Como conseguir crédito para pequena empresa com as melhores condições

O crédito para pequena empresa é uma saída para superar a crise, mas exige estratégia. Veja como conseguir melhores condições.

O crédito para pequena empresa é uma saída para superar a crise, mas será que você está buscando a opção certa para o seu negócio? 

Eu, André Wetter, tenho o conhecimento necessário para ajudar você a escolher empréstimos, financiamentos e investimentos com as melhores condições. 

Sou cofundador da fintech de crédito a55 e sei como apoiar empreendedores em momentos difíceis.

Hoje, você vai conferir o conteúdo do meu curso online gratuito Estratégia de Crédito para Pequena Empresa, que faz parte da Formação completa sobre Retomada Pós-crise promovida pela Conta Azul.

Se você quer saber como conseguir crédito vantajoso para pequena empresa e escolher entre empréstimo, captação de investimentos e financiamento, este artigo foi feito para você.

Continue lendo e trace sua estratégia para vencer a crise. 

New call-to-action

Por que o crédito para pequena empresa é essencial

Recorrer ao crédito para pequena empresa é a solução atual para atravessar a pandemia e garantir uma base para retomar o negócio no pós-crise.

Em um momento de incertezas como esse, a prioridade das empresas é preservar o caixa e a liquidez.

Afinal, não sabemos quanto tempo temos pela frente até a recuperação econômica e estabilização do “novo normal”, e os negócios precisam se sustentar até lá. 

Por isso, o foco atual é a sobrevivência, e as modalidades de crédito e investimentos são fundamentais para manter a empresa durante a crise. 

Se você está no grupo de empreendedores que teve queda de faturamento na pandemia, esses recursos serão ainda mais urgentes para superar essa fase crítica.

Mas, antes de contratar um empréstimo ou vender parte da empresa para um investidor, você precisa comparar todas as opções do mercado e entender qual é mais vantajosa para o seu negócio. 

Diferença entre empréstimo, financiamento e investimento

Para entender como funciona o crédito para pequena empresa, precisamos diferenciar empréstimos, financiamentos e investimentos.

Entenda cada um dos conceitos abaixo.

Empréstimo

O empréstimo é uma modalidade de crédito fornecida por bancos, fintechs e corretoras com as seguintes condições:

  • O dinheiro pode ser usado livremente pelo contratante, sem a necessidade de especificar sua finalidade, como ocorre com os financiamentos
  • A maioria é concedida sem o uso de bens como garantia (exceto empréstimos com garantia de imóveis e veículos, por exemplo)
  • O acordo entre as partes é a única segurança da operação
  • Os juros são mais altos devido ao risco maior de inadimplência e facilidade de contratação.

Financiamento

O financiamento é outra opção de crédito que exige uma análise mais rigorosa e um processo mais burocrático, com as seguintes características:

  • É obrigatório prestar contas ao banco sobre o uso do dinheiro (Ex: crédito imobiliário, automotivo ou para infraestrutura)
  • O próprio bem adquirido é alienado como garantia ao banco 
  • Os prazos são mais longos e os juros mais baixos.

Investimento

Buscar um investimento, no sentido de captação de recursos para a empresa, significa encontrar um sócio disposto a aplicar dinheiro no negócio.

Nesse caso, você terá um investidor que se envolve no dia a dia da empresa, seja participando de reuniões de conselho, realizando consultorias ou cobrando métricas e resultados. 

Se o sócio for alinhado aos propósitos da empresa, ele pode trazer uma grande contribuição para o direcionamento e crescimento do negócio. 

Por outro lado, a desvantagem é perder parte do controle acionário da empresa e ter que dividir os lucros com outros sócios. 

Como escolher crédito para pequena empresa 

A escolha do crédito para pequena empresa depende do tipo de negócio e estágio em que se encontra. 

Quando se fala de uma startup, por exemplo, ainda sem faturamento e histórico, fica difícil conseguir um financiamento nos grandes bancos. 

De modo geral, estas são as opções para obter capital de acordo com o momento da empresa:

Nos primeiros estágios, a empresa se sustenta com capital próprio e pode recorrer a editais de inovações, aceleradoras e investidores-anjo para captar recursos.

Com o crescimento do negócio, você consegue mostrar a performance financeira e ampliar o acesso a produtos bancários como financiamentos e empréstimos.

