Gestão do Negócio

15 tendências de negócios que vão te inspirar a empreender

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 26/01/2024 | 14 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Para quem está querendo empreender, acompanhar as tendências de negócios pode ajudar a tirar ideias do papel;
  • Para isso, é importante estar de olho nas mudanças de mercado, comportamento do consumidor e novas necessidades;
  • Para ajudar na sua jornada de empreendedorismo, a Conta Azul possui uma plataforma 100% online para facilitar a gestão do seu negócio. Conheça!

Já está com as tendências de negócios no seu radar de empreendedor? Para ajudar você a tirar sua ideia de negócio do papel, construímos um conteúdo recheado de dicas.

Ao seguir a leitura, você vai saber quais são as principais tendências de negócios, por que investir nelas e como aproveitar boas oportunidades para empreender.

Se ter a sua própria empresa é um sonho, acompanhe o texto até o final para saber como fazer isso da melhor forma. Você verá:

Tenha uma boa leitura!

tendencias-de-negocios-para-2022-que-vao-te-inspirar-a-empreender

Quais são as tendências de negócios para o futuro?

Para entender sobre as tendências de negócios, é preciso também estar por dentro dos principais acontecimentos do mundo, entender como as pessoas se comportam e consomem e saber o que está acontecendo no mundo dos negócios.

Todo esse contexto está reunido no Guia de Tendências 2022-2023: Consumo e mercado no pós-pandemia, elaborado pelo Sebrae-PR, que você pode consultar para se aprofundar no assunto. A publicação também traz cinco macrotendências que influenciam o mercado nos próximos anos. São elas:

Novos posicionamentos

É preciso estar sempre revisando a forma como você se comunica com seus clientes e como pensa seus produtos.

Neste ponto, é importante pensar em temas como diversidade, inclusão, sustentabilidade, informações de qualidade e com embasamento científico, experiência do consumidor e relacionamento com os colaboradores.

Mundo digital

A tecnologia e a conectividade já se tornaram essenciais na vida das pessoas, e o mercado não pode ignorar essa realidade. Por isso, é importante não só saber o que está em alta agora, como ficar de olho no que está por vir, para surpreender os consumidores.

Experiências que unem o físico e o digital, conhecidas como “figital”, são um grande atrativo para o público. Já para as empresas, as tendências que se consolidam são o trabalho à distância e a automação dos negócios.

Os novos modelos de negócios

A tecnologia e a pandemia trouxeram novas possibilidades de negócios para quem quer empreender.

Entre elas, estão os serviços por assinatura, delivery de tudo, telesserviços (serviços oferecidos 100% online, como consultas médicas e terapia à distância), infoprodutos (como cursos online e e-books) e produtos ou serviços relacionados à saúde física e mental e à consciência ambiental.

Economia da sustentabilidade

Nos últimos anos, a preocupação com o futuro da humanidade e do planeta se espalhou para a população e virou uma prioridade de empresas e governos.

Por isso, é preciso estar de olho em temas como economia circular, energias renováveis e emergentes e redução da emissão de carbono.

Incluir para progredir

Focar em atender ao público de forma ampla e inclusiva é um dos movimentos que está fazendo diferença para os consumidores na hora de escolher com quais marcas se relacionar.

Nesse ponto, é importante considerar as particularidades e reconhecer as necessidades específicas de grupos sociais e raciais, de pessoas com deficiência, da terceira idade e de homens e mulheres.

mulher empreendedora com celular na mão

Tendências de negócios para investir

Estar de olho nas principais tendências de negócios é a chance de crescer e obter lucros altos, considerando os novos movimentos do mercado.

Para te ajudar nessa missão, criamos uma lista com 15 ideias para aproveitar as tendências de negócios. Confira!

1. Aplicativo de fitness e saúde

A crescente preocupação com a saúde e o bem-estar, que foi estimulada pela pandemia, impulsionou o mercado fitness nos últimos anos.

Essa tendência também se refletiu na busca por aplicativos de saúde e fitness, que oferecem às pessoas a possibilidade de monitorar suas atividades físicas e seu desempenho em exercícios como corridas, caminhadas, natação e pedaladas.

2. Negócios circulares

A economia circular é um novo conceito de negócio que propõe a reciclagem, eliminação de resíduos e redução do impacto humano no meio ambiente. As empresas que atuam nessa área têm tudo para crescer, muito em razão das tendências do consumo verde e desenvolvimento sustentável.

