5 erros críticos de um empreendedor iniciante

5 erros críticos de um empreendedor iniciante

Os desafios para manter uma empresa em pleno desenvolvimento são incontáveis, desde sazonalidades do mercado às políticas tributárias, o empreendedor está vulnerável a uma série de condições que podem reduzir ganhos ou emperrar o crescimento. Mas, entre todas as possibilidades que inviabilizam negócios, a mais crítica é quando o próprio gestor dificulta o desenvolvimento da empreitada.

Para não errar, é importante manter informado sobre todas as possibilidades e buscar consultorias que auxiliem no desenvolvimento e na gestão da empresa. Além disso, traçamos cinco pontos estratégicos que facilmente levam a erros se não forem cuidados. Mas com atenção é possível escapar das falhas e garantir melhores resultados para a sua empresa! Confira

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

1. Não demore para lançar um produto ou serviço

Esta dica é para os empreendedores que estão começando uma nova startup. Uma dupla, ou equipe de co-fundadores, pode levar meses para desenvolver um produto ou serviço, mesmo que a ideia já esteja validada. Muitas vezes, com a preocupação de lançar um produto ou serviço completamente lapidado.

Essa demora no lançamento pode custar caro para a startup, pois o mercado pode mudar incrivelmente rápido. Uma ideia sensacional há 6 meses atrás pode não ter o mesmo impacto caso seu lançamento seja demorado. A solução? Não se preocupe em desenvolver features extras antes mesmo de lançar, foque no core business e solte um MVP o mais rápido possível.

Com os primeiros usuários aparecerão os primeiros erros/bugs e sugestões de funcionalidades, permitindo desenvolver de acordo com as necessidades dos usuários/clientes. Com o MVP será possível perceber também se sua ideia é brilhante ou não, permitindo que mude o foco da startup antes mesmo de lançá-la.

2. Ser desorganizado com as finanças

A gestão financeira tem que ser uma prioridade. A começar pela burocracia, que engloba as verbas necessárias para abrir o negócio e arcar com taxas e tributos, é fundamental buscar orientação. Não entender as finanças é um erro grave que compromete a visualização dos rendimentos e gastos.

O contador é um dos profissionais que mais pode auxiliar nesse passo e, ainda, orientar sobre as melhores opções de enquadramento da empresa para que se obtenha menor custo tributário. Indispensável para o desenvolvimento empresarial, ele deve oferecer um serviço pautado pela gestão contábil da empresa para agregar muito mais do que apenas o registro dos dados legais. É importante considerar esses detalhes ao buscar o escritório contábil que vai ajudar a controlar as finanças.

3. Não dar a devida atenção ao capital inicial e fluxo de caixa

A compreensão do capital inicial e fluxo de caixa da empresa é muito importante. Estude os valores considerando sempre as perspectivas de retorno do investimento. Isso é muito valioso, sobretudo, para quem busca parceiros ou investidores. Não observar as quantias para esses dois pontos é um descuido que certamente não atrairá alguém disposto a investir no seu negócio, já que você não sabe controlá-lo.

Para quem quer captar investimentos, a busca por grupos com experiência em impulsionar startups é uma ótima opção para chegar às pessoas certas. Já quem depende de apoio dos bancos, a dica é sempre avaliar as melhores opções de crédito, buscando instituições bancárias que ofereçam as menores taxas.

4. Falta de foco

Para desenvolver negócios, é preciso trilhar o caminho do sucesso. Esse caminho, muitas vezes, pode ser sintetizado em metas. Afinal, não há como se favorecer das oportunidades sem saber aonde se quer chegar. Além de estabelecer prazos para alcançar metas, que devem ser claras e específicas, é importante definir também valores para alcançar o objetivo traçado. Custo e prazo vão dar a dimensão das dificuldades e dos passos para atingir a meta.

5. Estagnação

Mesmo quando objetivos são alcançados, o empreendedor deve fugir do comodismo. Não almejar crescer significa perder para a concorrência que está se aprimorando. Investir em novos produtos, aprimorar processos, atualizar serviços, acompanhar tendências e traçar planos maiores são objetivos obrigatórios na rotina de qualquer empresa.

As novas metas devem ser pautadas pelo planejamento para assim dinamizar o crescimento da empresa e evitar a estagnação das equipes e do sucesso do negócios. Mantenha uma gestão do negócio que, frequentemente, avalie oportunidades de melhorias, seja oferecendo maior qualidade ou alcançando mais clientes. A gestão deve se estender também às equipes, objetivando manter a motivação para o alcance de resultados.

Como abrir uma empresa? Passo a passo para tirar as ideias do papel  Preparamos um guia para descomplicar o processo de abertura do seu negócio Baixar o guia agora

Trabalhe para ter um nome no mercado e mostrar para que sua marca está aí. Querer empreender exige vontade, mas principalmente conhecimento.

 

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?