Saiba tudo o que você precisa para abrir uma empresa online

Sobre o que estamos falando?

  • Abrir uma empresa online é uma forma de economizar tempo e dinheiro no início do negócio. Dispensando burocracias, papeladas e atrasos, como deslocamento, impressões e esperas em filas;
  • Com a aceleração digital todas as etapas para a abertura de empresas ficaram mais fáceis de serem realizadas de forma online, sem a necessidade de deslocamento até os órgãos competentes;
  • Usar a internet para facilitar os processos da sua empresa é sempre uma ótima ideia. Entre as melhores soluções para escapar da burocracia, existe a Conta Azul Pro, uma plataforma de gestão completa e integrada!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Muitas pessoas querem ter o próprio negócio, mas só de pensar em ir até à secretaria responsável em seu município, pegar filas e passar por burocracia, já começam a sentir dores de cabeça. Diante desse cenário, uma solução é abrir uma empresa online.

Claro, ao mesmo tempo que é mais fácil abrir sua empresa pela internet, o processo gera muito mais receios. Quando se passa por um órgão público, você ao menos sabe onde está e com quem fala.

A internet não tem rostos. E esse medo é completamente justificável, pois existem sim, golpes online que focam em novos empreendedores.

O nosso objetivo é esclarecer o processo e dar a você o caminho facilitado e seguro para a abertura do seu negócio.

Depois, é só abrir sua empresa online e escalar rumo ao sucesso. 🖥️

Muitas pessoas querem ter o próprio negócio, mas só de pensar em ir até à secretaria responsável em seu município, pegar filas e passar por burocracia, já começam a sentir dores de cabeça. Diante desse cenário, uma solução é abrir uma empresa online.

Como posso abrir minha empresa online?

Vamos esclarecer um ponto antes de começarmos. Esta matéria fala sobre abrir empresas através da internet. Não estamos falando, necessariamente, de abrir negócios digitais.

Agora, respondendo à pergunta: sim, você pode abrir seu negócio pela internet! Você, que deseja empreender, pode facilitar e agilizar muito o processo.

Essa prestação de serviço é feita por meio da plataforma online da Junta Comercial de cada estado. Com esse recurso, a abertura da empresa online ganha segurança jurídica. 

Tenha certeza de estar no site oficial do governo do seu estado, pois há sites alternativos que induzem a erro para pegar seus dados e aplicar golpes.

Quanto à modalidade específica de Microempreendedor Individual (MEI), abrir uma empresa online começa pelo acesso ao Portal do Empreendedor. Lá tem todas as informações necessárias para realizar o registro e criar o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica — CNPJ do negócio.

Antes de começar a empreender, faça um plano de negócios.

Como abrir minha empresa online?

A evolução digital do mercado permitiu que novos empreendedores começassem os seus negócios com menos burocracia. Economizando tempo e dinheiro para utilizar plataformas em vez dos métodos tradicionais de abertura de empresas. 

Porém, por se tratar de uma solução recente, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como funciona o processo. Abaixo, explicamos passo a passo como abrir uma empresa online.

Conte com um contador parceiro

É muito importante contar com a orientação de um contador que conheça bem as etapas, documentações e prazos do processo. Dessa forma, a abertura online da sua empresa é feita com mais agilidade e menos riscos de pendências. Com suporte, você fica tranquilo e pode focar nas estratégias para o crescimento do seu negócio.

Confira o localizador de contadores da Conta Azul e encontre um profissional qualificado perto de você!

Separe os documentos necessários

É necessário que você tenha uma atenção especial nessa fase de documentação, já que são vários os documentos a serem reunidos e anexados, e que podem variar conforme o seu estado. Em geral, a Junta Digital pede:

  • Cópia autenticada da identidade (RG) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do dono ou dos sócios da empresa;

  • Requerimento de Empresário Individual ou Contrato Social (três vias);

  • Ficha de Cadastro Nacional (FCN) modelo 1 e 2 (uma via);

  • Requerimento padrão: Capa da Junta Comercial (uma via);

  • Pagamento das taxas por meio do Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF).

Registre o negócio na Junta Comercial

O próximo passo é efetivar o registro na Junta Digital do estado em que a empresa está localizada. Assim, é gerado o Número de Identificação do Registro da Empresa (NIRE), que funciona como a certidão de nascimento do negócio.

Dê entrada no seu pedido de CNPJ

Agora é o momento de emitir o CNPJ da empresa. Para isso, acesse o portal da Receita Federal e siga estas etapas:

  • Realize o cadastro no sistema, informando os dados pessoais dos sócios ou do dono da empresa;

  • Salve seu cadastro por meio da função “Gravar para entrega à Receita Federal brasileira”;

  • Repasse os dados inseridos no cadastro para a Receita Federal, selecionando a seção “Documento” e a opção “Transmitir via internet”.

