Entenda como faturar o ano inteiro aproveitando produtos sazonais

 

Entenda como faturar o ano inteiro aproveitando produtos sazonais

De acordo com o Sebrae, em 2017, quase 32% das micro e pequenas empresas brasileiras foram identificadas como dependentes de vendas e negócios considerados sazonais. E para os donos de negócios que operam com base em datas específicas do ano, o principal desafio é saber como manter a saúde financeira do negócio, ou seja, como faturar o ano inteiro com produtos sazonais. É comum que as empresas que se encaixam nesse perfil encarem o tema com um verdadeiro misto de emoções — às vezes com temor, às vezes com otimismo.

Experimente ContaAzul: Sistema de Gestão para pequenas empresas que pensam grande

Pudera: a sazonalidade pode ser influente o bastante para determinar o sucesso ou, infelizmente, a falência de uma empresa. Isso porque ela representa as flutuações no número de vendas ao longo de 12 meses e que se repetem anualmente. No mundo dos negócios varejistas, especialmente aqueles mais direcionados, que trabalham com moda praia, decoração de Natal, material escolar e sorvete, por exemplo, as vendas sazonais têm grande influência no faturamento, por isso precisam de atenção especial de seus donos, começando pelo planejamento.

Faça um planejamento de olho nas vendas sazonais

E nessa verdadeira montanha-russa de vendas que é trabalhar com produtos sazonais, o maior aliado do dono do negócio é, com certeza, um planejamento eficiente. Ele pode evitar não só as surpresas ruins, como ajudar a pensar em alternativas e soluções mais descomplicadas para equilibrar melhor a balança em longo prazo.

O ideal é que esse plano seja feito logo no início do ano, pois é a melhor maneira de garantir que o dono do negócio seja capaz de prever as variações que o consumo poderá sofrer. Dessa forma, ele conseguirá definir algumas estratégias para enfrentar os momentos de sazonalidade negativa — quando o consumo cai —, seja praticando um preço promocional, seja lançando outra versão do seu produto mais adequada ao momento. O importante é sempre estar disposto a contornar a situação.

Vale lembrar que, dependendo do ramo de atuação, um dos itens obrigatórios desse planejamento é o cuidado extra com o estoque. É normal que empresas com produtos sazonais, especialmente aquelas que estão começando, não façam o estoque necessário para as altas demandas, abrindo espaço para a perda de potenciais lucros, ou acabam se empolgando e enchendo as prateleiras de produtos.

Em um exemplo prático, vamos supor você tenha uma loja que venda produtos para manutenção e tratamento de piscinas. Não é de se estranhar que o pico de vendas aconteça no verão, quando as pessoas utilizam as piscinas com mais frequência e, consequentemente, buscam mantê-las sempre limpas. Simplificando: verão + aumento de vendas = estoque cheio para atender os clientes. O dono do negócio não pode perder essa oportunidade.

Esse é um exemplo típico de venda sazonal programada, que você sabe que vai acontecer. Mas, e se considerarmos que a previsão do tempo indique uma forte massa de calor nas próximas semanas para a sua região, mesmo estando em pleno inverno? Ora, é muito mais fácil limpar a piscina e garantir o conforto da família inteira do que correr para a praia no meio dessa estação, certo? Essa é uma hora perfeita para a sua empresa aumentar o estoque e se preparar para uma oportunidade fora da sazonalidade padrão — ou até eliminar o excedente que sobrou do verão. Tudo vai depender do que foi planejado inicialmente.

Entendendo o conceito de venda sazonal

Apesar dos obstáculos, a verdade é que cabe ao dono do negócio a tarefa de transformar a sazonalidade em uma ferramenta para gerar novos negócios, garantindo, assim, a saúde financeira da empresa o ano todo. Para conhecer os efeitos da sazonalidade, é preciso entender como se comportam a oferta e a procura de um produto e apurar, historicamente, como esse comportamento se apresenta. Durante o planejamento é fundamental que o dono do negócio contemple em seus planos uma boa previsão da demanda que, certamente, incluirá o acompanhamento dos efeitos da sazonalidade para o aproveitamento de oportunidades e os planos para lidar com possíveis ameaças.

