Revenda de bijuterias: como montar um negócio

Revenda de bijuterias: como montar um negócio

A revenda de bijuterias é um modelo de negócio que costuma funcionar bem como porta de entrada no empreendedorismo, especialmente entre as mulheres. Mais do que uma alternativa de renda extra, pode ser a chance de ser ter a sua própria empresa.

Conecte-se a seus clientes  Ganhe produtividade em seu escritório com a integração contábil do ContaAzul  para Contadores Quero mais produtividade

O sucesso na revenda de bijuterias

As bijuterias são cópias mais modestas de joias, mas bastante populares, justamente por imitar o acessório mais nobre por preços bem inferiores. Apesar de fabricadas em materiais menos resistentes e sem o mesmo brilho natural das peças autênticas, representam mais de R$ 600 milhões por ano em vendas no mercado nacional ao lado das semijoias, acessórios mais belos e duráveis.

O ingresso na revenda de bijuterias costuma ter como motivação a necessidade de renda extra, assim como ocorre com outros produtos de venda porta a porta, como cosméticos e mais artigos do segmento de beleza, especialmente.

Mas para quem tem talento e gosta do que faz, não é difícil alcançar bons resultados de faturamento e sonhar alto. Pode estar nascendo aí uma nova ocupação principal e, quem sabe, a abertura de um negócio próprio no setor.

Como revender bijuterias

Antes do sonho, pés no chão. Vamos relacionar algumas etapas importantes para ter sucesso no caminho da revenda de bijuterias e semijoias. Confira as dicas e prepare sua estratégia. Com planejamento, aumentam as chances de se sair bem no desafio.

Entenda o negócio e se organize

Como estamos falando de revenda, você precisará adquirir algumas peças para depois negociá-las por um preço maior, obter lucro, reinvestir em novos adereços e seguir nessa estratégia para ver crescer seu faturamento e, por consequência, os seus ganhos.

É importante ter consciência dessa realidade para se organizar financeiramente. O início é um tanto difícil, tanto para ganhar dinheiro como para conquistar clientes. Haverá alguma necessidade de capital de giro, ou seja, terá que primeiro aplicar recursos no seu projeto, financiando a própria operação.

Há basicamente três opções para adquirir as peças:

  • Usar o próprio dinheiro: o ideal é se planejar e poupar previamente para construir uma reserva financeira.
  • Comprar a prazo: algumas lojas do ramo recebem pagamentos no cartão de crédito, o que pode proporcionar até 40 dias para quitar a fatura.
  • Comprar por consignação: há lojas que trabalham com essa modalidade. Não é preciso comprar as peças, mas só se recebe uma comissão pelas vendas e o que não é negociado pode ser devolvido.

Você poderia pensar em incluir aí uma quarta opção, que seria a contratação de um empréstimo bancário para iniciar seu negócio de revenda de bijuterias. A alternativa existe, é claro, mas está longe de ser recomendada por educadores financeiros, pois assim você já começaria endividado e pagando juros.

Onde comprar

Não é difícil encontrar produtos para revenda, especialmente na internet. Há lojas virtuais no país especializadas nesse tipo de adereço. É válido pesquisar e visitar os sites, conhecendo a origem dos produtos, a proposta da empresa e as condições para aquisição e pagamento.

Em algumas cidades, especialmente nos grandes centros, há possibilidade de encontrar lojas físicas que negociam bijuterias no atacado, ou seja, para posterior revenda no varejo.

Seja qual for o ambiente em que faça a busca, tenha especial cuidado com a qualidade do material. Ainda que estejamos falando de um produto popular e que seus clientes sejam sabedores da durabilidade inferior, as peças de procedência duvidosa podem ser quase descartáveis de tão frágeis.

Mas a ameaça mais grave é para a saúde, já que há acessórios com a presença de cádmio, um metal bastante tóxico que pode ser absorvido pela pele, que estará em contato com anéis, brincos, gargantilhas e pulseiras.

Como realizar as vendas

Se você venceu as etapas anteriores, já tem as bijuterias para vender. Agora, é hora de colocar o seu talento em prática. Como lembramos no início do artigo, o público feminino combina mais com seu perfil de cliente, mas não tenha preconceitos na hora de lucrar: muitos homens gostam de brincos e anéis, por exemplo.

