Principais dúvidas sobre nota fiscal em Curitiba

Sobre o que estamos falando?

  • Entenda a importância e os benefícios de emitir nota fiscal em Curitiba;
  • Aprenda a emitir a sua nota fiscal em Curitiba com o passo a passo completo e como resgatar;
  • Conheça as diferenças entre a Nota Curitibana e a Nota Paraná e decida qual é melhor para você;
  • Veja a Conta Azul pode facilitar (e muito) a sua rotina na hora de emitir notas fiscais.>.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

A Conta Azul sabe que cada região possui especificidades relacionadas a legislação e burocracia relacionados ao fisco, por isso, hoje falaremos sobre tudo relacionado à emissão de nota fiscal em Curitiba.

Sabia que a cidade de Curitiba é uma das que possui menos burocracia para a emissão de documentos? Se você é um empresário desta cidade, continue a leitura e fique por dentro de tudo relacionado a esse assunto.

Vamos lá? Nesse conteúdo você vai ler sobre:

Por que emitir nota fiscal em Curitiba é diferente?

O que é e como funciona a Nota Curitibana?

Como participar?

Sobre a regulamentação da Nota Curitibana

O que é e como funciona a Nota Paraná?

Nota Curitibana x Nota Paraná

Quais são os benefícios de automatizar a nota fiscal em Curitiba?

Regulamentação da Nota Fiscal de Serviço em Curitiba

Mais informações sobre a NFS-e em Curitiba

Conheça as facilidades da Conta Azul para emitir nota fiscal

 

gestao-documentos-nuvem

Por que emitir nota fiscal em Curitiba é diferente?

Primeiramente, é importante que você saiba que existem algumas opções que a cidade de Curitiba oferece para realizar a emissão da nota fiscal. São elas:

Portal da Prefeitura

Para emitir uma nota fiscal através do Portal da Prefeitura, antes de tudo, você deve se cadastrar no portal do município. Para isso, primeiro você precisa ter a AEDF-e, ou seja, a Autorização para Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos, obtida no portal da prefeitura.

Dessa forma, antes de você realizar o cadastro no sistema ISS Curitiba, você já deve ter solicitado a AEDF-e. Após preencher os campos necessários, será gerado um formulário.

Caso você já tenha cadastro no sistema, é só informar o seu login e senha. Mas, se esse não for o seu caso, clique em "novo usuário" e informe seu CNPJ, CPF ou Inscrição Municipal.

Com o formulário gerado, você deverá se encaminhar à Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, que fica na Avenida Cândido de Abreu, 817, no Centro Cívico de Curitiba. Esse documento só será aceito se for entregue junto com o Contrato Social da sua empresa com firma reconhecida, CPF e RG. O horário de atendimento da secretaria é de segunda a sexta, das 8 da manhã até às 5 da tarde.

O prazo máximo de liberação é de 30 dias a partir da data de emissão, após isso, com o seu cadastro regularizado, você pode acessar o portal da prefeitura e emitir a nota fiscal eletrônica.

Sistema SEFAZ

Outra forma das empresas curitibanas emitirem notas fiscais é utilizando o sistema que a Secretaria de Estado da Fazenda disponibiliza de maneira completamente gratuita, chamado Sistema SEFAZ.

Para isso, basta que seja feito o download do Emissor de NF-e que a SEFAZ disponibiliza e começar a emitir as suas notas fiscais.

No entanto, devemos destacar que é comum que o sistema apresente falhas, o que gera indisponibilidade na plataforma e, consequentemente, prejuízos para o empreendedor.

Software emissor de notas

Ao optar por um software de emissão de notas fiscais, você tem mais auxílio para qualquer imprevisto ou dúvida que possam surgir.

Além disso, uma plataforma especializada pode garantir mais resultados para a empresa, uma vez que a empresa pode contar com uma emissão mais veloz e integrada com os diferentes setores da companhia.

Saiba mais como a Conta Azul pode te auxiliar a emitir nota fiscal em Curitiba.

O que é e como funciona a Nota Curitibana?


A nota curitibana é um programa lançado pela prefeitura de Curitiba que tem como intuito estimular as pessoas a exigirem a nota fiscal quando consumirem algum serviço que esteja dentro do "Imposto Sobre Serviços" (ISS).

