O que é empreender e por que abrir um negócio hoje no Brasil?

Sobre o que estamos falando?

  • Empreender pode ser considerado o mesmo que desenvolver soluções eficientes e investir na criação de um ecossistema para colocar determinadas ideias em prática;
  • Esse ecossistema pode ser um novo negócio, empresas de terceiros e até entidades governamentais. Em todos os casos, metas e desafios estarão sempre presentes;
  • Com o apoio da plataforma Conta Azul Pro, você empreende garantindo informações em tempo real sobre o seu negócio e tem tudo o que precisa para impulsionar o crescimento da sua empresa.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Para começar um negócio, o primeiro passo é ter iniciativa. Além disso, o empreendedorismo exige a capacidade de aprender constantemente e muita persistência para superar diversos obstáculos. 

Sim, empreender vai muito além de ter uma ideia, abrir um CNPJ e pôr a mão na massa.

Cada empreendedor tem uma história única, no entanto, todos têm algo em comum: a vontade de inovar e desenvolver ideias, produtos ou serviços que façam a diferença. 

Se você está pensando em começar seu negócio, entenda neste conteúdo o que é empreender, qual o perfil do empreendedor brasileiro e um pouco da trajetória de sete empreendedores que fazem acontecer nas suas áreas de atuação. Desejamos uma leitura muito inspiradora! 

Confira os tópicos:

O que é empreender, afinal?

Mais do que abrir um negócio, empreender é acreditar no próprio potencial e na força da sua ideia. É estar disposto a arriscar e encarar qualquer desafio para colocar uma boa ideia em ação.

Segundo o dicionário, o empreendedorismo é traçar um plano, executar e realizar. Porém, seu significado, na prática, é muito mais amplo. 

Empreender é desenvolver soluções inovadoras e eficientes em um ecossistema, que pode ser desde uma empresa de terceiros até entidades governamentais. 

Dessa forma, o empreendedor pode tanto identificar problemas e criar um negócio para resolvê-los, ou então desenvolver tal pensamento dinâmico em uma empresa que já atua. 

Em ambos os casos, ele cria oportunidades para mudar a sua realidade e a de outras pessoas, além de proporcionar desafios para alcançar seus objetivos. 

Mas nem só de boas ideias vive o empreendedorismo. Independentemente do porte ou segmento, quem deseja empreender precisa ser resiliente, persistente, organizado, saber se planejar e sempre estar se atualizando. 

Afinal, todo negócio precisa de uma boa gestão de pessoas, financeira, das vendas e de uma contabilidade eficiente. Por isso, um empreendedor não pode nunca parar de aprender. 

Em 2021, 4 milhões de pessoas descobriram o que é empreender: de acordo com o Boletim do Mapa de Empresas, o Brasil bateu o recorde histórico de negócios abertos em apenas um ano. 

O que contribuiu muito para que todos esses negócios fossem abertos, de acordo com o Boletim, foi a diminuição de custos e da burocracia para conseguir criar um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), através de soluções digitais inovadoras.

Outro ponto que auxiliou os novos empreendedores foi o acesso facilitado a financiamentos e linhas de crédito para empresas, possibilitando que mais negócios prosperassem.

Confira um guia básico sobre como empreender melhor!

Qual é o perfil do empreendedor brasileiro? 

Nem todo empreendedor brasileiro é igual. Com base num conjunto de características marcantes, listamos os principais perfis empreendedores que podemos encontrar no Brasil. 

Ao conhecer cada um, você pode identificar o seu e, assim, encontrar os seus pontos fortes e de melhoria. Continue lendo e descubra quais são.

Criativo

Criatividade não falta na veia do brasileiro e na hora de empreender, não é diferente. 

Esse tipo de empreendedor é observador e está sempre à frente, atento a todas as novidades e pensando na solução antes mesmo do problema aparecer, o que resulta em negócios inovadores. 

Por isso, ele é sempre o primeiro a lançar um negócio em um novo segmento ou em um setor pouco explorado. E, geralmente, quem conta com esse perfil é o mais idealista dos empreendedores. 

