Seu guia para o pagamento recorrente

Saiba tudo sobre pagamento recorrente: o que é pagamento recorrente, como esse modelo funciona, cases de sucesso e muito mais. 

Antes considerado um privilégio somente das prestadoras de serviço, o pagamento recorrente tem ganhado cada vez mais espaço no mercado dos produtos.

Isso devido a todas as vantagens oferecidas por esse modo de cobrança recorrente, como otimização do tempo e redução da inadimplência.

Diversas dúvidas sobre isso podem surgir, como: "o que é pagamento recorrente?", "Como esse modelo de cobrança funciona?", "Como uma plataforma online te ajuda na recorrência?", "Quais os casos de sucesso desse mercado?".

E nesse artigo vamos te responder a tudo isso.
Veja a seguir:

ContaAzul é um sistema de gestão com controle de clientes, do cadastro às vendas

O que é pagamento recorrente?

O pagamento recorrente acontece em casos que existe uma assinatura ou pagamento de mensalidades.

Ou seja, enquanto o serviço for prestado, o cliente continuará realizando os pagamentos na periodicidade combinada previamente.

Na maioria das vezes os períodos combinados são:

  • 1 mês;
  • 3 meses;
  • 6 meses;
  • 1 ano.

Como esse período é combinado por contrato, existe um prazo mínimo de utilização do serviço e, se cancelado antes, há multa por quebra de contrato.

Como funciona o pagamento recorrente?

De forma automática e recorrente, as cobranças são realizadas de acordo com o período escolhido pelo cliente.

Aprovado o pagamento, o produto ou serviço é entregue sem nenhuma burocracia.

Meios de pagamento recorrente: qual escolher?

O pagamento recorrente é feito por cobranças automáticas, como: boleto bancário, débito automático ou cartão de crédito.

Todos eles apresentam vantagens e desvantagens que auxiliam a escolher o melhor para o seu modelo de negócio.

1) Boleto bancário

Prós: Taxas baixas e pagamento a vista.
Contras: Risco de inadimplência alto e burocracia na emissão.

2) Cartão de crédito

Prós: Comodidade para os clientes e baixa inadimplência.
Contras: Taxas mais altas e o repasse em alguns casos acontece após 30 dias do pagamento.

3) Débito automático

Prós: Comodidade e cobrança direto no saldo do cliente.
Contras: Burocracia dos bancos para liberarem o módulo de débito automático.

ContaAzul é um sistema de gestão para pequenas empresas, com emissão de boleto integrado

Mercados que trabalham com pagamento recorrente

Muitos mercados, antigos e novos, trabalham com o modelo da recorrência. Alguns exemplos são:

  • Academias;
  • Serviços streaming;
  • Empresas Saas (Software as a service);
  • Escolas e cursos;
  • Clubes de assinatura;
  • Jornais e revistas;
  • Sites;
  • Entre outros…

É possível perceber a variedade de mercados que a recorrência vem atingindo conforme o tempo passa.

Diferenças entre parcelamento e cobrança recorrente

O parcelamento acontece a partir do pagamento de uma taxa única em várias parcelas.

Então, mesmo que o produto/serviço já tenha sido entregue o cliente continuará pagando, até quitar o valor.

Já no pagamento recorrente o produto/serviço continua sendo entregue e cobrado regularmente, o que configura o modelo de assinatura.

Existe também um modelo chamado assinatura parcelada, que envolve as características do parcelamento e recorrência.

Ele acontece quando o valor de uma assinatura é parcelado para maior comodidade do cliente.

Por exemplo: Um cliente adquiriu um curso com duração de 12 meses, porém parcelou o valor e pagará o serviço em 24 vezes.

Logo, esse cliente está inserido no modelo recorrente e parcelamento ao mesmo tempo.

Como um serviço gateway te auxilia na recorrência?

O gateway faz a ligação entre o estabelecimento e os adquirentes, que são as operadoras como: Cielo, Getnet, Bin e Global.

Ele tem o papel de transacionar as informações de pagamento com rapidez e tecnologia, além de manter todos esses dados em segurança, gera uma experiência negativa com o comprador.

A maioria dos gateways oferecem o serviço de antifraude e cobram a partir da quantidade de transações feitas.

Vantagens de um gateway de pagamento

Os gateways de pagamento recorrente funcionam como intermediários, portanto conseguem as melhores taxas do mercado, o que possibilita sua empresa diminuir o custo de cobrança e aumentar os lucros.

