O que é Sociedade Limitada Unipessoal (SLU) e como funciona?

Sobre o que estamos falando?

  • A Sociedade Limitada Unipessoal é uma natureza jurídica criada por uma medida provisória, a MP da Liberdade Econômica. Esse tipo de empresa inova por dispensar a necessidade de sócios, Capital Social mínimo, restrições de atividades e a junção do patrimônio do empreendedor ao da empresa;
  • Quem não consegue se enquadrar como MEI e EI pode optar pela SLU e obter mais vantagens do que teria no modelo Eireli. Diante de tantos detalhes, ter o apoio do contador neste processo é essencial;
  • Além do contador, contar com a tecnologia é essencial para o sucesso da sua empresa. Gerencie o seu negócio com a Conta Azul Pro, plataforma online, completa e simples de usar!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Sabia que a sua empresa pode se enquadrar em diferentes categorias, cada uma com obrigações e benefícios específicos? Uma delas é a Sociedade Limitada Unipessoal (SLU), que ainda é um conceito novo para muitos empreendedores. 

A SLU é um novo tipo de empresa, criado há poucos anos, para atender a algumas necessidades que não eram bem atendidas por outras naturezas jurídicas.

É comum que os empreendedores tenham dificuldades quanto à definição do regime tributário e tipo de empresa. A saída é entender este processo, para acompanhá-lo melhor junto ao contador. 

Aqui, vamos detalhar como essa opção pode beneficiar o seu negócio, além de explicar como transformar sociedade limitada em unipessoal. Boa leitura! 

Separamos os seguintes tópicos:

O que é Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)? 

A Sociedade Limitada Unipessoal é uma nova natureza jurídica criada pela MP 881 de 2019, conhecida como MP da Liberdade Econômica. O principal objetivo da medida foi facilitar o empreendedorismo, desburocratizando o processo de abertura de novas empresas.

A SLU foi regulamentada de maneira definitiva com a Lei 13.874, também de 2019. Conhecido pelos empreendedores como Sociedade Unipessoal, esse é um modelo de negócio que não exige sócios para abertura. 

É normal que algumas pessoas confundam essa parte, por causa da palavra “sociedade” no nome. Entretanto, a Sociedade Limitada Unipessoal é formada apenas pelo próprio empreendedor, dono da empresa. 

Uma vantagem importante da SLU é que o patrimônio pessoal é separado do patrimônio da empresa. Isso significa que os bens do proprietário não podem ser usados para quitar dívidas, caso algum problema financeiro ou até mesmo se a falência acontecer.

Por causa dessas características, muitos também confundem a SLU com o modelo Eireli, que tem condições bem parecidas para a abertura de um negócio.

Entender as diferenças da SLU é importante. No próximo tópico, veja quais são.

Modernize a sua empresa com a Conta Azul Pro, plataforma de gestão completa e 100% online!

Quais são as diferenças entre MEI, EI, Eireli, e SLU? 

Se você já abriu ou está pensando em abrir uma empresa, certamente concorda que a escolha da natureza jurídica é uma das questões que mais geram dúvidas.

Nesse momento, é muito importante escolher o modelo mais vantajoso para o seu negócio e também respeitar os limites definidos pela legislação. Tudo varia conforme a atuação da empresa, o tipo de atividade exercida, entre outros fatores. 

Para saber quando a Sociedade Limitada Unipessoal é a opção mais recomendada, primeiro é importante que você entenda as suas diferenças para opções como MEI, EI e, principalmente, Eireli. Confira:

MEI

Do mesmo jeito que a Sociedade Limitada Unipessoal, o Microempreendedor Individual só pode abrir a empresa com apenas um proprietário. Além disso, ele só pode contratar um colaborador que receba o piso salarial da categoria. 

O grande benefício desse modelo é que ele é enquadrado automaticamente no Simples Nacional. Os impostos são menores e recolhidos em só uma guia, chamada de DAS.