Dessa forma, confira as categorias de serviços mais comuns para essa fiscalização:

  • pré-escolas e escolas;

  • cursos de idiomas e superiores;

  • academia de musculação e semelhantes;

  • salões de beleza e clínicas de estética;

  • planos de saúde;

  • estacionamentos;

  • oficinas mecânicas;

  • pet shops;

  • entre outros.

É importante destacar  que o ISS é a principal forma de arrecadação da cidade de Curitiba, ou seja, é um capital essencial para o orçamento da cidade. Através dele, a prefeitura consegue realizar obras, custear a máquina administrativa e apoiar a assistência social.

Para incentivar os consumidores a adotarem a Nota Curitibana, o município apostou em sorteios mensais, de prêmios que podem chegar até R$150 mil para os cidadãos curitibanos.

Abatimento de 30% no IPTU


Além disso, esse programa também permite o abatimento de 30% do valor anual do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). E aqueles que preferirem, podem indicar entidades sociais sem fins lucrativos para receberem prêmios em dinheiro.

Por fim, vale ressaltar que para participar do programa, o consumidor curitibano deve se cadastrar no programa, lá ele irá inserir seus dados pessoais, como endereço, CPF e telefone de contato. O cidadão pode acessar pelo site ou então pelo aplicativo.

Você passa a ter uma conta no programa e pode acompanhar todas as notas fiscais que emitiu, o seu saldo, o cronograma dos sorteios, quais bilhetes têm para concorrer aos prêmios, os valores que pode abater do IPTU e quais entidades podem ser beneficiadas.

contaazul-funil-de-vendas

Como participar?

Para facilitar a compreensão de como participar do programa, confira abaixo o passo a passo:

1º Passo: Cadastro


Entre no site oficial do Nota Curitibana. Lá, você terá acesso a todas as informações relacionadas ao programa e ainda poderá tirar qualquer dúvida.

Para realizar o cadastro, você deve clicar em "cadastrar", na página inicial. Após isso, é só preencher os campos solicitados, aceitar o regulamento do programa e indicar quais entidades serão beneficiadas.

2º Passo: CPF na Nota


Você deve informar o seu CPF para qualquer prestador de serviço que seja de Curitiba. Como lavanderias, oficinas mecânicas, academias, escolas, pet-shops, etc.

Isso possibilitará que você tenha mais chances de receber prêmios pelo sorteio e ainda contribui para que a cidade tenha mais recursos para investir nos serviços públicos.

3º Passo: Sorteio


Após cadastrar suas informações no site e pedir nota fiscal com o seu CPF cadastrado, você deve acessar o sistema com o seu login e senha e conferir os bilhetes que foram gerados a partir do que você consumiu.

A partir daí, é só torcer para que os seus bilhetes sejam sorteados e que você possa ganhar o prêmio e ainda ajudar uma instituição de caridade.

Sobre a regulamentação da Nota Curitibana


Em Maio deste ano, a Prefeitura de Curitiba anunciou algumas mudanças na regulamentação do programa Nota Curitibana.

Segundo o comunicado do município, os créditos também poderão ser transferidos para o cartão-transporte de Urbanização de Curitiba (Urbs).

Além dessa novidade,  dentre as opções já vigentes que continuam valendo, podemos citar:

  • transferência por conta bancária, 

  • abatimento de até 50% do valor do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU, do ano seguinte.

Através desse programa, 15% do valor do imposto de ISS da prestação de serviços são convertidos em créditos para a população. Assim, resgata-se os valores conforme a preferência do contribuinte.

O que é e como funciona a Nota Paraná?

A Nota Paraná é um programa estadual e tem como objetivo combater a sonegação de impostos. Em síntese, trata-se de uma estratégia para receber mais impostos para serem convertidos em serviços públicos.

Nesse caso, o imposto em questão é o ICMS e que o governo estadual encontrou para que o público aderisse ao programa, foi com a divisão entre os participantes de 30% do que foi recolhido .

