Venda a prazo: vale mesmo a pena ou melhor evitar?

Sobre o que estamos falando?

  • A venda a prazo é uma das formas de pagamento  preferidas pelos consumidores;

  • Vale a pena disponibilizar o parcelamento desde que seja planejado e pautado em práticas eficientes;

  • A Conta Azul Pro é um ERP online com várias facilidades para quem deseja vender a prazo. Conheça e faça um teste grátis agora!  

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

A venda a prazo é das formas de pagamento mais queridas pelos consumidores. Por outro lado, alguns empreendedores têm suas ressalvas em relação a esse tipo de venda.

O receio de não receber os valores parcelados, prejuízos vindos com as taxas das maquininhas ou a dificuldade em encontrar uma ferramenta eficiente para automatizar o processo são alguns delas.

Mas a boa notícia é que sim, é possível vender a prazo mantendo a organização financeira. Como? Continue lendo este conteúdo, principalmente se o seu negócio se encaixa no grupo dos “com um pé atrás” em relação à venda a prazo.

Falaremos também sobre como manter o controle financeiro, fugir de prejuízos e até mesmo como oferecer parcelamento sem precisar de maquininha de cartão de crédito. 

Boa leitura! 

Confira os tópicos:



Vendas a prazo

Venda a prazo: vale a pena ou não?

A resposta para essa pergunta é um sonoro sim. Afinal, a venda a prazo oferece muitas vantagens tanto para o negócio quanto para o consumidor. 

Um dos grandes benefícios e a atração de novos clientes. Isso acontece por que grande parte dos consumidores gostam de utilizar o cartão de crédito ao realizar compras. Isso porque possibilidade de parcelaraumenta o poder de consumo deles.

Para você ter uma ideia, uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) realizada em parceria com o portal Meu Bolso Feliz, apontou que 79% dos consumidores brasileiros parcelam suas compras. 

Outra vantagem da venda a prazo é a fidelização de clientes. Isso porque, enquanto estiverem pagando as parcelas, de certa forma, mantêm um laço que os aproxima do negócio. Assim, fica mais fácil oferecer ofertas personalizadas ou implantar estratégias para vendas recorrentes.

Nova call to action

Com os clientes fidelizados, o resultado é a recorrência, aumento nas vendas e, consequentemente, da lucratividade. O que também acaba gerando mais competitividade para a marca no mercado. 

Apesar das vantagens, é necessária uma dose de cautela. Na falta de uma boa gestão financeira, o empreendedor pode facilmente perder o controle  do fluxo de caixa

Como os recebimentos são parcelados, é preciso cuidar para que as contas não ultrapassem o total dos valores a receber de um determinado mês. Continue a leitura para entender mais sobre isso.

Como vender a prazo com segurança

Muito da insegurança de empresas e empreendedores em relação à venda a prazo vem da possibilidade de inadimplência no pagamento. E não é sem motivos. De acordo com um estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) publicado na Agência Brasil, o percentual de famílias endividadas no Brasil chegou a 72,9% em 2021.

No entanto, algumas medidas práticas podem reduzir consideravelmente as chances do negócio ter esse tipo de prejuízo. Uma delas é firmar contrato com provedoras de cartão de crédito ou links de pagamento, que repassam os valores parcelados de maneira antecipada. Sendo assim, o empreendedor fica protegido e a responsabilidade de cobrar pela inadimplência fica com a empresa do cartão de crédito.

Outra prática importante antes de vender a prazo é implantar os 5Cs do crédito. Essa estratégia reforça a segurança nesse tipo de venda. 

Os 5Cs são:

  • Capacidade -  investigar se o consumidor tem a capacidade de arcar com os seus compromissos em relação às prestações da compra. Uma boa maneira de conseguir essa informação é realizar uma consulta no site do Serasa Experian. Dessa forma, é possível descobrir se o nome do cliente está limpo ou sujo no mercado;

  • Colateral - verificar se existem garantias que pode ser dadas em caso de inadimplência, como fiador ou seguro garantia;

  • Caráter - pesquisa minuciosa sobre o histórico de pagamento do cliente em compras anteriores com a empresa;

  • Condições - descobrir o contexto econômico do cliente. Um bom indicativo é a renda pessoal ou familiar;

  • Capital - diz respeito à rentabilidade e o endividamento da empresa, aspectos fundamentais de serem analisados na hora de oferecer o parcelamento. 

É necessário também elaborar um plano de ação para o caso de inadimplência. Dessa forma, a empresa não fica sem saber o que fazer quando as parcelas começam a atrasar ou não são pagas. Para montar esse planejamento, é preciso avaliar os seguintes pontos:

  • Quando notificar a falta de pagamento ao cliente?

  • A notificação será feita por telefone, e-mail ou correio?

  • Haverá margem para negociação?

  • Quanto tempo será dado para a quitação?

Seguindo as dicas dadas, a venda a prazo será mais segura e sem grandes dores de cabeça. Além das ações de segurança, é importante também saber, na prática, como oferecer o parcelamento. A seguir, damos sugestões valiosas.

4 dicas importantes para quem vende a prazo

Vender a prazo é uma processo que exige planejamento - deu para perceber isso com as explicações dos tópicos anteriores. Como todo processo de venda, existem técnicas que potencializam os resultados. Vejamos algumas delas.

