Plataforma de marketplace: confira as principais opções e como a Conta Azul pode ajudar

Sobre o que estamos falando?

  • Entenda o que são os marketplaces e como eles funcionam. Aproveite para conhecer dados que justificam porque sua loja virtual deve estar presente em uma plataforma como essa;
  • Descubra alguns dos principais marketplaces da internet e quais são as suas principais características e curiosidades;
  • Conheça uma forma simples de integrar suas vendas online em marketplaces com a Conta Azul.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Para quem tem um negócio online, deseja aumentar as vendas e colocar mais pessoas em contato com seus produtos, nada melhor do que usar uma plataforma de marketplace para ampliar a visibilidade. Um marketplace é como um grande shopping digital, onde diversas empresas podem oferecer seus produtos em um só lugar, geralmente, que tem uma marca forte e atraente. 

Se você ainda não conhece como funciona uma plataforma de marketplace ou quais são as melhores para cadastrar seu negócio, chegou ao lugar certo. Neste artigo nós vamos apresentar alguns dos marketplaces mais famosos da internet e as razões para você fazer parte delas. 

Acompanhe a seguir:

  • Por que utilizar uma plataforma de marketplace para vender?
  • Principais plataformas de marketplace no Brasil
  • Qual é a melhor plataforma de marketplace para sua empresa? 
  • A Conta Azul facilita de ponta a ponta a gestão do seu negócio

plataforma-de-marketplace-confira-as-principais-opcoes-e-como-a-conta-azul-pode-ajudar

Por que utilizar uma plataforma de marketplace para vender? 

Nós não vamos te convencer de que estar em um marketplace é uma boa ideia, nós vamos te provar com base em estatísticas. Primeiro, vamos analisar o quanto eles representam no faturamento do setor de comércio eletrônico.

De acordo com uma reportagem da Folha de S.Paulo, os marketplaces representam 51% do faturamento das vendas online. Em 2019, esse número era bem menor, apenas 35%. Mais da metade do volume de compras feitas pelas pessoas via internet já sai desses grandes shoppings virtuais. 

Segundo o portal E-commerce Brasil, o volume de vendas dentro dessas plataformas subiu 52% de 2020 para 2021, movimentando mais 73 bilhões de reais. Em número de pedidos, os marketplaces fecharam 2020 atingindo a marca de 148 milhões de vendas, crescimento de 38% em relação a 2019.

A mesma pesquisa também revelou algo que é muito valioso para todo o comerciante que pensa em uma plataforma de marketplace: o ticket médio é bem convidativo, cerca de R$ 493. 

Precisamos falar mais alguma coisa? Contra dados não há argumentos, e todos os números indicam que apostar nas vendas via marketplace é um caminho lucrativo para quem vende online. Não se esqueça também que ao usar um deles, você carrega sua empresa para um site de grande visibilidade e abre um novo canal de venda!

Principais plataformas de marketplace no Brasil

Convencido que estar em um marketplace é fundamental para alavancar suas vendas e melhorar os resultados do seu negócio? Então, chegou a hora de falar um pouco sobre as principais plataformas. Acompanhe.

AliExpress

O AliExpress começou como um portal para compras vindas da China, mas mudou seu modelo de negócio e hoje opera como um marketplace para lojas brasileiras. Para encarar outros gigantes do setor, a empresa aposta em taxas de comissão mais baixas, além de sua grande popularidade. 

O site também permite que as lojas façam live commerce, que são transmissões ao vivo onde os lojistas podem demonstrar produtos e interagir com clientes, e oferece uma boa ferramenta para customizar a sua loja. 

Clique aqui e conheça mais.

Amazon

Há tempos a Amazon é uma gigante do comércio eletrônico nos EUA. Nos últimos anos, ela focou em expandir suas fronteiras e chegou de vez ao Brasil em 2019. A empresa tem sua loja própria, mas permite que outros negócios façam vendas utilizando sua plataforma. 

Conforme a revista Forbes, a Amazon é a quarta maior marca do mundo, sendo a número 1 no varejo eletrônico. 

Visite o marketplace clicando aqui.

Mercado Livre

O Mercado Livre é o mais antigo marketplace em operação no Brasil. Ele nasceu para a venda de produtos novos e usados, focando na troca entre usuários. Conforme a empresa foi crescendo, pequenos negócios e até marcas famosas começaram a vender direto pelo site. Em 2020, a empresa se tornou a segunda marca mais valiosa da América Latina

Outra informação interessante é sobre as entregas. A marca está apostando alto na logística, a fim de oferecer mais uma opção de frete para os lojistas. Se antes as vans amarelas de entrega eram só dos Correios, agora é bem comum se deparar com os carros do Mercado Livre pelas ruas das principais cidades do Brasil.

Além de tudo isso, o Mercado Livre está entre as principais integrações do ERP Conta Azul, facilitando a conciliação de vendas e geração de NFs, tudo de forma organizada em um único lugar.

Conheça o Mercado Livre.

Americanas

A Lojas Americanas é uma marca muito tradicional e conhecida no Brasil. Eles já operam no comércio físico e digital há muito tempo, porém, de uns anos para cá, a empresa transformou seu site em marketplace, permitindo o cadastro de outros vendedores, além da importação de produtos vindos da China. 

Vale destacar a experiência gigante da B2W, empresa dona da marca Americanas. Além do marketplace que acabamos de mencionar, a B2W é dona do Submarino e do Shoptime, outros dois grandes marketplaces brasileiros. 

