Empreendedorismo: como ter autoconfiança para ser bem-sucedido

Empreendedorismo: como ter autoconfiança para ser bem-sucedido

Ao entrar em uma sala de reunião, qual é a primeira impressão que as pessoas têm sobre você? De um empresário confiante e determinado ou de alguém inseguro e que não sabe qual será o próximo passo a ser dado? Muitas vezes, nosso corpo fala sem que tenhamos que dizer uma palavra, e pequenos gestos podem passar uma impressão errada. Portanto, ter autoconfiança e atitudes positivas é meio caminho andado para o sucesso nos negócios. Para ajudar você a se dar bem nas mais variadas situações que a rotina empresarial propõe, elaboramos algumas dicas de como ser um empreendedor seguro de si e que sabe o que está fazendo. Confira!

Experimente o ContaAzul  Cuide da gestão financeira da sua empresa com o ContaAzul. Experimente grátis

1 - Mantenha uma postura assertiva

A chave para ser equilibrado e confiante é uma questão de postura. É isso mesmo, a forma como você posiciona seu corpo ao falar com alguém mostra como você está se sentindo. Uma pessoa confiante, por exemplo, mantém as pernas alinhadas com os ombros e os pés, de 4 a 6 centímetros de distância um do outro. Além disso, os ombros ficam para trás. Apresentar-se desta forma transmite ao seu interlocutor que você tem confiança naquilo que irá falar e demonstra o quanto você está aberto para ouvi-lo. Seria diferente se você chegasse de ombros caídos, dando uma impressão de posição submissa. E fique atento: evite deixar pernas ou braços cruzados, pois esta posição pode passar a imagem de uma pessoa insegura ou que não se interessa pelo assunto que está sendo tratado.

2 - Elimine o vocabulário impreciso

Sabe quando alguém pergunta algo a você e sua resposta começa com “Eu acho…”? Bom, uma ótima maneira de passar mais confiança às pessoas é começando a eliminar esses achismos do seu vocabulário e passar a falar como quem tem propriedade naquilo que está dizendo. Por exemplo, se for mencionar algo que não tenha absoluta certeza, troque o “eu acho…” por “eu acredito…”. Só esta pequena mudança já ajudará a trazer mais credibilidade ao assunto.

3 - Preste atenção no seu rosto

Você sabe como é a expressão do seu rosto quando está falando ou ouvindo alguém, como um cliente ou um investidor? Existem pessoas que possuem linhas bastante expressivas e, muitas vezes, podem comunicar algo que não estão sentindo, passando uma impressão errada para o interlocutor. Uma boa maneira de driblar isso e passar sempre uma imagem interessante ao público é suavizar essas expressões que dão um tom negativo na conversa. Para isso, peça ajuda aos seus amigos e colegas de trabalho. Eles poderão apontar pontos em que você precisa prestar mais atenção na hora de falar com as outras pessoas. Use essas indicações para se tornar mais consciente da imagem que está projetando.

4 - Seja bem-humorado

O bom humor é sempre uma boa saída para controlar o nervosismo e conseguir retomar o controle da situação. Porém, deve ser usado com muita cautela para não se tornar algo exagerado a ponto de constranger as pessoas com quem você está falando. Por isso, vale ficar atento: bom humor não é sinônimo de ser engraçado ao extremo. Se você estiver se sentindo inseguro, pare um momento, respire fundo e confie no seu conhecimento. Comece a falar com calma, mantenha a sua simpatia e preste muita atenção na necessidade da pessoa com a qual está conversando, assim, com certeza poderá encontrar a melhor solução para o problema dela.

5 - Exponha as suas ideias

Expor suas ideias não quer dizer que você deve dizer tudo aquilo que pensa de qualquer maneira. É necessário estruturar o seu pensamento para que as palavras soem claras, facilitando o entendimento das outras pessoas. Um conselho importante é: não invente! Fale sobre aquilo que você sabe, sem tentar procurar argumentos irrelevantes e enrolar apenas para mostrar que tem opinião. A melhor forma de criar um pensamento crítico é ler bastante e se manter informado sobre o que está ocorrendo à sua volta.

6 - Tenha sempre em mãos informações sobre a sua empresa

Com os dados do negócio sempre em mãos, você tem o controle de qualquer situação que possa aparecer. Por exemplo: se um investidor perguntar sobre os rendimentos da sua empresa, você poderá informar os valores com precisão. Assim, além de facilitar a negociação, o fato de estar a par de tudo o que acontece no seu empreendimento transmite mais confiança, pois as pessoas terão certeza do você está fazendo.

E uma ótima dica aqui é que o ContaAzul proporciona isso e muito mais aos seus clientes. Com ele, você tem acesso a diversos relatórios que podem ser acessados a qualquer momento e de qualquer lugar. Sem contar que o sistema auxilia na gestão do seu negócio, tanto financeiramente quanto em questões como controle de estoque e emissão de nota fiscal eletrônica (NF-e). Desse modo, você se mantém sempre preparado para responder todos os tipos de questionamentos que surgirem com muita segurança e propriedade do que está falando.

Emita Notas Fiscais de sua empresa dentro de um sistema de gestão para evitar erros

Gostou das nossas dicas? Aproveite e conte pra gente o que você faz para ter mais confiança no seu trabalho. Estamos ansiosos pela sua participação!

 

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?