[Planilha] Custo de funcionários para empresas

Se você tem dificuldade de calcular e organizar o custo de funcionários na sua empresa, temos uma boa notícia. Neste artigo, além de informações valiosas para a gestão desse processo, você vai poder baixar uma planilha que vai deixar a tarefa muito mais fácil. 

Se você tem dificuldade de calcular e organizar o custo de funcionários na sua empresa, temos uma boa notícia. Neste artigo, além de informações valiosas para a gestão desse processo, você vai poder baixar uma planilha que vai deixar a tarefa muito mais fácil. 

Com ela, sua empresa saberá exatamente quais impostos incidem na contratação de cada funcionário CLT, tanto no regime do Simples Nacional, quanto no Lucro Presumido e no Lucro Real.O fim do Emissor Gratuito é o começo do seu sucesso

Custo de funcionários: você conhece no seu negócio?

Salário, dissídio, INSS, FGTS, férias... São direitos e encargos garantidos pela CLT, o que representa um custo para a empresa. Há variações conforme o enquadramento dela e também devido a outras particularidades.

Esse é um ponto de atenção permanente para empreendedores, e que ganhou um componente a mais neste ano.

O regime de tributação pelo Simples Nacional sofreu algumas mudanças. Isso sem falar da Reforma Trabalhista, que passou a vigorar desde o ano passado.

Mas, afinal, quanto custa um funcionário?

Para exemplificar a melhor maneira de calcular o custo de um funcionário, vamos imaginar um empregado contratado com salário de R$ 1.000 (mil reais). Nos exemplos a seguir, vamos considerar dois tipos de negócio, com enquadramentos diferentes.

Preste atenção e faça as contas na sua empresa!

Empresa do Simples Nacional

Recentemente, com as mudanças no regime do Simples Nacional, as empresas em que a folha de pagamento ultrapassar 28% do faturamento, serão tributadas no Anexo III.

Assim, uma empresa do Simples Nacional (Anexo I, II e III) terá que pagar os seguintes impostos:

  • 8% de FGTS - R$ 80,00
  • Férias - R$ 1.000,00 (valor anual)
  • 1/3 sobre férias - R$ 333,33 (valor anual)
  • 13º salário - R$1. 000,00 (valor anual)
  • 8% de FGTS do valor anual - R$ 186,67
  • Provisão Mensal (Férias + 1/3 sobre férias + 13º + 8% de FGTS anual) /12 - R$ 210,00

Observação: a provisão mensal é um valor que você deve guardar mensalmente, afinal, quando precisar cumprir com essas obrigações, você já terá o dinheiro em caixa.

  • Vale-refeição - R$ 10,00 por dia = R$ 220,00 (mensal)
  • Vale-transporte - R$ 6 por dia = R$ 132,00 (mensal).

Total: R$ 1.642,00

Desse valor, devemos deduzir o quanto o funcionário deve contribuir.

  • 8% de INSS (R$ 80,00, que devem ser descontados na folha de pagamento) - R$ 80,00
  • 6% sobre o salário de vale-transporte (também deduzidos em folha de pagamento) - R$ 60,00.

Somado tudo isso, temos o valor total gasto por funcionário: R$ 1.502,00.

Então, além do salário, esse funcionário representa para a empresa um custo adicional de R$ 502,00 por mês.

Outras empresas do Simples Nacional

Para as empresas do Simples Nacional cuja folha de pagamento não ultrapassar 28% do faturamento, a tributação acontece com base no Anexo (IV). Vamos ver as diferenças?

  • INSS, de 8%, passa a ser de 20%
  • Incide o pagamento da Alíquota RAT, um valor recolhido de um 1% a 3%, dependendo do tipo da empresa, para que o INSS possa financiar indenizações por acidente de trabalho.

Neste caso, com a alíquota RAT de 2%, teremos o valor total de R$ 1.642,00.

