Saldo negativo? 4 dicas para tirar a sua empresa do vermelho

Sobre o que estamos falando?

  • O saldo negativo é um sinal de que tem mais dinheiro saindo da conta da empresa do que entrando;

  • Mas com 4 ações básicas e fáceis de aplicar, um gestor pode tirar o negócio do vermelho;

  • Com ajuda da tecnologia, é possível fazer um controle financeiro eficiente: conheça a Conta Azul Pro, ERP online completo e fácil de usar! 

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

 

O sonho de todo empreendedor é que a empresa cresça e aumente os seus lucros. No entanto, alguns negócios podem sofrer com saldo negativo nas contas. Um dos motivos é a falta de conhecimento em gestão financeira. 

O que é algo absolutamente normal no empreendedorismo, já que muitos donos de negócio são focados na sua área de atuação e estão sempre em busca de entregar os melhores produtos e serviços. Acontece que o controle das finanças merece uma atenção especial, pois evita que a empresa fique no vermelho.

Se você está passando por essa situação, saiba que não existe gestor que não enfrente obstáculos. É por isso que preparamos 5 dicas práticas para quem quer dar a volta por cima e alcançar novas vitórias.

Com nossas dicas, esperamos que você volte a lucrar logo! Boa leitura!

Saldo negativo

Como sair do saldo negativo: 5 passos para controlar as contas da empresa

O saldo negativo é um alerta vermelho para tomar alguma atitude na sua empresa, mas sempre há uma forma de reverter esse desafio. Abaixo, você confere 5 possíveis:

Aprenda a elaborar o modelo de planejamento anual para sua empresa. 

1. Reveja os processos de controle financeiro

Comece pelo básico: o fluxo de caixa é a principal ferramenta de gestão financeira para uma empresa. É acompanhando esse movimento de entradas e saídas do caixa que você saberá o quanto realmente tem de dinheiro. 

Para isso, todas as receitas e despesas, por menores que sejam, devem ser registradas diariamente. Veja aqui como fazer o controle do fluxo de caixa da sua empresa passo a passo.

Outros pontos importantes para revisar são:

  • Renegociação de dívidas, para tentar uma extensão de prazo ou diminuição de valor;
  • Processos de cobrança, para garantir que você receberá em dia dos clientes.

2. Ajuste a precificação dos produtos ou serviços

É muito mais fácil alcançar uma boa margem de lucro se o empreendedor conseguir formar corretamente o preço de venda do produto ou serviço que comercializa. Aqui é onde muitas empresas acabam deslizando, e isso tem consequências diretas no saldo bancário.

Se o cálculo da produção estiver errado, o gestor terá uma visão distorcida da margem de lucro. Muitas vezes, ele acredita que tem 100% de lucratividade, mas na verdade, essa não é a proporção. O alerta vermelho nas contas é literalmente o indicativo de que os valores estão sendo estimados de forma equivocada.

Normalmente, isso ocorre porque o empreendedor não leva em consideração os custos totais, focando apenas no quanto gasta com matéria-prima. O ideal, na verdade, é incluir no cálculo todos os gastos para manter o negócio funcionando, como pagamento de aluguel, salário, contas de água, luz e etc. 

Para fazer uma boa precificação, é necessário saber os custos fixos e variáveis, bem como acessar os dados de venda do negócio. Buscar o suporte de um bom contador também é essencial para definir os preços corretamente.

3. Analise a lucratividade do negócio

A lucratividade diz respeito, como o próprio nome já diz, à capacidade que um negócio tem de gerar lucros. Esse conceito está relacionado com a margem de lucro líquida, ou seja, o valor que sobra após o pagamento das contas.

Porém, muitas vezes, uma empresa pode ter um alto volume de vendas e não ser lucrativa. Isso ocorre quando os custos de produção e/ou execução dos serviços também são bastante elevados e os preços não estão definidos de forma assertiva, como falamos anteriormente. 

No início, o gestor até tem a impressão de que está tendo lucro. No entanto, com o passar do tempo, as contas começam a ficar negativas e a preocupação aparece.  