O reaproveitamento de materiais é um dos ramos desta área que deve ganhar destaque. Um bom exemplo é a startup reLóco, que conecta pessoas com materiais de construção sobrando (revestimentos não usados, torneiras, cerâmicas, etc.) a compradores em potencial, promovendo a circularidade na construção civil.

Outro case de sucesso é da Pentatonic, que produz móveis e utensílios com design inovador a partir de resíduos. Então, se você tiver uma boa ideia para usar resíduos e reciclar materiais, pode transformá-la em uma startup lucrativa.

3. Transportadora

O crescimento das vendas online nos últimos anos impulsionou também outro setor: o de logística. Inclusive, já existem plataformas dedicadas a conectar caminhoneiros autônomos, transportadoras e embarcadores, como a Cargo X.

A tendência é que o e-commerce continue avançando e as empresas logísticas aproveitem a onda de crescimento. Logo, é uma boa oportunidade para investir no ramo de transportadoras.

4. Produtora audiovisual

O mercado audiovisual vem ganhando força ano após ano, principalmente porque as mídias em vídeo são a principal forma utilizada para criadores de conteúdo, empresas e marcas se conectarem com o público.

Com o aumento da demanda por conteúdo audiovisual, uma produtora de vídeo pode ser um ótimo negócio para quem pretende trabalhar com serviços.

O ideal é ter algum conhecimento na área e um bom capital para começar a empreender, já que se trata de um ramo bastante técnico e que exige um considerável investimento inicial em equipamentos.

5. Delivery de comida

Mandar bem na cozinha é uma das suas qualidades mais fortes? Então, por que não investir no ramo culinário?

Muitas pessoas gostam de pedir comida por aplicativos e até pelo WhatsApp, principalmente quem trabalha em casa. Nesse sentido, o delivery de comida é um mercado promissor, no qual negócios da área podem contar com muitas facilidades e opções de aplicativos de entrega.

6. Negócios EAD

Se você é professor e dá aulas de reforço, ensina a tocar instrumentos ou entende como fazer artesanato, use o seu conhecimento como ideias de empresas para abrir. É possível lecionar de casa com pouco investimento, gravando os materiais até mesmo pelo celular.

Os alunos são atraídos pelos conteúdos e anúncios de professores nas mídias digitais, como o YouTube e o Instagram. Se informe melhor sobre os interesses do seu público e passe adiante tudo o que você sabe!

7. Mercado pet

Muito além dos pet shops, esse mercado traz inúmeras oportunidades para empreender, como lojas de acessórios para cães e gatos, clínicas veterinárias, serviços de pet sitter e dog walker e conteúdo para tutores.

Além disso, ainda existe um segmento pet de luxo que oferece serviços diferenciados, como spa, acupuntura, ioga e até buffets especializados em festas caninas.

8. E-commerce

Que tal aproveitar o sucesso do comércio eletrônico para tirar seu negócio do papel?

Com um pequeno estoque de produtos, você consegue abrir uma loja virtual em uma plataforma de vendas e atender aos pedidos dos seus clientes. Existe uma infinidade de opções que você pode disponibilizar: artigos para casa, semi jóias, roupas, calçados etc.

9. Dropshipping

Por falar nas diversas categorias de comércio online, o dropshipping estará entre as mais populares para quem vai empreender na internet. Nele, o empreendedor não precisa lidar com custos de produção, estoque e com grande parte da logística.

Dessa forma, empresário atua como um intermediário ou revendedor. Ou seja, ele cria um e-commerce, divulga os produtos e atrai os clientes. A cada venda, o fornecedor envia a mercadoria ao consumidor e cobra uma comissão de acordo com a demanda.

Graças a esse modelo de parceria descomplicado, sem estoque e com uma enorme variedade de produtos à disposição, o dropshipping deve se tornar ainda mais conhecido e crescer nos próximos anos.

10. Consultoria digital

Na medida que o mercado digital cresce, a demanda por serviços especializados na área também aumenta. As consultorias são ideais para os profissionais experientes em uma determinada área e que têm muito a ensinar.

Dentre as possibilidades estão coaching, mentorias e palestras em eventos corporativos. Existem também os consultores de produtos e serviços de empresas.