Vale destacar que a Nota Paraná traz benefícios para o cidadão, tanto no coletivo, quanto individualmente. Isso porque a pessoa pode receber créditos pelas compras, concorrer a prêmios e combater a sonegação fiscal.

Teoricamente quanto mais o estado está arrecadando tributos, mais dinheiro tem para aplicar em serviços públicos, como saúde, educação e segurança, por exemplo.

Portanto, exigir a nota, além de ser um ato de cidadania, também permite que o Paraná tenha mais empresas regulamentadas, o que também incentiva a concorrência leal.

Como resgatar?

Diferente do que acontece com a Nota Curitibana, na Nota Paraná o consumidor não precisa ter um cadastro prévio, apenas deve preencher os dados para que consiga realizar o resgate.

O prazo para que a compensação dos créditos seja feita é de três meses. Isso acontece porque a empresa tem um mês para recolher imposto e, só após isso, o governo irá calcular quanto desse valor será repassado para o consumidor.

Dessa forma, se você fizer uma compra em março, por exemplo, seus créditos só estarão disponíveis em junho.

Como receber o dinheiro do Nota Paraná?

Existem três maneiras para que o participante receba o dinheiro do programa Nota Paraná. O primeiro que vamos abordar é via depósito bancário.

Para receber o dinheiro via depósito bancário, a pessoa precisa cadastrar sua conta bancária no programa, assim, poderá solicitar o depósito a cada vez que os créditos forem liberados ou então, poderá deixar acumular, desde que o período não ultrapasse o prazo de 12 meses.

A segunda maneira de receber os créditos do programa é através do pagamento do IPVA. Assim, o participante opta por abater o valor do Imposto sobre a propriedade de veículos automotores.

A última forma, é realizando uma doação para entidades assistenciais não lucrativas. Isso acontece quando a pessoa não destina o CPF à nota e a deposita nas urnas destinadas a isso, ou então cadastrando a nota diretamente no site do programa.

Guia de nota fiscal eletrônica para leigos  Preparamos um guia para você entender o que é uma nota fiscal eletrônica Baixar o guia agora

Nota Curitibana x Nota Paraná

Tanto a Nota Curitibana quanto a Nota Paraná surgiram para incentivar o pedido de Nota Fiscal pela população. Dessa forma, ambas evitam a sonegação de impostos e dão prêmios aos participantes.

Mas a semelhança já se encerra por aí, pois os dois programas possuem cadastros distintos, além de premiações e valores diferentes.

Enquanto a Nota Curitibana é um programa da Prefeitura de Curitiba e tem como intuito incentivar o contribuinte a exigir a Nota Fiscal quando contratar algum serviço que pague o Imposto Sobre Serviços (ISS).

A Nota Paraná é um programa do Governo do Estado, e surgiu para que as pessoas passassem a pedir Nota Fiscal no comércio, que é exigido o ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Nesse sentido, enquanto o programa municipal tem como foco fiscalizar serviços como academias, escolas, cursos profissionalizantes, estacionamentos, pet shops, salões de beleza, entre outros, o programa estadual se direciona para o comércio, como lojas de roupas, supermercados, concessionárias, farmácias e lojas de material de construção, por exemplo.

Nota Curitibana

Outra diferença é que na Nota Curitibana, os sorteios mensais contam com prêmios de R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 50 mil, e as entidades sociais indicadas pelos sorteados ganham prêmios com a metade desses valores. Isso tudo totaliza R$ 230 mil por mês.

Além disso, no natal e no aniversário de Curitiba, ocorre um sorteio especial, no valor de R$ 150 mil para o contribuinte sorteado e R$ 25 mil para a entidade social que ele escolher.

Vale destacar também que no programa municipal, os créditos acumulados pelos participantes podem abater até 30% do valor do Imposto Predial e Territorial Urbana, o IPTU.

Nota Paraná

Na Nota Paraná, tanto as entidades quanto os contribuintes podem participar do sorteio de prêmios e até receber créditos pela doação de notas fiscais. Assim, toda primeira compra que a pessoa fizer no mês, gera um bilhete que será o seu número do sorteio.

Depois dessa primeira compra, a cada compra de R$ 50 que o contribuinte fizer e pedir nota fiscal, terá direito a mais um bilhete, que tem validade apenas para o mês vigente.

