Encontre sua vantagem competitiva para ganhar espaço no mercado

Ter uma vantagem competitiva significa se posicionar no mercado com um diferencial sobre a concorrência. Aprenda como definir a sua.

A vantagem competitiva é o diferencial de uma empresa.

Mesmo negócios de pequeno porte precisam ter algo que os destaquem da concorrência. É o motivo pelo qual seu público o conhece e o valoriza.

Esse tipo de posicionamento no mercado é importante por uma série de razões - e vamos falar sobre todas elas ao longo deste conteúdo.

Quer ter um negócio competitivo e rentável? Comece pela leitura deste tópicos:

Acompanhe até o final e encontre a sua vantagem competitiva.

Controle o financeiro com um sistema integrado para sua empresa

O que é vantagem competitiva?

Vantagem competitiva é toda e qualquer ação que uma empresa faz que a diferencia positivamente da concorrência, chamando atenção do público e atribuindo maior valor à sua oferta.

Ou seja, é um ponto forte bem explorado por um negócio, que faz com que ele se destaque em determinado contexto ou nicho de mercado.

É sobre a escolha de um cliente indeciso por uma marca em detrimento de outra. 

A qualidade final do produto, o preço em conta, o atendimento diferenciado e a responsabilidade social são exemplos de vantagem competitiva.

Conceito de vantagem competitiva por Michael Porter

Diversos estudiosos se dedicaram ao conceito de vantagem competitiva, mas nenhum deles se aprofundou tanto quanto Michael Porter.

O autor ficou famoso por desenvolver as 5 Forças de Porter, que nada mais são do que fatores que podem impactar na competitividade de um negócio. 

São eles:

    • Competição entre concorrentes: é a força central e consiste na identificação de uma disputa de rivalidade entre duas empresas
    • Negociação dos clientes: é a competência de entender as dores do consumidor e buscar soluções para elas
    • Parcerias com fornecedores: é a capacidade de firmar acordos vantajosos com os seus principais fornecedores
    • Entrada de novos concorrentes: é a ameaça frequente de empresas novatas no mesmo segmento de mercado do seu negócio
    • Substituição de produtos: é a entrada de novas soluções no mercado, que ameaçam deixar as suas para trás.

São cinco cenários que merecem a atenção de qualquer negócio.

Afinal, podem tanto representar uma vantagem competitiva para a sua empresa quanto um risco a ela.

Assim, Porter define que o posicionamento estratégico é fundamental para lidar com a concorrência.

Nesse sentido, o autor sugere três caminhos possíveis:

  • Busca pela variedade: entregar um produto ou serviço, de fato, inovador, que possua diferenciais em relação à concorrência
  • Foco na necessidade: atender às dores de um público mais segmentado, entregando soluções personalizadas ao invés de focar na abrangência
  • Atenção ao acesso: dedicar forças somente aos clientes que podem acessar o produto.

Por que investir em competitividade

Ao entender o que é vantagem competitiva, você já deve ter percebido a importância dessa estratégia para negócios de todos portes.

Caso tenha ficado alguma dúvida, vamos listar agora quatro ótimas razões para você investir em competitividade.

1. Para conquistar mais clientes

Seja qual for o seu diferencial, ele tem potencial para atrair clientes.

Se for o preço, desde que tenha sido bem calculado, você chama a atenção por oferecer economia.

Se for a qualidade da sua solução, novas vendas e contratos surgem junto a consumidores exigentes.

Se for um posicionamento social, muitos que concordam com ele vão querer se aproximar da sua marca.

2. Para a fidelização de clientes

Se você oferece algo que realmente o diferencia da concorrência, porque o cliente iria recorrer a ela?

É por isso que uma boa vantagem competitiva ajuda nos índices de retenção e fidelização de clientes.

3. Para maior lucratividade

Se há mais clientes fiéis e aumento nas vendas, uma consequência esperada aponta para o maior lucro no negócio.

É claro que isso depende de fatores como margem de lucro e ticket médio.

Porém, todo negócio lucrativo começa por uma boa base de clientes - e isso você conquista ao se diferenciar.

4. Para ter reconhecimento e prestígio

Se destacar no mercado, mesmo em um nicho bem específico, gera reconhecimento e prestígio - e não apenas por parte dos clientes, como também a partir da concorrência.

Os rivais começam a olhar para a sua empresa com outra visão, dando valor às estratégias implementadas e, em alguns casos, se inspirando em iniciativas.

Em outras palavras, você se posiciona como autoridade, o que é um passo firme rumo à liderança de mercado.

Exemplos de vantagem competitiva

Vantagem competitiva não é conversa só de grande empresa, como já adiantamos.

No entanto, nada impede que você se inspire em cases de sucesso envolvendo companhias de maior porte.

Vamos destacar dois deles para você.

Avon e a representatividade

Os clientes, cada vez mais, procuram identificação.

Qualidade e preço acessível diversas marcas oferecem, sobretudo, em um mercado onde existem cada vez mais ofertas.

Então, é preciso ir além.

