Tudo que você precisa saber sobre Coletor Nacional

Sobre o que estamos falando?

  • O Coletor Nacional é um sistema desenvolvido pela Receita Federal com o objetivo de agilizar o processo de abertura de um negócio. Inserir as informações da empresa nessa plataforma é obrigatório desde 2014;
  • Mais do que uma burocracia, o Coletor Nacional também oferece algumas facilidades aos empreendedores, como a obtenção do CNPJ de forma simplificada;
  • Além de registradas no Coletor Nacional, as empresas precisam cumprir outras obrigações para ficarem em dia com a Receita Federal. Conte com a Conta Azul Pro para monitorar todas elas e fazer a gestão completa do seu negócio!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Se você está iniciando no mundo do empreendedorismo, pode ser que já tenha ouvido falar sobre o Coletor Nacional. Como o próprio nome já diz, trata-se de um sistema para coleta de informações das empresas. “Mais uma burocracia para quem está abrindo um negócio?” A resposta é não!

O Coletor Nacional veio para facilitar a abertura das empresas, centralizando todas as informações importantes em um único lugar. Por meio dele, é possível solicitar o DBE — Documento Básico de Entrada, documento indispensável para a abertura de um negócio. 

Para ajudar você empreendedor a entender de uma vez por todas o que é o Coletor Nacional, montamos esse conteúdo com as principais dúvidas sobre o sistema e um passo a passo completo de como acessá-lo. 

Continue a leitura e confira tudo o que você precisa saber sobre esse sistema tão importante. 

Acompanhe os seguintes tópicos:

O Coletor Nacional é um sistema desenvolvido pela Receita Federal com o objetivo de agilizar o processo de abertura de um negócio. Inserir as informações da empresa nessa plataforma é obrigatório desde 2014;

Entenda porque o Coletor Nacional é importante 

O Coletor Nacional é uma plataforma desenvolvida pelo Governo Federal, que tem o objetivo de facilitar o envio de informações importantes sobre as empresas, como localização e quadro societário. Desde 2014, é obrigatório o uso desse sistema.

A inserção das informações da empresa no Coletor Nacional vem logo após a consulta prévia. Esse processo é onde o empreendedor verifica se pode ou não abrir a sua empresa no local escolhido e dentre outros aspectos.

Além disso, é através do Coletor Nacional que o empreendedor pode solicitar um documento crucial para a abertura da empresa, chamado DBE — Documento Básico de Entrada. Entenda mais no próximo tópico.

Empreendedorismo social com responsabilidade econômica: conheça esse case da Conta Azul! 

O que é DBE e para que serve? 

O Documento Básico de Entrada — DBE é um documento onde se formaliza a abertura de uma empresa. Por meio dele, antes de abrir o negócio, o empreendedor pode fazer a inscrição do CNPJ e alterar os dados, como mudança de endereço.

Já com a empresa aberta, o DBE facilita a contratação de profissionais e a terceirização de serviços. Além disso, este documento também é solicitado para declarar a nulidade ou dar baixa de um cadastro de CNPJ e para restabelecer a inscrição, ou seja, abrir novamente a empresa. 

Pensando em modernizar a sua empresa? Conheça a Conta Azul Pro e acelere esse processo! 

Como utilizar o Coletor Nacional

O primeiro passo para acessar o Coletor Nacional é ter uma conexão de internet. Às vezes, o sistema pode ficar fora do ar, devido à quantidade de acessos ou manutenções. 

Depois, basta acessar o site da Receita Federal e buscar por Coletor Nacional:

Lá, após selecionar a opção “Inscrever ou Atualizar CNPJ” você precisará fazer o cadastro no Portal Redesim e escolher o serviço que deseja realizar.

Você receberá uma numeração, chamada Chave de Acesso, para acompanhar o andamento da sua solicitação no sistema. 

App Conta Azul de Bolso: estoque e vendas na sua palma da mão! 

Você receberá uma numeração, chamada Chave de Acesso, para acompanhar o andamento da sua solicitação no sistema. 

As facilidades que a tecnologia oferece

Abrir uma empresa, encerrar um CNPJ, controlar o pagamento dos impostos: esses e outros processos já são bem mais simples hoje em dia, com o uso da tecnologia. 

Diferente do que muitos pensam, sair das anotações à mão, das planilhas em Excel para um sistema de gestão não é algo apenas para grandes empresas. Independente se você já está no mercado há muito tempo ou começou agora, a tecnologia pode (e deve) fazer parte da sua rotina. 

Sabe como? Através da Conta Azul Pro!

A Conta Azul Pro é uma plataforma de gestão completa, online e simples de usar. Ela permite que você, empreendedor:

  • Monitore as suas vendas e o seu estoque de onde estiver, com poucos cliques;

  • Economize tempo e elimine as tarefas manuais, como a digitação de documentos e notas fiscais;

  • Receba alertas das suas contas a pagar (como os impostos) e a receber, para não esquecer o pagamento ou de cobrar os seus clientes;

  • Dê adeus às dores de cabeça com conciliação das vendas e fiscal, pois tudo é feito de forma automática. Assim você não se perde mais tentando descobrir quem pagou o quê;

  • Emita suas notas fiscais sem complicação e envie todas elas ao contador automaticamente. Então, nada de malotes ou de papelada, tudo fica salvo no sistema;

  • Cadastre todas as informações dos seus clientes, desde os números de contato até as preferências. Criar promoções com esses dados em mãos fica muito mais fácil, concorda?

  • Gere relatórios sobre os principais processos da sua empresa a hora que precisar.

A Conta Azul Pro dispõe de 4 planos, para você poder escolher o que melhor se encaixa com a sua realidade.

Que tal modernizar a sua empresa com quem entende do assunto? Clique aqui para experimentar a Conta Azul Pro sem compromisso e sem pagar nada!

Leia mais

Faça agora a gestão financeira do seu negócio em um único lugar