Qual a diferença entre resultado financeiro e resultado econômico?

Diferença entre resultado financeiro e econômico

Quem não vive o mundo da administração de empresas de perto pode não saber, mas existe uma simples (e importante) diferença entre resultado financeiro e resultado econômico. Acredite, conhecer o significado exato desses termos não é capricho, e sim uma obrigação do bom empresário.

Controle o financeiro com um sistema integrado para sua empresa

Financeiro e econômico não são sinônimos?

Não, não são. Muita gente faz confusão e usa as duas palavras como se fossem a mesma coisa, mas elas têm significados diferentes em determinados contextos.

Qual a diferença entre os dois termos, então? Tanto “financeiro” quanto “econômico” são adjetivos – o primeiro relativo ao substantivo “finanças” e o segundo a “economia”. Então, para responder à pergunta, vamos tentar entender o significado desses substantivos. Se você abrir o dicionário Domingos Paschoal Cegalla, vai achar o seguinte:

Economia

  1. Ciência que trata dos fenômenos relativos à produção, distribuição, acumulação e consumo de bens materiais: O ministro da Fazenda é doutor em Economia. 2. Sistema que engloba o conjunto de fontes produtoras de riqueza: A economia nacional está se destacando no exterior. 3. Reserva de dinheiro; poupança: Reuni minhas economias e comprei meu primeiro carro. 4. Controle para evitar gastos excessivos; poupança: A dona de casa nos ensina a fazer economia.

Finanças

  1. Controle do dinheiro, economia, negócios. 2. Situação financeira: Ele não anda bem das finanças. 3. Dinheiro devido pelo governo; débito público; contas: O banco terá suas finanças saneadas e, depois, será vendido. 4. Reservas monetárias; tesouro: As finanças do Estado.

Notou que na primeira definição de finanças está a palavra economia? Pois é, em boa parte das vezes, em uma conversa informal, você pode usar qualquer um dos termos e a pessoa vai entender a mesma coisa. Por exemplo, se você diz que a sua situação financeira ou econômica econômica está ruim, o interlocutor vai pensar que você está precisando de dinheiro, seja qual for a palavra escolhida.

Isso não quer dizer que a diferença de significado entre as duas palavras é pouco relevante, mas que não é no dicionário que você vai aprender sobre a gestão de uma empresa. A contabilidade e a administração têm o seu jargão próprio, que você vai entender estudando e praticando, não analisando a semântica de cada palavra.

Diferença entre resultado financeiro e resultado econômico

Ao administrar as contas de uma empresa, você vai se deparar com termos como resultado financeiro, resultado econômico, ciclo financeiro e ciclo econômico. Como você já pôde perceber, nesses casos, a definição encontrada no dicionário vai ajudar pouco. Antes de esclarecer a que os termos se referem, vamos apresentar dois conceitos brevemente:

Regime de competência

Na gestão de uma empresa, os controles contábeis que utilizam o regime de competência são aqueles que registram as transações quando elas ocorreram. Se você comprou e recebeu uma mercadoria em janeiro, registrará a operação nesse mês.

Regime de caixa

No regime de caixa, por outro lado, as movimentações são lançadas no sistema apenas quando o dinheiro de fato é transferido. Ou seja, não leva em conta a posse do bem, mas sim o fluxo financeiro. No exemplo acima, se você combinou que faria o pagamento daquela mesma mercadoria em fevereiro, é nesse mês que a despesa será lançada no sistema.

E como isso ajuda a entender a diferença entre resultado financeiro e resultado econômico? O resultado econômico utiliza o regime de competência, ou seja, o fato é lançado em seu valor integral, mesmo que a compra ou venda seja parcelada. Ele considera o patrimônio líquido da empresa, e é apresentado no documento chamado Demonstração de Resultado de Exercício (DRE).

No resultado financeiro, por sua vez, é utilizado o regime de caixa, então as movimentações são registradas conforme o dinheiro entra e sai. Se você compra uma máquina em 12 parcelas, por exemplo, vai lançar os valores 12 vezes no sistema, sempre que fizer os pagamentos. O documento que apresenta o resultado financeiro é a Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC).

Para que serve cada um?

Você pode estar se perguntando por que há essas duas maneiras de medir os resultados. Saber fazer essa diferenciação é importante porque cada demonstrativo revela uma face diferente da saúde do seu empreendimento. É possível que financeiramente ele esteja muito bem, mas economicamente não – e vice-versa.

Ou seja, é diferente do exemplo da conversa informal no início do artigo. Situação financeira e situação econômica não são a mesma coisa no mundo dos negócios.

Você pode ter uma grande quantidade de produtos em estoque, por exemplo, mas pouca procura por eles. Nesse caso, terá um bom volume em ativos, o que engorda o resultado econômico, mas pouca entrada de dinheiro advinda de vendas, o que empobrece o resultado financeiro.

Por outro lado, você pode estar com um bom fluxo de dinheiro, pagando e recebendo todas as contas em dia, mas observando uma rápida depreciação dos seus ativos e percebendo uma situação insustentável a médio prazo. Usando o jargão que estamos aprendendo, uma situação financeira boa, mas econômica ruim.

A moral da história é que você, como empresário, precisa estar sempre preparado para essas complexidades. Desenvolva sua capacidade de negociação para ter um ciclo financeiro (tempo entre o pagamento aos fornecedores e o recebimento do dinheiro das vendas) curto e um bom capital circulante líquido, e siga acompanhando a evolução dos ativos da empresa.

Considerações finais

Se você prevê um momento de dificuldades, pense sempre em como equilibrar esses dois lados. Qualquer que seja a situação, planejamento e gestão qualificada são essenciais. Para manter as esferas financeira e econômica da empresa em bom estado, conte sempre com a ajuda de um contador competente.

Lembrando: resultado econômico é o lucro ou prejuízo em termos de ativos, e resultado financeiro é quanto à disponibilidade momentânea de dinheiro. Para não ter dúvidas, consulte um contador. Esse profissional ajuda muito ao lidar com temas fiscais e financeiros e é útil desde o início em qualquer empresa.

Além de recorrer a uma assessoria contábil, é interessante contar com um bom sistema de gestão, que facilita e agiliza esse controle. No ContaAzul, com poucos cliques você emite uma DRE ou DFC com precisão total, porque todos os registros estão integrados com vendas e entradas no estoque.

Experimente o ContaAzul  Cuide da gestão financeira da sua empresa com o ContaAzul Experimente grátis

Ainda tem dúvidas sobre a diferença entre resultado financeiro e resultado econômico? Comente.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>