Outros regimes tributários

Considerando empresas optantes pelo Lucro Presumido ou Lucro Real, o mecanismo é o mesmo do Simples Nacional Anexo (IV), com o acréscimo da alíquota de terceiros, que é usada para financiar serviços sociais, como SENAI, SESI e SESC.

Essa alíquota é recolhida junto com a Guia do INSS e pode variar de empresa para empresa. Clique aqui para conferir uma tabela de recolhimento com os percentuais específicos para cada situação.

Optando pela alíquota de terceiros de 5,8%, devemos acrescentar aos R$ 1.642,00 (valor pago por empresas do Simples Nacional - Anexo IV) o custo de R$ 58,00.

Ou seja, um funcionário contratado por R$ 1.000,00 por uma empresa com o regime tributário de Lucro Presumido ou Lucro Real, deve custar, em média, R$ 1.700,00.

Para resumir todos estes cálculos, vamos observar a seguinte tabela:

Salário

Simples Nacional (anexos I, II e III)

Simples Nacional (anexo IV)

Lucro Presumido ou Lucro Real

R$ 1.000,00

R$ 1.502,00

R$ 1.642,00

R$ 1.700,00

O que muda com a Reforma Trabalhista?

A Reforma Trabalhista, publicada em 13 de julho de 2017, através da Lei 13.647, trouxe diversas mudanças para empregadores e empregados. Vamos conferir os principais pontos que interferem no custo do funcionário para a empresa.

Contratação

A antiga legislação não previa jornada de trabalho parcial ou intermitente, tampouco a possibilidade de trabalho remoto (home-office) ou a remuneração de colaboradores por jornada ou diária.

Agora, tudo isso passa a valer, havendo maior flexibilidade para empregados e empregadores definirem o formato de contratação mais vantajoso para ambos.

Por outro lado, aumenta o compromisso do empreendedor para fazer as contas e encontrar, de fato, a melhor situação também pelo ponto de vista econômico.

Terceirização

A nova legislação permite que as empresas terceirizem inclusive a sua atividade-fim, o que era vedado anteriormente. Isso abre a oportunidade de buscar prestadores de serviços sem que seja preciso contratá-los como funcionários.

Nesses casos, o custo com obrigações trabalhistas fica a cargo das empresas às quais eles são vinculados.

Contribuição Sindical

Outra mudança relevante é a contribuição sindical que se tornou opcional, podendo ser descontado em folha de pagamento, somente mediante autorização do funcionário. Dessa forma, ela não aparece na nossa planilha de cálculos que disponibilizamos abaixo.

Incidência de Encargos e Impostos

Por fim, mais uma mudança que pode impactar no cálculo de custos de um funcionário para empresa, é quando o mesmo recebe gratificações, comissões e afins, conforme Art. 457 da CLT.

Antes da reforma, esse valores acima citados, caso ultrapassassem 50% do salário, sofriam desconto de INSS, FGTS e IRRF. Após as mudanças, não há mais incidência desses encargos.

Planilha custo de funcionários

Planilha de custo de funcionários

Para usar a planilha, é fácil. Basta colocar o valor do salário-base do seu funcionário e, automaticamente, ela mostrará todos os custos adicionais que terá a empresa.

A exceção são os benefícios que dependem de acordo coletivo. Mas caso possua os valores, como auxílio-refeição e plano de saúde, você pode adicionar no campo específico.

Então, não perca tempo. Baixe agora a nossa planilha de custo de funcionários. Mas não esqueça de consultar um contador, que é o profissional mais indicado para lhe ajudar com todas essas demandas.

Planilha Custo de Funcionário  Com esta planilha, o empreendedor pode controlar os custos de cada colaborador Baixar a planilha agora

Como você tem controlado as despesas com funcionários na sua empresa? Comente!

Quer acesso a materiais gratuitos?

Junte-se a mais de 800 mil donos de negócio e receba gratuitamente novidades e dicas sobre financeiro, nota fiscal e gestão selecionadas pela ContaAzul.

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online   para você organizar sua empresa   <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>