Tipos de cobrança: 7 formas de cobrar dívidas e evitar inadimplências

Dentre os muitos desafios que as empresas têm para gerenciar no dia a dia, proteger-se de inadimplência é algo essencial. Mas é claro que é preciso saber lidar com cada situação, além de ter empatia e soluções para negociar com cada cliente. E é por isso que estar ciente de todos os tipos de cobrança possíveis é importante para elas.

Conforme a situação, a corporação pode recorrer a diferentes recursos. Ficar com um número muito alto de inadimplência pode comprometer a saúde financeira. Sem contar que às vezes a própria continuidade do negócio pode ser colocada em risco.

No entanto, ao mesmo tempo em que precisam se preocupar com a cobrança das dívidas e recebimentos, elas não podem perder tempo demasiado com essa tarefa.

Caso contrário, ainda que fundamental, essa atividade pode tirar seu foco das questões estratégicas. Por isso, outro ponto de atenção nesse assunto é que quanto mais as empresas conseguirem otimizar essa parte, melhor controle terão sobre todos os processos, assim como é importante manter um bom controle financeiro. Saiba mais!

Como otimizar as rotinas recorrentes do caixa de uma empresa

Encontre o tipo de cobrança certo para sua empresa

Para começar, é importante deixar claro que para cada empresa um modelo ou outro pode funcionar melhor. Às vezes, isso depende de fatores como o próprio tempo ou tamanho de equipes, mas vale lembrar que a praticidade e a eficiência são sempre pontos-chaves.

Veja a seguir um pouco sobre os vários tipos de cobrança que existem e como saber qual o mais adequado para sua empresa:

1. Ligação telefônica



Reter os clientes é importante, mas assegurar recebê-los é tanto quanto. 

A ligação telefônica ainda é um dos métodos mais tradicionais de cobrança. Ela oferece algumas vantagens, como a possibilidade de conversar diretamente com o comprador e até negociar melhores formas de resolver a inadimplência.

Contudo, em alguns casos o custo de trabalhar com esse sistema pode ser mais alto, além da dificuldade de localizar alguns clientes.

2. E-mail


O e-mail é prático, pessoal e muito útil para lembrar o seu público, porém nem sempre pode ter uma boa taxa de abertura. O risco de cair em spam ou ser ignorado é um grande impasse.

O ideal é que ele seja aliado de outros recursos para diminuir o risco de inadimplência. 

Enviar um e-mail ajuda o cliente a se programar.

3. Lembretes de cobrança


Os lembretes, que podem ser por SMS ou app, são ótimas formas de avisar sobre o vencimento de prazos de pagamento ou dívidas já existentes, que podem ser regularizadas.

Isso porque nem sempre a inadimplência acontece por má intenção. Às vezes, em meio a uma rotina agitada, o cliente pode apenas se esquecer, devido à quantidade de compromissos.

Por essa razão, os lembretes são, não só alguns dos tipos de cobrança, como também uma maneira de evitar a inadimplência. Pois, ao avisar antes, permite que o comprador não se esqueça dos prazos. Desse modo, age preventivamente.

4. Terceirização


Para otimizar tempo, muitas empresas optam pela terceirização da cobrança. Nesse caso, uma equipe externa se encarrega dos contatos.

Por um lado, pode desafogar as empresas, especialmente as maiores, que  lidam com volume mais alto de inadimplência. Porém, por outro, torna menos pessoal a abordagem, dificultando a personalização do atendimento.

5. Protesto cartorial


O protesto em cartório é uma instância a mais no processo de cobrança. Geralmente ocorre quando outros recursos já começaram a se esgotar.

Embora seja possível protestar os clientes, após o primeiro dia de atraso, o ideal é que a via do diálogo seja estabelecida antes. Normalmente, só se parte para o protesto após 15 a 30 dias ou quando não houver como conversar de outra maneira.

Depende da política de cada empresa decidir quanto a isso.

6.  Assessoria jurídica


A assessoria jurídica é utilizada geralmente quando não há retorno ou resolução do caso, nem mesmo apelando a outras instâncias.

Nesse caso, a situação é resolvida via advogados e os clientes podem ser intimados ou ter atitudes tomadas por decisão judicial.

7. Correspondência (Carta)

As correspondências, ou cartas, são tipos de cobrança muito conhecidos também. Elas podem ser enviadas diretamente para a residência do consumidor. Ou para o escritório, quando assim for o caso (ou quando o cliente é outra empresa).

É possível que elas tenham A.R. (aviso de recebimento), o que é uma garantia para o negócio. 

Receba dos seus clientes em dia  Facilite a cobrança com o Conta Azul Receba Fácil Boleto. Esqueça a burocracia  do banco e pague apenas por boleto compensado. Experimente grátis  Sem cartão e sem compromissos

Os benefícios de automatizar a cobrança 


Apesar de existir vários tipos de cobrança, automatizar traz benefícios. Veja ele quais são:

Maior controle


Automatizando, você garante que não se esqueça de nenhuma cobrança, valor ou data. Isso assegura maior controle sobre a gestão de seu negócio.

Com tarefas automatizadas, diminui-se também o índice de falhas ou possíveis enganos.

Otimização

Automatizar a cobrança permite redução de tempo e custo. Sua equipe não precisará se preocupar em lembrar e fazer tudo manualmente. Isso demandaria mais horas dela e até mais recursos.

Também não se torna mais preciso perder tempo com as remessas do banco, pois tudo é informatizado.

Recebimento descomplicado


Automatizar a cobrança é importante também para um recebimento organizado e descomplicado, o que ajuda a manter o fluxo de caixa em dia.

Emitir, editar ou ajustar boletos com facilidade por uma ferramenta permite corrigir valores e receber mais rápido sempre que necessário.

Conheça o Receba Fácil e desburocratize suas cobranças

Por fim, agora que você já sabe um pouco mais sobre os tipos de cobrança e os benefícios de automatizar, cabe ressaltar as vantagens do Receba Fácil, solução da Conta Azul para lidar com desafios assim.

A Receba Fácil é uma excelente opção para tornar mais simples e ágil a administração das cobranças de dívidas, contribuindo para maior equilíbrio nas empresas.

Com o Receba Fácil, os clientes da Conta Azul têm duas formas de pagamento disponíveis - excelentes tipos de cobrança - e sem burocracia:

  • Receba Fácil Boleto: ao utilizá-lo para emitir boletos registrados para seus clientes, você tem um controle maior dos seus recebimentos e pode acompanhar quem pagou qual boleto, enviar lembretes de cobrança aos clientes atrasados e só paga a taxa quando o boleto é compensado.

 

  • Receba Fácil Cartão via Link: é só gerar a venda, mandar o link de pagamento - via whatsapp, e-mail ou redes sociais - para o seu cliente e receber na sua conta, esse recebimento já vem conciliado com o seu financeiro. é um tipo de cobrança que permite a venda, mesmo sem maquininha ou boleto. Também é possível ativar lembretes de vencimento, o que facilita no controle para evitar inadimplências.

Ela elimina a burocracia dos bancos na abertura da carteira de boletos, agiliza essa etapa e possibilita pelo computador o controle de vencimentos, envios automáticos de lembretes e conciliação automática com o seu financeiro.

Conseguiu entender melhor os tipos de cobrança e como é possível simplificar esse processo em sua empresa? Que tal testar o sistema Conta Azul em seu negócio?

Você tem uma empresa?  Controle sua gestão em um único lugar: finanças, vendas, notas fiscais e muito  mais. Conheça a Conta Azul Pro. Experimente grátis  Não precisa de cartão, nem de cadastros complexos

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?