Determine o formato da empresa

Outra etapa importante é a definição do formato (categoria) do seu negócio. Essas são as opções por faturamento anual em reais:

Microempreendedor Individual (MEI) — até 81 mil

Empresa de Pequeno Porte (EPP) — entre 360 mil e 3,6 milhões

Empresário Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) — até 360 mil (se for microempresa) ou entre 360 mil e 3,6 milhões (se for empresa de pequeno porte)

Microempresa (ME) — entre 360 mil e 4,8 milhões

Empresa Individual — sem limite de faturamento (exceto no regime Simples Nacional, que tem o teto em 4,8 milhões)

Sociedade Limitada (LTDA) — assim como na EIRELI, o faturamento depende do porte da empresa

 

Defina o seu regime tributário

Chegou o momento de escolher o regime tributário da sua empresa. Conforme a legislação tributária brasileira, existem as seguintes opções:

  • Lucro Presumido: para empresas que faturam até 78 milhões de reais ao ano;

  • Lucro Real: para empresas que faturam até 78 milhões de reais ao ano;

  • Simples Nacional: para empresas que faturam até 4,8 milhões de reais ao ano.

Embora o faturamento do Lucro Presumido e Lucro Real sejam iguais, a maneira como os impostos são cobrados é diferente. Além disso, existem regras para que a empresa se encaixe nesses regimes.

Saiba como funciona o Simples Nacional, o Lucro Presumido e o Lucro Real, e entenda qual o melhor para você.

Escolha a sua atividade principal

Você deve identificar a atividade principal do seu negócio no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas. Quando estiver abrindo a sua empresa online, será pedido o seu número conforme a tabela desse CNAE. 

Aprenda a classificar a sua empresa de forma apropriada.

Emita o alvará de funcionamento

Mesmo que você abra sua empresa online, será necessário que você obtenha um alvará de funcionamento. Esse documento é emitido pela prefeitura da cidade em que o negócio vai se localizar. Os critérios para conseguir o alvará variam de acordo com a região. Sendo assim, é importante acessar o site da prefeitura e se informar.

Crie a sua inscrição estadual

A inscrição estadual é obrigatória para empresas que têm como atividade principal a produção de bens ou venda de mercadorias. O motivo é a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços — ICMS.

Para consegui-la, você precisa se registrar na Secretaria Estadual da Fazenda. Após isso, tem início o processo de solicitação e emissão da inscrição estadual.

Contrate um certificado digital

Ter um certificado digital é a garantia de que os dados compartilhados entre sua empresa e o Governo estarão seguros. Além disso, o negócio terá uma identidade com validade jurídica na internet, inviolável.

Todos os passos para obter a certificação digital estão no site do Governo Federal e ela é paga. Porém, com a Conta Azul Pro, você ganha 36% de desconto na contratação da sua!

3 benefícios de abrir meu CNPJ sem sair de casa

Graças à transformação digital, é possível abrir um negócio no conforto da sua casa. Mas quais são as principais vantagens de realizar esse procedimento online? Confira a seguir:

1. Agilidade no processo

O e-CNPJ (cadastro eletrônico) é obtido, em média, no prazo de 15 dias para os negócios que prestam serviços. Basta entrar no portal da Receita Federal e fazer todo o processo (incluindo a documentação) em etapas simples e rápidas.

2. Melhor custo-benefício

Quando o processo de abertura é feito presencialmente, você tem gastos com transporte, cópias de documentos, etc. Sem falar no tempo perdido com deslocamento até os órgãos públicos ou tentando se comunicar com os atendentes que podem não ser tão prestativos. Tudo isso é eliminado com o processo digital, resultando em um ótimo custo-benefício.

3. Menos papéis

Chega de preencher vários papéis e carregá-los para cartórios e órgãos públicos, além da frustração de perder documentos importantes. Abrir uma empresa online é dizer adeus a todas essas situações vindas da necessidade de lidar com papelada — tudo acontece 100% no ambiente digital!

Chega de preencher vários papéis e carregá-los para cartórios e órgãos públicos, além da frustração de perder documentos importantes. Abrir uma empresa online é dizer adeus a todas essas situações vindas da necessidade de lidar com papelada — tudo acontece 100% no ambiente digital!

Abriu uma empresa? A gestão dela também pode ser 100% digital

Cuidar de um negócio online exige tempo e paciência dos novos empreendedores. A maior parte das empresas fecham com até 2 anos de atuação e, dentro desse contexto, contar com ajuda tecnológica na gestão é o melhor que você pode fazer.

Hoje, uma das maiores aliadas do empreendedor é a Conta Azul Pro, uma plataforma de gestão completa e integrada que ajuda você com:

    • Emissão simplificada de mais de dez tipos de notas fiscais;

    • Gerenciamento de estoque, que envia notificações sempre que algum produto estiver em baixa;

    • Gestão de entrada e saída financeira;

    • Cadastro completo dos seus colaboradores, fornecedores, transportadoras, produtos e serviços;

    • Geração de relatórios para as diversas necessidades administrativas e financeiras;

    • Integração com as principais plataformas ligadas ao empreendedorismo, como MailChimp, Google Planilhas e NuvemShop;

    • E muito mais!

O melhor de tudo? Você pode fazer teste grátis da Conta Azul Pro e conferir na íntegra todos os recursos da plataforma!

Leia mais:

Faça agora a gestão financeira do seu negócio em um único lugar