1. Tenha um financeiro controlado e organizado

O controle financeiro organizado é a receita para resultados positivos, como ter um fluxo de caixa saudável, acesso aos dados do negócio para prever os lucros em curto, médio e longo prazo e planejar investimentos. Desse modo, a empresa se mantém estável economicamente e pode oferecer outras formas de pagamento, como a venda parcelada.

Podemos apontar ainda outro grande benefício do controle e organização financeira, que é possibilidade de criar um fundo de reserva e ter capital de giro. Ambas estratégias ajudam o negócio a não depender demais de vendas à vista. Além disso, é importante reforçar a segurança do caixa diante de inadimplências. 

2. Defina como será o formato de parcelamento

A segunda dica envolve a definição do padrão de parcelamento que será adotado pelo negócio. Será oferecido o pagamento em duas, três ou doze parcelas? Como será a incidência de juros: em todas as prestações ou a partir da terceira, por exemplo? Haverá vantagens (como descontos) em vendas realizadas com um determinado cartão de crédito?

É claro que para implantar o formato ideal de parcelamento, é necessário planejamento. Além disso, é essencial conhecer o perfil dos clientes e as necessidades do negócio. Dessa forma, o caixa da empresa não sairá prejudicado. Ao mesmo tempo, os consumidores ficarão satisfeitos com as alternativas disponíveis de pagamento.

3. Aposte em link de pagamento

A tecnologia voltada para o comércio eletrônico possibilita que as empresas utilizaem o link de pagamento. Essa forma de efetuar a compra facilita a vida do cliente e do negócio, uma vez que, basta gerar e enviar o link por meio de mensagem, aplicativo de chat, e-mail ou rede social.

Logo, o consumidor realiza o pagamento de forma segura, simples e prática. Ao disponibilizar essa modalidade, o negócio atinge um público lucrativo: os que compram pela internet. Segundo dados de um levantamento elaborado pela NielsenIQ, apresentados em um artigo da CNN Brasil, 91% dos brasileiros devem realizar compras online em 2022 - e a tendência é que esse percentual cresça nos próximos anos.

A Conta Azul oferece para os seus clientes o Receba Fácil Cartão de Crédito (via Link). Com essa facilidade, você pode gerar links de pagamento para parcelamento das vendas em até 12 vezes. Gostou? Clique aqui e saiba mais! 

4. Tenha um cadastro de clientes atualizado 

À medida em que o negócio se relaciona com os clientes, é necessária a criação de um cadastro com o histórico de compra e outras informações relevantes. Toda vez que o consumidor realiza alguma ação com a empresa (contato, compra, utilização de cupons etc.), o cadastro deve ser atualizado.

Fazendo assim, o negócio consegue acompanhar o comportamento de consumo dos clientes e se adaptar. Também é possível oferecer ofertas personalizadas, descontos, enviar promoções e recomendações de produtos. Essas práticas melhoram a experiência e reforça o relacionamento com os clientes.

Outro ponto importante é que, caso seja necessário iniciar um processo de cobrança, com os dados atualizados, gerenciar a inandimplência é muito simples. Afinal, você terá como encontrar o cliente mais fácil. 

Vendas a prazo

Faça suas vendas a prazo sem precisar de maquininha com o Receba Fácil!

Não dá para negar que, embora sejam recursos interessantes para um negócio, as maquininhas de cartão têm taxas mais altas. Isso sem contar com o fato de que o cliente precisa estar presente para realizar o pagamento quando o dono do negócio ainda não tem um ecommerce.

Com Receba Fácil da Conta Azul, essas necessidades são eliminadas e as vendas a prazo ficam mais descomplicadas, sem custos tão altos!

Essa ferramenta está disponível apenas para clientes da Conta Azul e permite que os empreendedores tenham controle sobre os recebimentos. Na prática, o Receba Fácil garante a agilidade e segurança dos pagamentos e pode ser integrada ao seu financeiro. 

O Receba Fácil está disponível em 3 modalides:

  • Cartão de crédito - sem a necessidade de maquininha ou site. A empresa pode oferecer o pagamento no cartão via link, a possibilidade de parcelar em até 12 vezes e recebe tudo de  forma antecipada, com as melhores taxas do mercado;

  • Pix cobrança - na venda por Pix, a empresa define a data de vencimento, multas por atraso e até descontos. Tudo de forma organizada, para que o empreendedor não se perca no extrato bancário;

  • Boleto - emissão de boletos e cobrança recorrente, com pagamento de uma pequena taxa somente após a compensação. Com isso, o negócio pode automatizar o envio de cobranças, o que ajuda a reduzir inadimplência. 

Nova call to action

Essas e outras possibilidades estão incluídas no Conta Azul Pro, ERP online completo e simples de usar. Por meio dele, o negócio obtém uma ferramenta de gestão simples de usar, com funcionalidades para uma gestão financeira eficiente, que permite um monitoramento completo de todas as movimentações.

Além disso,com o App Conta Azul de Bolso, é possível acompanhar as vendas, o estoque e o fluxo de caixa em tempo real e pelo celular. Você também pode gerar propostas personalizadas e enviá-las aos seus clientes.

Percebeu como é fácil gerenciar a venda a prazo? Então, descubra como monitorar as vendas com apenas alguns cliques. Aproveite e faça um teste grátis do Conta Azul Pro!

Leia mais

Faça agora a gestão financeira do seu negócio em um único lugar