Infelizmente, existem limitações sobre as atividades econômicas que podem ser feitas via MEI. Para saber se a atividade do seu negócio é permitida, acesse este link do Governo Federal.

A principal diferença entre SLU e MEI está no que diz respeito ao faturamento: enquanto o primeiro pode ter um faturamento de até 4,8 milhões por ano, o Microempreendedor Individual pode faturar apenas até R$ 81 mil por ano.

Já um ponto em comum entre SLU e MEI é que o empreendedor não precisa integrar um valor mínimo de Capital Social para abrir o negócio.

Saiba quais impostos o Microempreendedor Individual deve pagar.

EI

Uma Empresa Individual também pode ser formalizada com somente um proprietário, sem a necessidade de sócios. 

A desvantagem em relação a esse modelo é que o patrimônio da pessoa física fica atrelado ao da empresa, diferente da SLU. Ou seja, existe o risco de que os bens do titular sejam usados para quitar dívidas ou falência. 

Normalmente, a EI é usada por profissionais liberais que precisam de CNPJ e não são enquadrados no MEI. Isso inclui médicos, arquitetos, corretores de imóveis, entre outros. 

Eireli

Assim como na Sociedade Limitada Unipessoal e no MEI, a Eireli mantém os patrimônios do empreendedor e da empresa separados e também não precisa de sócios.

Entretanto, o Eireli exige que um valor de Capital Social seja integrado na abertura do negócio. O valor é alto e equivalente a no mínimo 100 salários mínimos vigentes.

A característica mais importante é que a Eireli engloba muito mais atividades econômicas que o MEI, a EI e a própria SLU.

Ou seja, se você está pronto para montar a sua empresa, mas não conseguiu se encaixar nas exigências dos outros modelos, essa é a alternativa a ser escolhida.

Entenda tudo sobre as vantagens da Eireli.

Quem pode abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)? 

Como você viu nos itens de cima, se a sua empresa não se enquadrar nas exigências do MEI e nem do EI, então você tem a opção de se tornar Eireli ou SLU, certo? Bom, nesses casos, muitos empreendedores não querem arcar com o alto valor necessário para o Capital Social da Eireli. Então, a melhor opção acaba sendo a Sociedade Limitada Unipessoal.

Se você notar bem, a SLU é praticamente uma “fusão” dos principais benefícios oferecidos pelos outros modelos de empresas. Afinal, ela não exige sócios e nem capital mínimo para ser aberta, engloba inúmeras profissões e ainda possibilita a adesão ao Simples Nacional. 

Toda pessoa maior de 18 anos ou emancipada que deseja empreender sem precisar de sócios pode abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal. E isso é ótimo, não é mesmo? Então, veja abaixo quais etapas devem ser seguidas para abrir uma SLU e atender a todos os requisitos exigidos. 

Como abrir uma Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)? 10 passos para chegar lá

 

1. Defina o seu modelo de negócios 

A definição do seu modelo de negócios trará os insumos necessários para você identificar o valor que deverá ser investido e como ele será utilizado. Nessa fase, aproveite também para definir o nome da sua empresa. 

2. Entre em contato com o seu contador

O contador é muito mais do que um profissional que cuida da parte contábil e fiscal da empresa. Afinal, por ter contato com vários outros tipos de negócios, ele pode contribuir com outras perspectivas para o seu negócio, usando a experiência como base. 

O que é altamente enriquecedor para quem está começando a dar os primeiros passos no mundo dos negócios.

Precisando de um contador? A Conta Azul te ajuda a encontrar este profissional!

3. Registre seu Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ)

Agora, é hora de inscrever seu CNPJ no site do Governo Federal. A solicitação deve ser realizada no Portal Redesim.

4. Determine o seu código de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE)

O código CNAE delimita o segmento de atuação e as operações que serão realizadas pela sua empresa. Nessa fase, atuação do contador é muito importante.