Como em toda atividade de venda porta a porta, é preciso ter disposição para apresentar os produtos, demonstrar conhecimento sobre o que vende, carisma para conquistar a confiança do cliente e não ser inoportuno na abordagem, o que significa não insistir se não for uma boa hora.

Uma opção interessante para começar é reunir as amigas em um pequeno evento de confraternização. Pode ser um lanche ou chá da tarde. Ainda que não venda nesse dia tudo que gostaria, lembre-se que o contato com potenciais clientes é fundamental para fechar negócios futuros e também para gerar uma propaganda positiva sobre o seu trabalho e seus produtos.

Se for permitido, repita a estratégia em outros locais onde encontrará pessoas conhecidas, até para adquirir segurança na venda, como a faculdade e o ambiente de trabalho. Mas se certifique primeiro de que isso não irá causar mal-estar entre os colegas.

Outro campo a explorar são as redes sociais, em especial o Facebook e o Instagram. Em ambos, a melhor estratégia pode não ser tentar a venda pelo canal, mas publicar fotos das bijuterias e destacar os diferenciais de cada peça. Com criatividade, você gradativamente conquistará o público, que irá retribuir compartilhando, indicando e, claro, comprando suas peças.

Como aumentar ganhos

Assim que as vendas começarem a acontecer naturalmente e você se dedicar cada vez mais à revenda de bijuterias, poderá enriquecer a sua abordagem para aumentar os ganhos. Com pequenas ações, você conquista um aspecto mais profissional.

Estamos falando, por exemplo, da confecção de um cartão de visitas e da organização de uma agenda com dados e contatos daqueles que compram de você, o que é especialmente importante para começar a conhecer melhor cada um dos clientes. Ao entender o que eles querem, você pode planejar promoções, aproveitar datas comemorativas, oferecer descontos, talvez parcelamentos e até algum mimo, como um brinde.

Quer uma boa dica? Com o aplicativo de vendas da ContaAzul, você gerencia todo o processo na palma da mão, a partir do seu celular. Suas funções vão desde o cadastro de clientes até o lançamento de pedidos e a possibilidade de acompanhar a evolução de seus resultados através de um gráfico de desempenho.

Outra recomendação para lucrar mais é ter organização financeira na gestão de produtos online. Se os resultados do seu trabalho estão aparecendo e você sonha abrir uma empresa, é bom começar desde já a separar o dinheiro pessoal daquele proveniente das vendas. Esse é uma lição que, mais para a frente, poderá ser decisiva para o seu sucesso empreendedor.

Meu negócio cresceu, e agora?

Caso a sua estratégia seja bem-sucedida, chegará um momento em que o negócio exigirá dedicação exclusiva, não podendo mais conciliar com outra atividade profissional. Essa é uma excelente oportunidade para se formalizar como empresa.

Ao obter um CNPJ, você poderá emitir nota fiscal, ampliando o número de potenciais clientes, participar de licitações, comprar seus peças de outros fornecedores, acessar linhas de crédito específicas e ter direito a benefícios previdenciários.

Para o seu caso, tornar-se microempreendedor individual (MEI) pode ser a melhor escolha. Veja neste guia tudo o que precisa para dar esse passo. Com o tempo, você pode até contratar um funcionário e, se o negócio crescer muito, pode migrar para o formato de microempresa.

Considerações finais

Apresentamos neste artigo as principais etapas para você começar um negócio de revenda de bijuterias. Acreditamos que as dicas possam ser úteis para que encontre uma renda alternativa ou, quem sabe, uma nova profissão. Planeje a sua estratégia e dedique-se a ela. Esse é o caminho que o leva ao sucesso.

Como abrir uma empresa? Passo a passo para tirar as ideias do papel  Preparamos um guia para descomplicar o processo de abertura do seu negócio Baixar o guia agora

Este artigo sobre a revenda de bijuterias e semijoias foi útil para você? Comente!

Quer acesso a materiais gratuitos?

Junte-se a mais de 800 mil donos de negócio e receba gratuitamente novidades e dicas sobre financeiro, nota fiscal e gestão selecionadas pela ContaAzul.

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online   para você organizar sua empresa   <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>