Visite o site.

Dafiti

Para quem trabalha com moda e vestuário, conhecer a Dafiti é indispensável. O marketplace é especializado na venda de roupas, calçados e acessórios e recebe mais de 10 milhões de visitas todos os meses. 

Por se tratar de um nicho bem concorrido e com alta procura, vale muito a pena cadastrar sua loja virtual na Dafiti para aproveitar todo o potencial que a marca carrega.

Conheça o marketplace Dafiti. 

Elo7

Se a Dafiti é um canal indispensável para o setor de moda, o Elo7 é um excelente canal para os pequenos e médios negócios que focam em produtos criativos, customizados e na venda de artesanatos. Atualmente, a empresa é a principal marca latino americana que opera nesse segmento. São mais de 80 mil lojistas cadastrados!

O interessante do Elo7 é que ele permite não só a venda de produtos, mas também de trabalhos digitais (como ilustrações feitas por designers) e até aluguel de decoração para festas. 

Conheça melhor o marketplace.

Enjoei

O Enjoei é um marketplace que serve até para quem não tem loja virtual. Se você tem alguns itens parados aí na sua casa e deseja vendê-los, o site é o melhor lugar. O foco são produtos de segunda mão, os famosos usados. Qualquer pessoa pode montar a sua lojinha e começar a vender!

Descubra como funciona o Enjoei.

Magalu

O Magalu é um marketplace do Magazine Luiza, uma empresa de enorme tradição no comércio físico e digital. As operações na internet foram um pouco tímidas no começo, mas hoje já representam mais da metade da receita da empresa. 

Recentemente, a Magalu comprou outros dois marketplaces, a Netshoes e a Zattini, ambas focadas em moda e calçados, justamente uma área onde o Magalu não foca tanto. Para fechar, vale lembrar que a empresa conta até com um serviço próprio de frete, tudo para facilitar a vida dos vendedores e, claro, dos clientes.

Conheça mais sobre o Magalu. 

OLX

A OLX também começou como um marketplace para produtos usados, voltado para pessoas físicas que desejam vender suas coisas, mas o negócio ganhou muita visibilidade e hoje é possível comprar até carros e imóveis pela plataforma!

Conheça mais sobre o Marketplace da OLX.

Shopee

A Shopee também veio lá da Ásia, mas já ganhou o coração dos brasileiros. Assim como o AliExpress, a marca chegou apostando em baixíssimas taxas de comissão e muitos cupons de desconto e frete grátis. 

A vantagem para os lojistas é as taxas serem calculadas em cima do valor do produto e não inclui o frete, permitindo mais vantagem na margem de lucro.

Acesse o site e confira.

Qual é a melhor plataforma de marketplace para sua empresa? 

Não existe a melhor ou a pior opção para o seu negócio, existe aquela que se encaixará melhor na dinâmica ou objetivo da sua empresa. Na hora de encontrar a plataforma de marketplace ideal, o importante é entender qual delas é mais forte no seu segmento.

Se seu negócio atua no setor de moda e acessórios, portais de venda como Mercado Livre, Dafiti e Netshoes são excelentes. Para quem é focado no trabalho manual e artesanato, o Elo7 é uma opção e tanto. Esse é o tipo de lógica que você deve aplicar para escolher qual vai ser o seu caminho.

Mas, não se esqueça de detalhes técnicos como:

  • A taxa de comissão de vendas;
  • Presença de mensalidade para usar o site;
  • Custos de frete;
  • Taxa de acesso do portal.

Vale lembrar que a maioria dos marketplaces apresentados acima vende de tudo. Nada te impede de apostar nos canais mais segmentados e também nesses que focam em vendas gerais. 

Caso você ainda não tenha um contador, não se preocupe! Clique aqui e encontre um profissional parceiro da Conta Azul perto de você.

plataforma-de-marketplace-confira-as-principais-opcoes-e-como-a-conta-azul-pode-ajudar1

A Conta Azul facilita de ponta a ponta a gestão do seu negócio

Para aproveitar as vantagens e oportunidades de vender online, seja no seu site ou em um marketplace, é preciso caprichar no controle financeiro, organizar bem as vendas e ficar de olho nos pagamentos. 

Todas essas tarefas exigem sua atenção e tomam seu tempo, mas existe um jeito de deixar tudo mais simples com a Conta Azul!

A Conta Azul é o sistema de gestão completo para você, empreendedor! Assim que uma venda é feita, a baixa é dada de forma automática no estoque e no financeiro. Além disso, a informação também é atualizada na contabilidade. 

No dia a dia, com a Conta Azul, você:

  • Acompanha as suas vendas em tempo real;
  • Emite as suas notas fiscais sem complicação. O ERP Conta Azul é muito mais simples de usar do que as plataformas do Governo;
  • Monitora o estoque e pode ser alertado quando os itens atingirem as quantidades mínimas;
  • Gera relatórios sempre precisar;
  • Tem controle das entradas e saídas da empresa.

Fora isso, a Conta Azul também pode ser integrada com plataformas de marketplace, como Shopify e Nuvemshop. Com tudo em um só lugar, o seu financeiro fica muito mais organizado e você dá adeus aos problemas com a conciliação bancária e fiscal. 

Clique aqui para experimentar o  ERP Conta Azul sem pagar nada!

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?