11. Blog

Ainda no universo do marketing, os blogs se tornaram indispensáveis para ter uma presença digital sólida. Isso porque, eles ajudam as empresas a se posicionarem nas buscas do Google e a serem encontradas por um número maior de clientes.

Ao mesmo tempo, as publicações ajudam a informar o público, a qualificar os usuários para compras futuras, a reforçar o valor da marca, sua confiança e posição de autoridade na área em que atua.

Sendo assim, vale ficar atento tanto à necessidade de criar um blog para o seu negócio e à possibilidade de prestar serviços no setor.

12. Marketing de afiliados

Já no marketing de afiliados, as vendas e a publicidade online se misturam em uma categoria própria de negócios. Nela, o empreendedor divulga os produtos de um terceiro em diferentes plataformas digitais. A cada venda no canal do afiliado, uma comissão é direcionada ao mesmo.

Além das mercadorias “tradicionais”, é muito comum que o marketing de afiliados seja direcionado a infoprodutos. Saiba mais sobre eles logo abaixo.

13. Infoprodutos

Como o nome indica, infoprodutos são produtos digitais. Eles vão desde e-books, infográficos e podcasts, até softwares, webinars, templates, áreas de membros e muitos outros formatos.

Inclusive, as tendências de conteúdo de blog, cursos online e até de aplicativos que citamos nesta lista se enquadram na categoria de infoprodutos. Sua grande vantagem é a capacidade ilimitada de vendas e a eliminação de complicações logísticas, já que a “entrega” ocorre diretamente na internet.

Além disso, o potencial de lucros é excelente. Afinal, os investimentos para criá-los tendem a ser baixos e o valor gerado ao cliente pode ser altíssimo (seja para quem deseja se informar, tirar dúvidas, consumir conteúdo exclusivo, agregar facilidades com ferramentas digitais, etc.).

14. Cosméticos

Cuidado pessoal é uma das características dos brasileiros, e quem afirma isso não somos nós! De acordo com dados da Forbes, o Brasil é o quarto maior mercado do mundo quando o assunto é beleza e bem-estar.

Isso faz desse setor uma aposta interessante, seja para uma loja online ou física, que pode vender cremes, maquiagens, perfumes, sabonetes, esmaltes etc. Fique de olho nas tendências do ramo e ofereça produtos diferenciados da concorrência!

15. Eletrônicos e acessórios

Outra opção dentre as ideias de empresas para abrir nos próximos anos pode ser um comércio de produtos eletrônicos e acessórios para computadores e notebooks.

Com a popularização do trabalho remoto, as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet. Isso faz com que elas busquem por smartphones, tablets, mouses, suportes para celular, notebooks e artigos relacionados à informática com alta qualidade para um melhor desempenho no seu dia a dia.

Aproveite que o home office veio para ficar e venda produtos que otimizem o esforço dos seus futuros clientes.

delivery de comida é uma das tendências de negócios

Do que você precisa para ter um negócio

Gostando das dicas que compartilhamos até aqui? Nós temos ainda mais informações valiosas para você.

Preparamos um checklist que traz tudo o que você precisa para aproveitar as tendências e ter seu negócio.

Acompanhe a lista:

Tudo anotado? É só escolher a sua ideia de negócio e começar!

Como a Conta Azul pode ajudar seu negócio a decolar

Conhecendo as tendências de negócios, fica mais fácil seguir com seu plano de empreender. Para ajudar você nessa jornada, a Conta Azul possui um sistema de gestão completo e 100% online voltado especialmente para pequenos negócios.

Em uma única plataforma, você consegue acompanhar todos os processos mais importantes para a empresa.

Estamos falando de atualizar o seu fluxo de caixa, gerenciar contas a pagar e a receber, emitir nota fiscal, cadastrar clientes e vendas, controlar o estoque, gerar relatórios gerenciais e muito mais, além de estar sempre integrado com seu contador.

Com um ERP online como esse, você tem uma visão mais ampla da empresa e, de quebra, muito mais chances de ser bem-sucedido no seu projeto empreendedor.

Para completar, você tem a tecnologia ao seu lado, otimizando a rotina no dia a dia para se dedicar ao negócio. Não é mais preciso se desgastar com tarefas manuais e você ganha tempo para focar nas estratégias de crescimento.

Então não perca tempo: comece agora mesmo o seu período de testes grátis na Conta Azul e aproveite as melhores oportunidades para se destacar no mercado.

Leia mais:

Leia também