Você sabe o que é pivotar? Conheça mais sobre o assunto

O que é pivotar? Saiba mais sobre o assunto

Todo negócio nasce de uma boa ideia, mas nem toda ideia vai para frente. Empreender é arriscar-se a colocar um projeto em prática. E esse é um risco que, em geral, vale muito a pena, mesmo que aos olhos dos outros o plano aparente não ter futuro.Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Parece um argumento contraditório, mas não é, pelo menos não para quem decidiu pivotar o negócio.

O que é pivotar?

O termo está cada vez mais disseminado entre empreendedores. O verbo pivotar é uma referência aportuguesada do verbo, em inglês, to pivot, que significa girar. Para ficar mais claro: quem pivota está, em outras palavras, mudando um negócio. Mas não é uma alteração pequena, apenas alguns ajustes, é uma verdadeira revolução, um giro.

É por isso que assumir o risco de empreender vale a pena, mesmo quando o projeto não deslancha. Muitas vezes, o insucesso ou apenas a constatação de inviabilidade de um empreendimento é a oportunidade para estruturar um novo modelo de negócios, com uma vantagem: agora, você já sabe onde está o erro e já identificou quais são as melhores oportunidades para alavancar sua empresa.

Planeje para pivotar

Você já deve ter ouvido inúmeras histórias de empreendedores e de pessoas que inovaram nas mais diversas áreas, das ciências às artes, que reformularam ideias e projetos para obter sucesso. Muitas vezes, pivotar é uma necessidade. É comum também o caso de empresas que precisaram se reinventar para encarar novos tempos. Mudar é comum até mesmo para quem já se consolidou.

Mas, assim como para iniciar um negócio é fundamental estar amparado por sólido planejamento, ao redirecionar o seu modelo de negócios também é necessário estudar a nova ideia com atenção. Aliás, se os resultados não foram tão promissores na primeira tentativa é possível que alguma coisa tenha sido deixada de lado no planejamento. Mais uma boa razão para fortalecer a análise do empreendimento.

O planejamento já é consagrado como principal termômetro do seu negócio. Quando mais consistente e avaliado for o Plano de Negócios maiores serão as chances de você desenvolver um projeto promissor. Consultores não cansam de bater nessa tecla, justamente porque na euforia de colocar a ideia em prática o tempo dedicado ao planejamento acaba ficando abaixo do ideal.

Quando mudar é uma necessidade

Mas, afinal, como saber se é mesmo o momento de pivotar um negócio? É importante considerar alguns sinais e, também, avaliar se o seu caso é mesmo de uma mudança no direcionamento dos negócios ou se o seu empreendimento necessita apenas de alguns ajustes. Nem sempre é fácil identificar se os resultados decepcionantes sinalizam que o seu empreendimento é inviável ou se apenas precisa de correções para deslanchar.

Existem situações, no entanto, que demonstram de forma clara que não dá mais para insistir na ideia inicial. De forma simples, é possível sintetizá-las em apenas uma: o desinteresse dos clientes.

Não adianta, se o seu negócio não se vende ou se, mesmo vendendo, ele não dá conta de arcar com os custos. Temos aí um sinal de alerta. Uma empresa precisa atender aos desejos ou necessidades do seu público-alvo, mas precisa fazer isso de forma sustentável. Ou seja, ela depende da certeza de que pode se manter ativa. Se a prática mostrou que a sua ideia não consegue dar conta dessas situações, pivotar pode ser uma saída.

Será que está na hora de colocar seu negócio em xeque? Já pensou em pivotar? Divida suas experiências e dúvidas nos comentários.

Guia: Como abrir uma empresa  Conheça todo o processo de abertura de uma empresa. Baixar o guia agora

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?