Basta entender que a sazonalidade não significa apenas vender bem no momento de procura elevada, mas tirar proveito dos efeitos de alta e de baixa, com estratégias direcionadas que aproveitem a  particularidade de cada estágio. Aqui é onde o dono do negócio deve ter consciência de que todo esse planejamento se trata de um trabalho muito detalhado, que merece total atenção, especialmente em relação às finanças. Estabelecer preços e ofertas de produtos e serviços respeitando a sazonalidade do varejo ajudará a projeção de faturamento a andar conforme o planejado.

Planejando e explorando produtos sazonais para vender sempre

Não é regra, mas há diversas ocasiões nas quais o sucesso de qualquer tipo de negócio depende apenas de uma postura criativa e exploratória do dono. Um empresário à frente de um negócio focado em sorvetes e picolés, por exemplo, pode tanto sofrer para manter as contas em dia nos meses de inverno quanto aproveitar para criar sabores customizados que tenham a "cara da estação", passando a oferecer opções diferentes no cardápio, como fondues à base dos sabores de sorvete que vendem bem no verão. Inclusive, a busca por produtos alternativos costuma ser uma excelente aliada de quem trabalha com produtos sazonais: ao encontrar um nicho, o dono do negócio pode segmentar sua produção em diferentes materiais que, apesar de levarem a mesma matéria-prima na produção, possuem utilidades diversas.

Quase sempre é possível encontrar produtos relacionados ao seu mercado que garantirão um fluxo de caixa mais saudável durante todos os meses do ano. Um e-commerce de moda praia pode passar a vender roupas voltadas à prática esportiva sem quebrar a linha do negócio, por exemplo. O mesmo acontece com uma loja de chocolates que, em meses distantes da Páscoa, oferece outros doces, como bolos.

É uma questão de pensar fora da caixa. Pode ser, por exemplo, que em sua região de atuação exista a carência de algum produto inovador para atender uma demanda específica e que pode ser resolvida apenas buscando um novo fornecedor com opções diferenciadas. Assim, você encontra uma garantia de boa aceitação do público mesmo nos meses de baixa e, ainda, uma forma de "queimar" o produto sem ter prejuízo.

Garantir uma relação saudável com seu time de fornecedores também pode ser uma estratégia válida. Se sua loja já foi capaz de identificar os meses de alta de vendas e conseguiu estimar uma média de vendas no período, utilize isso a seu favor para negociar com os fornecedores. Explique a eles que logo você vai fazer uma grande compra e que, dentro daquele período, vai ter um bom lucro – para você e para ele. Com isso, pode conseguir uma negociação melhor ou até mesmo um contrato de longo prazo. O importante é ter bastante jogo de cintura para encontrar as oportunidades escondidas nas entrelinhas do seu negócio.

E então, pronto para começar a fazer um planejamento focado nos produtos sazonais da sua loja? A ContaAzul está aqui para ser uma parceira do seu negócio e auxiliar você a ter um controle financeiro eficiente, inclusive fornecendo relatórios que vão ajudar você a entender as vendas dos seus produtos, monitorando aqueles que saem mais e as épocas em que isso acontece. Entre em contato com a gente. Temos uma equipe sempre à disposição para atendê-lo!

Planejamento estratégico:  Você sabe como ter um plano de sucesso?  Preparamos um guia para auxiliar você a organizar um plano estratégico para  sua empresa Baixar o guia agora

Quer acesso a materiais gratuitos?

Junte-se a mais de 800 mil donos de negócio e receba gratuitamente novidades e dicas sobre financeiro, nota fiscal e gestão selecionadas pela ContaAzul.

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online   para você organizar sua empresa   <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://contaazul.com/funcionalidades/controle-financeiro/>  Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>