveis de produtividade entre colaboradores que têm possibilidade de fazer home office? Como pagar salários?

Essas são algumas barreiras que o líder deve enfrentar nesse momento  — e em qualquer outra crise.

Por isso, ele deve ter um papel ativo em criar soluções, tranquilizar a equipe e conduzir a empresa em meio a uma crise que impacta a economia.

5 dicas para liderar na crise

A importância do líder é clara em momentos de crise. Mas como liderar com eficiência?

Nos itens a seguir, descubra cinco estratégias essenciais nessa hora.

1. Abra o jogo 

Com os problemas financeiros ocasionados pela crise, é essencial que o líder saiba dialogar com a equipe de forma clara e honesta. Mesmo que seja para falar sobre problemas.

Em um artigo para a Harvard Business Review,  os líderes Atta Tarki , Paul Levy e Jeff Weiss lembram que todos sabem a respeito da pandemia global e têm conhecimento sobre os impactos na economia devido às mudanças no comportamento do consumidor.

Os funcionários estão atentos ao fato de que diversos setores estão desacelerando em um cenário de incerteza. Então, não dá para ignorar a comunicação interna.

"Em vez de forçar seus funcionários a adivinhar o que pode estar reservado para eles, seja totalmente claro sobre a saúde financeira da sua empresa e sobre os objetivos que serão priorizados", alertam os autores.

2. Proteja os colaboradores 

Ao liderar na crise, é importante proteger os colaboradores e não pensar só nos números.

Claro, nem sempre as demissões são evitáveis, porque, com a redução do faturamento, pequenas empresas encontram dificuldades em quitar as folhas de pagamento e sobreviver às turbulências. (Aliás, criamos um guia sobre o crédito emergencial para as empresas e outro sobre a gestão do caixa no cenário atual. Já deu uma olhada?)

Mas é importante pensar que todos os colaboradores têm famílias, dificuldades, obrigações financeiras e angústias nesse momento incerto. 

Então, como líder, é essencial levar esses múltiplos fatores em consideração ao gerir as equipes e a empresa.

3. Dê o exemplo

Responsabilidade e consciência são palavras-chave durante uma crise.

Se esses elementos não fizerem parte da postura da sua postura como líder, não espere que eles sejam colocados em prática pelos colaboradores.

4. Tenha empatia 

Mesmo à distância, com o trabalho na modalidade home office, o líder precisa ser empático com seus colaboradores.

"A liderança eficaz da crise se resume a responder às necessidades, emoções e comportamentos humanos causados ​​pela crise", reforça Gene Klann em seu livro.

Segundo o autor, uma crise afeta as atitudes, produtividade, capacidade de foco, níveis estresse e relacionamentos entre as pessoas. 

Então, elas estão mais aptas a seguir um líder que seja tranquilizador e que atenda às suas necessidades primárias.

E você pode ser empático com medidas simples. Por exemplo:

  • Demonstrar preocupação com os colaboradores
  • Fazer calls com a equipe mesmo à distância
  • Pedir feedback
  • Auxiliar colaboradores com dificuldades no trabalho remoto
  • Flexibilizar a rotina de trabalho.

5. Lidere com otimismo 

Por mais grave que seja a crise, é preciso liderar com otimismo.

Um líder é aquele que não se desespera, busca tornar a crise em uma oportunidade e exerce inteligência emocional para pensar com clareza.

O momento requer criar soluções e não ficar sem reação em meio às dificuldades.

New call-to-action

Como NÃO liderar na crise

Agora que você sabe como liderar na crise, é preciso ficar atento a três erros que prejudicam a relação com os colaboradores. Confira:

Não ser transparente na comunicação

Não desenvolver uma comunicação transparente é colocar a imagem e reputação da empresa em risco.

"Uma comunicação honesta significa estar vulnerável o suficiente para dizer que você pode não ter as respostas corretas no momento, em vez de fingir que está tudo planejado", recomenda o coach executivo Nihar Chhaya em artigo para a revista Forbes.

Ignorar a crise


Outro erro consiste em ignorar a realidade e fingir que não existe uma crise.

Na prática, isso significa que você deve estar pronto para abraçar mudanças, suspender métodos antigos e ser flexível com a equipe.

Não criar um planejamento


Durante a crise, o líder não deve se esquecer do planejamento.

Criar um plano de ação com medidas emergenciais e de longo prazo, tanto em termos financeiros quanto em recursos humanos, é essencial para sobreviver à crise.

Depois de elaborar o planejamento, definir objetivos e estratégias, não deixe de comunicá-lo à equipe.

Com essas dicas em mente, você já pode otimizar as suas formas de liderar na crise para minimizar os impactos negativos dela.

Gostou das dicas deste guia? Comente abaixo como você pretende superar esse cenário a partir da liderança.

New call-to-action

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>