5. Escolha um regime tributário

Com o apoio do seu contador, você precisa analisar, com base no seu modelo de negócios, qual é o tipo de tributação mais vantajosa para sua empresa. 

6. Elabore o Contrato Social

Elabore e assine o Contrato Social. Ele deve ter todas as informações da empresa, como seu tipo, atividades, endereço, dados pessoais do proprietário, entre outros. 

Baixe gratuitamente um modelo de contrato social e adapte para o seu negócio

7. Separe os documentos para a Junta Comercial

Para começar as suas atividades, também é fundamental registrar o negócio na Junta Comercial da cidade em que ele será aberto. Em algumas localidades, este processo pode ser feito online. 

8. Obtenha o alvará de funcionamento

Junto à prefeitura da cidade da sua empresa, solicite os alvarás necessários para que o local de funcionamento seja adequado e aceito legalmente. Essas autorizações também podem ser obtidas na Junta Comercial, de acordo com as atividades que serão desempenhadas no seu negócio. 

Alvarás, inscrições e licenças: quais são necessárias para abrir um comércio?

9. Realize a Inscrição Estadual

A próxima etapa é fazer sua Inscrição Estadual, numeração liberada pela Sefaz do Estado que registra o contribuinte no cadastro do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal — ICMS da Receita Estadual.

10. Adquira seu certificado digital

O certificado digital é uma espécie de assinatura online, que serve para validar vários tipos de documentos, como as notas fiscais. Ele pode ser junto às certificadoras como Soluti

Compre um Certificado Digital A1 com 36% de desconto na Conta Azul! 

Quais são as vantagens da Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)?

A SLU reúne várias vantagens para os empreendedores, como:

  • Abrir uma empresa individual e de responsabilidade limitada sem precisar gastar nada com Capital Social mínimo;

  • Ter o patrimônio pessoal separado do patrimônio da empresa. Isso garante muito mais segurança jurídica contra possíveis imprevistos;

  • Não existem restrições de atividades para você conseguir empreender por meio de uma SLU.

As vantagens são muitas, não é mesmo? Que tal potencializar todas elas? Descubra abaixo como simplificar a sua gestão e se livrar da burocracia com o apoio da Conta Azul.

Estoque e vendas na palma da mão é com o App Conta Azul de Bolso!

Abra seu negócio e conte com a Conta Azul!

Se você chegou até aqui, é porque está preocupado em garantir o melhor para sua empresa. E, com tanto cuidado para se informar sobre a abertura de um negócio, não faria sentido relaxar e deixar a sua gestão refém das limitações das velhas planilhas ou das anotações manuais, concorda?

Para bater suas metas e crescer rapidamente, você precisa de uma boa ferramenta de gestão, que garanta uma visão completa sobre o negócio e que descomplique as suas tarefas do dia a dia.

Essa ferramenta é a Conta Azul Pro, plataforma de gestão online e completa para empreendedores que já estão no mercado ou começando! 

A plataforma da Conta Azul integra todos os setores do negócio, como estoque, vendas e o financeiro em um único local, além de enviar automaticamente todas as informações à contabilidade. 

Sabemos que você é quem mais entende do seu negócio, então, atuamos para simplificar os seus processos e garantir mais tempo disponível para que você se dedique ao seu crescimento. 

Algumas vantagens da Conta Azul Pro são:

  • Monitoramento do estoque e das vendas em tempo real. Você recebe até lembretes quando os itens estão chegando nas quantidades mínimas;

  • Emissão descomplicada e envio automático de notas fiscais ao contador;

  • Cadastro de clientes, fornecedores, produtos e serviços;

  • Conciliação automática das vendas e do estoque;

  • Geração de relatórios para acompanhar o desempenho do seu negócio e muito mais!

Quer conhecer todas essas vantagens na prática? Clique aqui e teste grátis a Conta Azul Pro sem compromisso!

Leia mais

Newsletter

Faça agora a gestão financeira do
seu negócio em um único lugar