Conheça e se inspire com a história de 8 empreendedores brasileiros.

Executor

Normalmente esse tipo de perfil é dos empreendedores que trabalham sozinhos ou que contam com equipes pequenas. Esse empreendedor aproveita as próprias habilidades, sendo aqueles que mais colocam a mão na massa.

Os executores são os primeiros a chegar e os últimos a sair da empresa, estando sempre disponíveis para resolver qualquer problema, mesmo que não seja da sua área. 

No entanto, tentar resolver tudo pode não ser o ideal, já que o empreendedor pode ficar sobrecarregado. Para evitar isso, deve ficar atento para não absorver mais trabalho do que consegue entregar. 

Uma boa dica para quem tem esse perfil é buscar meios para delegar melhor as tarefas que não são da sua expertise e desenvolver as competências relacionadas à gestão.

Saiba quais são as tendências e desafios do empreendedorismo feminino.

Gestor 

Este é o perfil de quem tem visão de líder e faz a parte mais estratégica do negócio, trabalhando com a criação de metas e montando bons planejamentos. Por conta disso, procura contratar profissionais que façam a parte tática e operacional. 

O gestor é o tipo de empreendedor que toma decisões com base em dados e executa bons planos de ação para entender as oportunidades e ameaças do setor em que atua. 

Além disso, ele tende a terceirizar boa parte dos serviços que não vê necessidade em ter uma equipe interna. Um bom exemplo é a parte contábil do negócio. Com esse comportamento, o gestor ganha tempo para focar em outras tarefas do negócio. 

Um ponto importante de melhoria para quem tem esse perfil é se aproximar mais do operacional do negócio, acompanhando melhor os colaboradores. Com isso, ele conseguirá mais insumos para uma melhor tomada de decisão. 

Conheça o cenário do empreendedorismo no Brasil e quais os motivos de ele ser tão importante.

7 exemplos de empreendedores para se inspirar

Conheça a seguir a trajetória de sete pessoas que aprenderam o que é empreender e criaram negócios de sucesso e inovadores em suas áreas de atuação. 

1. Eric Santos (Resultados Digitais)

De Florianópolis, a Resultados Digitais é empresa líder no setor de marketing digital no Brasil. Eric Santos, CEO da Companhia, viu no Inbound Marketing a oportunidade perfeita de criar uma plataforma inovadora para empresas de todos os segmentos. 

Antes de fundar a RD, Eric Santos tinha uma empresa de tecnologia da informação que acabou fechando. No entanto, o empreendedor não se deixou abalar e partiu para o próximo desafio, onde foi extremamente bem-sucedido. 


Fonte: InfoMoney

2. Flávio Augusto (Geração de Valor)

A primeira empresa de Flávio Augusto foi a escola de idiomas Wise Up, no início dos anos 90. 

De lá para cá, o empreendedor fundou a meusucesso.com, escola de negócios e empreendedorismo, e cria muito conteúdo para ajudar outras pessoas no canal do YouTube Geração de Valor

Além disso, ele também foi dono do time de futebol Orlando City, dos Estados Unidos.

Para Flávio “visão, coragem, competência e família são essenciais para mudar a vida com empreendedorismo”.


Fonte: InfoMoney

3. Leila Velez e Zica Assis (Beleza Natural)

A história dessas duas empreendedoras é um exemplo de que sim, dá para fazer mais com menos. 

Quando fundaram a Beleza Natural, empresa instituto especializado em cabelos crespos e ondulados, elas entravam em diversos ônibus da cidade colando cartazes no vidro de trás do motorista. A mensagem era: “se seus cabelos são um problema, nós somos a solução”

No momento em que os ônibus iam para a garagem, o cartaz era arrancado. Mas na manhã seguinte, lá estavam elas de novo colando o cartaz e divulgando o negócio. 

Hoje, a Beleza Natural é uma empresa bastante sucedida no ramo da beleza, voltada para as classes B e C, com foco em cabelos ondulados, crespos e cacheados.