Além disso garante comodidade e segurança para você e seu cliente, consequentemente aumentando a fidelidade e reduzindo o número de cancelamentos.

Gateway x Subadquirentes

Os subadquirentes são plataformas como PayPal e PagSeguro que fazem com o que o cliente saia da sua loja para realizar o pagamento pela ferramenta.

Todo subadquirente tem apenas um adquirente como retaguarda.

Caso esse adquirente aumente as taxas cobradas, obrigatoriamente serão transferidas aos clientes do subadquirente, sem possibilidade de negociação.

Contratar um subadquirente é mais caro e menos profissional (com cara de amador).

Portanto só são vantajosos em casos de pequenos projetos e testes de viabilidade.

Já os gateways tem como característica intermediar o processo; otimizar a jornada de compra; ser transparente; e colocar os adquirentes para brigar, abrindo uma disputa por melhores taxas entre eles.

Quem sai ganhando nessa disputa? O cliente, que conquista taxas diferenciadas. Além é claro de todas as outras vantagens já citadas no tópico acima.

Casos de sucesso: Cobrança recorrente

 

1. Netflix

A netflix é um serviço de streaming que usa com maestria o pagamento recorrente.

A partir de uma assinatura os consumidores obtêm tudo que a plataforma tem a oferecer.

O mix de bom atendimento, facilidade de pagamento, qualidade no serviço, relacionamento com os clientes e constante atualização levaram a netflix a outro patamar.

2. Spotify

Também uma plataforma de streaming, o Spotify oferece o plano Premium, que é a assinatura do serviço.

Mensalmente o cliente paga um valor para ter todas as funcionalidades da plataforma liberadas.

3. Leiturinha

O clube de livros infantis tem ganhado o coração dos pais. A partir da assinatura do plano escolhido a família passa a receber um livro para os pequenos todos os meses.

Estão disponíveis como forma de pagamento o cartão de crédito e débito automático.

Métricas para empresas que usam cobrança recorrente

Empresas que usam o modelo de cobrança recorrente possuem métricas específicas que devem ser analisadas mês a mês, além das tradicionais.

As 3 principais são:

MMR (Monthly Recurring Revenue)

O MMR é considerado um dos índices mais importantes quando falamos de empresas que usam a cobrança recorrente.

Ele indica o valor que a empresa tem de receita recorrente mensal, ou seja, quanto o negócio vai receber a partir da recorrência em cada mês.

Churn

O churn ou taxa de desistência mostra a porcentagem de clientes que cancelaram a assinatura no mês. O cálculo do churn é realizado da seguinte maneira:

churn = (número de clientes que cancelaram / número de clientes no início do período) * 100

Exemplo:
Seu negócio começou o mês com 200 clientes, porém ao longo do período 20 deles cancelaram a assinatura. O churn desse mês foi 10%.

churn = (20 / 200) * 100
churn = (0,1) * 100
churn = 10%

LTV (Lifetime Value)

O LTV é uma métrica usada para definir qual o tempo médio de vida útil do cliente com a sua empresa.

Ou seja, por quantos meses o cliente paga mensalidade para a empresa.
O cálculo do LTV é feito a partir da fórmula:

LTV = Valor ticket médio x Tempo de retenção de clientes

Realizando o cálculo do tempo de retenção dos clientes:
O ticket médio da sua empresa é R$200,00 e sua empresa teve 100 cancelamentos em 1 ano.

Representação do período de cancelamento:
-  50 clientes cancelaram em 12 meses de uso;
-  30 clientes cancelaram em 10 meses de uso;
-  10 clientes cancelaram em 8 meses de uso;
-  10 clientes cancelaram em 4 meses de uso.

tempo de retenção = (50*12) + (30*10) + (10*8) + (10*4) / 100
tempo de retenção = 600 + 300 + 80 + 40 / 100
tempo de retenção = 1020 / 100
tempo de retenção = 10,2

Agora vamos ao cálculo do LTV:

LTV = 200 * 10
LTV = R$2.000

Isso significa que o seu cliente te dá R$2.000,00 de faturamento durante todo o tempo de vida útil dele com a sua empresa.

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Dica final

Agora que você já sabe tudo sobre pagamento recorrente é hora de começar a usar esse modelo de cobrança no seu negócio.

Não fique de fora e usufrua de todas as vantagens que a cobrança recorrente pode oferecer para sua empresa.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>