O consumidor moderno quer ser representado pelas marcas.

Ele deseja ver posicionamentos que combinem com os seus, modelos que possuam características semelhantes às suas e produtos que atendam às suas dores.

Nesse sentido, a Avon foi muito feliz na sua recente campanha que preza pela diversidade. 

Ainda que não seja a primeira marca a investir em cosméticos para a pele negra, por exemplo, ela conseguiu fazer isso de uma forma muito natural e massificada.

O resultado? A iniciativa é um sucesso de vendas, pois um público que sempre se percebeu à margem das iniciativas publicitárias agora se sente representado.

Nubank e a inovação

Esse é um case que mostra que, para inovar, não é preciso fazer grandes transformações.

Às vezes, basta apenas conduzir pequenas mudanças, prestando atenção nas necessidades de seu público.

E foi justamente isso que a Nubank fez. 

Aproveitando algumas insatisfações dos clientes de bancos tradicionais, a fintech brasileira atacou essas dores e passou a oferecer os mesmos serviços, mas de forma diferente.

Isenção das principais taxas, burocracia próxima do zero em ambiente totalmente digital e intuitivo foram algumas das medidas adotadas.

O sucesso foi tamanho que a empresa serviu de inspiração para uma série de outras iniciativas digitais parecidas. 

Como gerar vantagem sobre os concorrentes

Até aqui, vimos como o conceito de vantagem competitiva é importante para os negócios, exemplos e ideias para se inspirar.

Mas como aplicar na própria empresa?

Comece com este passo a passo:

1. Fique de olho na concorrência

Para se destacar no mercado, é preciso primeiro saber o que os outros estão fazendo

Por isso, tudo começa com uma boa análise da concorrência.

Avalie os pontos fracos e fortes seus e dos principais rivais.

Veja o que pode ser feito de diferente para ter um diferencial e atrair mais clientes.

Um bom ponto de partida é utilizar a Análise SWOT.

2. Corte custos operacionais e de produção

Sua empresa precisa ser mais eficiente.

E, para isso, não há caminho que não contemple o corte de custos.

Especialmente se você quer ter no preço um diferencial, precisa reduzir despesas diversas.

Mesmo que sua vantagem competitiva seja outra, a economia será importante para concretizar o projeto.

3. Invista na segmentação

É claro que fica mais difícil sair em vantagem quando se divide espaço com marcas já consolidadas no mercado.

Como alternativa, pequenos negócios podem investir na segmentação do seu público, indo ao encontro de uma audiência mais qualificada.

Que tal  focar em entregar soluções personalizadas de qualidade, no prazo certo e por um preço acessível à realidade dos seus clientes?

Conheça bem aquele que compra de você.

Comece lendo nosso conteúdo sobre como definir a persona do seu negócio.

4. Identifique os recursos

Resumidamente, uma empresa tem quatro tipos de recursos:

  • Físicos: produtos e equipamentos
  • Humanos: habilidades e conhecimentos
  • Organizacionais: cultura e equipe.

A partir do momento que você consegue enxergar esses recursos de maneira mais ampla, é possível encontrar lacunas e oportunidades de melhoria.

Será que não está nelas a sua vantagem competitiva?

5. Esteja aberto às mudanças

O mercado é muito dinâmico e você deve ficar aberto às mudanças que estão por vir. 

É bacana ter convicções, missão, valores e visão bem definidos, mas eles não podem ser escritos em pedra.

A sua vantagem competitiva pode estar, justamente, na revisão de conceitos antes tidos como intocáveis pela sua empresa.

Lembre que muitas marcas se diferenciam pelo posicionamento social.

6. Busque a representatividade

O case de sucesso da Avon não é uma obra do acaso. 

As pessoas estão em busca, cada vez mais, de marcas que entreguem mais do que produtos e serviços de qualidade.

Elas querem se sentir representadas. 

7. Em resumo, invista em relacionamento

Talvez a palavra-chave que resuma como conquistar a vantagem competitiva seja: personalização.

O cliente que se sentir especial

Ele deseja um atendimento diferenciado, que vá à fundo nas necessidades e não seja uma avalanche de ofertas que sequer precisa.

Então, foque na experiência do consumidor. 

Leve em conta o seu histórico, construa uma boa estratégia de pós-venda e invista no marketing de relacionamento.

Vantagem competitiva: comece pela gestão

Antes de se posicionar no mercado, você precisa garantir que a empresa está funcionando como deveria.

Isso tem a ver com todas as suas áreas e tarefas - e com a integração entre elas.

É por isso que uma vantagem competitiva começa com uma boa gestão.

Nisso, o ERP da Conta Azul pode ajudar.

Experimente um verdadeiro painel de controle que integra recursos de diferentes áreas do seu negócio em um único sistema.

É a oportunidade ideal para você automatizar processos e focar atenções no que tem maior valor estratégico para o negócio.

E então, já sabe qual é a sua vantagem sobre a concorrência?

Deixe um comentário, dividindo com a gente o que pensa a respeito do tema.

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?