Fonte: Pequenas Empresas, Grandes Negócios

4. Jeff Bezos (Amazon)

Livros, jogos, aparelhos eletrônicos, celulares, móveis e eletrodomésticos… Não há nada que você não encontre na amazon.com. Além disso, a empresa também conta com servidores, streaming de música e de filmes, e recentemente, já foi até para o espaço. 

Tudo começou com a ideia de Jeff Bezos, que na época era bem-sucedido profissionalmente e trabalhava em Wall Street com investimentos. Porém, decidiu largar essa carreira para fundar o que hoje é a Amazon, na garagem da sua casa. 

Hoje, a Amazon é o maior marketplace do mundo, e para Jeff Bezos, a razão do sucesso da empresa é o foco no cliente. 


Fonte: Forbes

5. Mark Zuckerberg (Facebook)

O que começou como uma simples rede social para alunos da Universidade de Harvard, que se tornou uma das maiores empresas digitais do mundo. 

Mark Zuckerberg e mais três colegas criaram o Facebook para que alunos do campus se conectassem uns com os outros. No entanto, logo no lançamento, o site recebeu tantos acessos que os servidores da faculdade não aguentaram e foram derrubados. 

Disso, Zuckerberg viu uma grande oportunidade de negócio e hoje, além do Facebook, ele também é dono do Grupo Meta, que compreende o Instagram, WhatsApp e diversas outras empresas. 


Fonte: Veja

6. Robinson Shiba (China in Box)

Descendente de japoneses, foi com a culinária da China que Robinson Shiba se tornou um empreendedor de sucesso. A rede de restaurantes conta com mais de 160 unidades espalhadas pelo Brasil. 

Shiba, que é formado em odontologia, teve a ideia de criar um delivery de comida chinesa durante um intercâmbio nos Estados Unidos. Ele desistiu da carreira como dentista e apostou no empreendedorismo no ramo de alimentos. 

No entanto, não foi do dia para a noite que Shiba fundou a empresa. Foram quatro anos de estudos antes de abrir a primeira loja da China in Box.


Fonte: Experiencialize

7. Vinicius Roveda (Conta Azul)

Esse é o nome por trás da Conta Azul. Ele largou seu emprego com um salário garantido todos os meses por um pró-labore de apenas 200 reais. 

Foi um processo de muito aprendizado, interação com o cliente e muitos testes. Entre erros e acertos, hoje a Conta Azul oferece inovação e tecnologia para empreendedores e contadores através de um sistema que traz controle e agilidade aos negócios. 

Para Vinicius, todo empreendedor precisa saber qual é o seu propósito, entender qual problema dos clientes precisa ser resolvido e, principalmente, o que motiva cada um a fazer o que faz.

Comece a empreender com o apoio da tecnologia!

Aprendeu o que é empreender e sente que está pronto para dar início a essa jornada? Então você precisa contar com a tecnologia para facilitar as tarefas da rotina do empreendedor, como controlar o financeiro, acompanhar o fluxo de caixa e fazer a conciliação contábil e das vendas. 

Para te ajudar nessa missão, conte com a Conta Azul Pro, plataforma de gestão online e completa, onde você encontra tudo o que precisa para gastar menos tempo com atividades burocráticas, permitindo que seu foco vá para o que realmente importa.

Através da Conta Azul Pro, você acompanha em um único lugar todos os processos mais importantes da empresa, como o fluxo de caixa, contas a pagar e a receber, estoque e vendas, além de emitir nota fiscal e gerar relatórios de todos os setores. 

E mais, é possível acompanhar o estoque, as vendas e enviar propostas personalizadas pelo seu celular, com o App Conta Azul de Bolso.

Assim você tem uma visão ampla do negócio em tempo real, com muito mais chances de ser bem-sucedido no seu projeto de empreender.

Empreender não precisa ser difícil ou burocrático! Teste grátis e sem compromisso todas as vantagens da Conta Azul Pro!

Leia mais:

Newsletter

Faça agora a gestão financeira do
seu negócio em um único lugar