Aqui, os valores dos prêmios poderão ser devolvidos através do depósito em conta bancária ou então no abatimento do IPVA.

B031-manifestacao-de-destinatario-eletronica-istock

Quais são os benefícios de automatizar a nota fiscal em Curitiba?

Antes de tudo, você precisa saber que para automatizar a emissão de NFS-e em Curitiba com um ERP (plataforma de gestão), pode ser feita de duas maneiras:

1. Utilizar um sistema qualificado para gerar nota fiscal em Curitiba

Se você precisa emitir notas fiscais eletrônicas em Curitiba de maneira automática e integrada com o seu setor de contabilidade, nós podemos te auxiliar..

A plataforma Conta Azul possui um sistema que segue todas as exigências de centenas de municípios e Secretarias da Fazendo, incluindo a de Curitiba.

Com a Conta Azul, você pode emitir suas notas fiscais automaticamente sem precisar conhecer as particularidades exigidas por cada prefeitura.

Através da nossa plataforma, o profissional que precisar gerar notas fiscais já terá tudo automatizado.

Benefícios:

  • Emissão de notas fiscais de maneira completamente automática nota para qualquer prefeitura, inclusive em Curitiba, São José dos Pinhais, Ponta Grossa e várias outras;

  • A nossa plataforma absorve as instabilidades dos sistemas da prefeitura de Curitiba, ou da Secretaria da Fazenda. Ou seja, se alguns dos sistemas pararem de funcionar, o seu trabalho não precisará parar;

  • Se você precisar emitir notas para outras cidades, não é necessário contratar outro serviço, a Conta Azul já tem tudo integrado;

  • Você pode focar no que a sua empresa realmente quer entregar, sem precisar se preocupar com burocracias.

2. Emitir a NFS-e de Curitiba por si

Outra maneira é fazer a emissão por conta própria. Para isso, você precisa compreender como emitir a NFS-e em Curitiba.

Analise o sistema municipal, procure conhecer cada detalhe, leia as documentações e então você poderá emitir notas fiscais em Curitiba.

Porém vale destacar que esse estudo só irá servir para a cidade de Curitiba, caso você precise emitir notas fiscais em outras cidades, terá que realizar a mesma pesquisa para compreender como funciona em cada município.

Afinal de contas, as prefeituras não possuem um padrão de emissão e cada lugar tende a exigir as informações que considerarem mais importantes.

Por fim, é preciso ter em mente que os sistemas de Secretaria da Fazenda e das prefeituras costumam apresentar instabilidade e até saem do ar frequentemente e isso pode prejudicar o dia a dia do seu trabalho.

Regulamentação da Nota Fiscal de Serviço em Curitiba

No site da Prefeitura de Curitiba você encontra toda a legislação e documentos necessários para emitir a sua nota fiscal de serviço.

Mais informações sobre a NFS-e em Curitiba

A nota fiscal de serviço (NFS-e) em Curitiba pode ser emitida por qualquer prestador de serviço e possui as seguintes características:

  • Reduz os custos de impressão e armazenagem de papéis, já que a versão é eletrônica;

  • Dispensa autorização para Impressão de Documentos Fiscais (AIDF);

  • Padroniza os documentos eletrônicos entre as empresas;

  • Aumenta a eficiência na gestão das notas fiscais eletrônicas.

Conheça as facilidades da Conta Azul para emitir nota fiscal

Chega de complicação e burocracias na hora de emitir a nota fiscal! Com a plataforma Conta Azul, você consegue emitir facilmente suas notas e integra todas as áreas do seu negócio.

Temos como objetivo facilitar o seu dia a dia e a organização de suas demandas financeiras, por isso, qualquer nota que você gerar na plataforma Conta Azul, já estará integrada ao balanço do seu negócio.