Nossa sugestão é que você estude todos os setores da sua empresa, a fim de identificar o que, de fato, está atrapalhando os lucros. No próximo tópico, abordaremos melhor sobre o levantamento de gastos.

Você sabe a diferença entre lucratividade e rentabilidade? Descubra qual é e aprenda a analisar. 

4. Faça um levantamento dos gastos

Controlar as finanças garantindo saldo positivo exige uma revisão constante dos custos de operação da empresa. A partir dessas análises, você deve cortar os gastos excessivos. Mas isso deve ser feito de forma inteligente.

Nada de partir para demissões, que significarão dificuldades na operação e altos custos com os acertos trabalhistas. Também não vá cortar o cafezinho e deixar sua equipe insatisfeita. Faça uma lista de suas compras, avalie cada item e veja o que pode ser economizado sem prejudicar o andamento do negócio.

Você pode começar fazendo o básico: cotações. Isso mesmo! Não se prenda aos mesmos fornecedores, consulte o mercado, faça orçamentos, negocie os preços. Sem dúvida, conseguirá economizar.

Pequenas ações também podem gerar bons resultados. Faça uma campanha com os funcionários para combater o desperdício de água e energia elétrica. Incentive a reutilização do papel impresso no escritório. Somando todas as iniciativas, não tenha dúvida de que o resultado será expressivo.

5. Elabore um planejamento financeiro

Parte do trabalho para tirar uma empresa do vermelho envolve a revisão de processos financeiros, como dissemos anteriormente. Porém, tão importante quanto isso, é fazer um bom planejamento das finanças.

Para organizar o crescimento do seu negócio, comece estabelecendo metas realistas e elabore um cronograma de ação. Feito isso, separe os responsáveis por cada tarefa e acompanhe os resultados, para ver se a execução está dando certo ou é preciso corrigir a rota. Veja aqui um material completo sobre como fazer seu planejamento financeiro.

Depois que você conseguir melhorar a situação, é importante seguir se organizando para que ela não se repita. Isso inclui fazer uma reserva de recursos e manter capital de giro suficiente para enfrentar com certa tranquilidade momentos em que os gastos são maiores do que os ganhos.

Além disso, é fundamental sempre buscar novos aprendizados sobre gestão financeira e se atualizar constantemente sobre as inovações do mercado. 

Saldo negativo

A tecnologia é a melhor aliada para monitorar as movimentações financeiras e controlar as contas da empresa

Sem conhecimento sobre a realidade do seu negócio, você age com base apenas em suposições. Só que empresas não podem funcionar só com base nos achismos, principalmente quando se está buscando reverter um saldo negativo

As dicas que falamos neste conteúdo ajudam você a identificar os desafios financeiros. Porém, para fazer uma análise realista e completa das operações do seu negócio, é preciso recolher os dados da empresa, de todos os setores.

Só que ficar coletando todas as informações em uma planilha eletrônica do Excel ou no papel custará muito tempo, sem contar com o risco de erros. Portanto, o melhor caminho é apostar na tecnologia, com ajuda de um ERP online, como a Conta Azul Pro.

Essa plataforma de gestão completa, 100% online fácil de usar permite o monitoramento da empresa em tempo real. Assim, você terá controle total do seu financeiro para identificar rapidamente possíveis gargalos que podem estar levando ao saldo negativo. 

Confira o que a plataforma de gestão integrada Conta Azul Pro oferece:

  • Acompanhamento de lançamentos, pagamentos e recebimentos;

  • Emissão de diversos os tipos de relatórios (vendas, compras, produtividade do funcionário, vendas por produto/cliente/vendedor, DRE e mais);

  • Geração e envio de notas fiscais, boletos de cobrança, propostas de negócios, orçamentos e outros tipos de documentos;

  • Integração com seu contador, enviando em tempo real todos os dados que ele precisa para executar os serviços sem erro ou perda de documentos;

  • Integração com o App Conta Azul de Bolso, para as vendas, o estoque e o fluxo de caixa pelo celular; 

  • E muito mais!

O melhor é que você pode testar todos esses recursos sem gasto nenhum no teste grátis! Faça agora!

Leia mais

Faça agora a gestão financeira do seu negócio em um único lugar