Com o nosso emissor de nota fiscal eletrônica, que funciona 100% online, você consegue:

  • Acabar com a necessidade de enviar malotes, visto que você terá a contabilidade integrada com a nossa plataforma, facilitando o envio e recebimento de documentos ou qualquer outra informação que a sua empresa e o contador precisarem compartilhar;

  • Eliminar o retrabalho de digitar as notas fiscais, pois as notas são salvas e vinculadas automaticamente em suas vendas e ordens de serviço;

  • Tornar o seu controle fiscal mais eficiente, visto que o contador terá acesso às suas notas fiscais;

  • Mais organização e agilidade no gerenciamento e armazenamento das suas notas fiscais eletrônicas, além de poder consultar a qualquer momento;

  • Armazenar de forma mais segura os seus documentos fiscais em nuvem.

Emita Notas Fiscais de sua empresa dentro de um sistema de gestão para evitar erros

Ganhe agilidade e eficiência com o emissor de nota fiscal eletrônica Conta Azul

Com a nossa plataforma, a cada venda que você fizer, o sistema dá baixa automaticamente no seu estoque e já atualiza o fluxo de caixa e o financeiro com a data prevista de recebimento, e o mesmo acontece com suas Notas Fiscais, capital a receber e fluxo de caixa, fica tudo atualizado no momento em que você fechar algum negócio.

Assim você ganha mais agilidade e eficiência no seu trabalho e evita possíveis erros relacionados à contabilidade. Além de tornar sua gestão financeira mais inteligente.

Veja o que você pode fazer com a Conta Azul para melhorar a gestão da sua empresa:

  • configurar os impostos uma única vez,

  • cadastrar informações sobre produtos, serviços e clientes para automatizar o trabalho;

  • emitir nota fiscal eletrônica em poucos cliques;

  • Integração entre vendas, financeiro e cobrança. Informações atualizadas em tempo real, reunidas em um só lugar e disponíveis  para o seu contador;

  • Conte com a sugestão de imposto correto (baseado em Inteligência Artificial e com o auxílio e segurança do contador).

A Conta Azul também oferece a emissão de diferentes tipos de notas fiscais. São elas:

  • Nota Fiscal de Serviço (NFS-e). O nosso emissor é homologado e funciona em mais de 500 cidades. Assim, você nunca mais vai precisar informar dados de uma venda mais de uma vez;

  • Nota Fiscal de Produto (NF-e). Com a Conta Azul, você consegue emitir notas fiscais para venda, compra, remessa, retorno e enviar o XML e a Danfe automaticamente para o e-mail do fornecedor, empresa parceira ou até do cliente;

  • Nota Fiscal do Consumidor (NFC-e). Você pode emitir as notas fiscais de consumidor para um sistema de Ponto de Venda (PDV).

Importante: conecte seu Certificado Digital e emita notas com segurança

Para emitir  notas fiscais, as empresas precisam obrigatoriamente usar um Certificado Digital para que assim a Secretaria da Fazenda tenha um controle das notas emitidas. Em suma, os Certificados Digitais têm como objetivo a comunicação e fiscalização do que foi emitido, entre empresa, prefeitura e os órgãos fiscalizadores.

A Conta Azul oferece dois tipos de certificados:

  • Certificado A1. Completamente digital, pode ser armazenado em algum dispositivo da empresa, sendo um arquivo de extensão PFX, com validade de um ano.

  • Certificado A3. Disponibilizado fisicamente através de um token (um pen drive) ou cartão, porém, possui algumas restrições na hora de instalar.

Quer rapidez no envio de Nota Fiscal Eletrônica para seu cliente? Vem para a Conta Azul!

A Conta Azul faz o envio de notas eletrônicas por e-mail automaticamente, como:

  • Danfe Automática;

  • Envio de Nota Fiscal e Boleto junto com a venda;

  • Envio, gestão e guarda de documentos;

  • Configuração de pagamentos recorrentes;

  • Controle de documentos enviados em tempo real.

Se você ficou interessado em como emitir nota fiscal para Curitiba através da nossa plataforma, clique aqui e confira tudo o que a Conta Azul pode fazer para o seu negócio!

Você tem uma empresa?  Controle sua gestão em um único lugar: finanças, vendas, notas fiscais e muito  mais. Conheça a Conta Azul Pro. Experimente grátis  Não precisa de cartão, nem de cadastros complexos

Quer saber mais sobre nota fiscal em Curitiba? Confira abaixo:

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?