Além disso, abrem-se as portas para os fundos de venture capital, private equity e, finalmente, o IPO (Oferta Pública Inicial que marca a abertura de capital na bolsa). 

New call-to-action

Empréstimo x investimento

Se você tem dúvida entre empréstimo ou investimento na hora de buscar crédito para pequena empresa, é importante considerar o impacto da decisão no futuro do negócio.

Imagine que um investidor resolva comprar 20% da sua empresa com um aporte de R$ 1 milhão, por exemplo.

Se daqui a alguns anos sua empresa valer R$ 100 milhões, significa que esse R$ 1 milhão custou R$ 20 milhões — sem falar nos dividendos que serão compartilhados com o acionista. 

Já o empréstimo, apesar de ser cobrado de volta com juros, não influencia diretamente seu capital social e mantém a empresa sob seu controle. 

Tipos de empréstimo para pequena empresa

Existem vários tipos de empréstimo para pequena empresa que podem ser contratados em bancos, financeiras e fintechs.

Estes são os mais comuns:

  • Crédito para Capital de Giro: empréstimo destinado ao equilíbrio do fluxo de caixa da empresa
  • Antecipação de recebíveis: crédito concedido como antecipação de promessa de pagamento 
  • Linhas de crédito direcionadas subvencionadas: são voltadas para segmentos e finalidades específicas, como as linhas de crédito do BNDES
  • Crédito MRR: crédito específico para empresas com receita recorrente, como um fornecedor que vende sempre o mesmo volume ou serviços por assinatura/mensalidade
  • Crédito Consignado: empréstimo descontado diretamente em folha (pessoa física), com juros mais baixos devido ao risco menor. 

Para escolher o empréstimo ideal, é preciso levar em conta critérios como juros cobrados, prazo para pagamento, análise de crédito e garantias envolvidas.

Antes de contratar, você deve comparar as ofertas do mercado e encontrar a mais vantajosa para os objetivos do seu negócio.

Além disso, é importante contar com o apoio do contador, que tem conhecimento sobre as linhas de crédito disponíveis no mercado e compatibilidade com seu negócio.

Opções de crédito para pequena empresa na pandemia

Como resposta à crise do coronavírus, o governo lançou várias medidas e opções de crédito para pequena empresa em caráter emergencial.

Estas são algumas das iniciativas:

  • Prorrogação de tributos para empresas do Simples Nacional
  • Pagamento de FGTS parcelado 
  • Prorrogação do pagamento do DAS e recolhimento e PIS/COFINS
  • Linha de financiamento emergencial para folha de pagamento
  • Programas de linha de crédito para micro e pequenas empresas.

Para saber quais são as linhas de crédito disponíveis para enfrentar a crise, consulte a coletânea atualizada do Sebrae. 

Além disso, há várias opções de crédito para pequena empresa em bancos públicos, bancos privados, cooperativas e fintechs.

Na a55, por exemplo, você pode obter crédito baseado na previsibilidade do faturamento, usando a receita futura como garantia. 

Como conseguir crédito ou investimento para sua pequena empresa

Veja o passo a passo do crédito para pequena empresa:

Tenha toda a documentação em mãos

Antes de tudo, você precisa estar com a documentação da empresa em dia para solicitar qualquer crédito para pequena empresa ou investimento.

Basta pedir ao seu contador para que reúna os demonstrativos financeiros e assine a declaração de faturamento dos últimos 12 meses, por exemplo.

Se você usa Conta Azul, será ainda mais fácil ter acesso a relatórios completos como fluxo de caixa diário e mensal, informações de vendas, balancete, DRE Gerencial, posição de contas, etc. 

Ele também poderá ajudar com contatos bancários de gerentes e financeiras, ou mesmo buscando a linha de crédito mais adequada para a sua empresa. 

Se você tiver garantias, não se esqueça de providenciar os documentos que provam seu valor ao banco — mais uma vez, tarefa do contador.

Faça uma apresentação da sua empresa

Crie uma apresentação com as informações básicas da sua empresa para conseguir melhores taxas com o banco ou investidor. Quanto mais informações relevantes, melhor. 

Inclua nesta apresentação a história da empresa, big numbers, ameaças e oportunidades do momento, verba (de quanto você precisa e como este valor foi calculado), informações financeiras (DRE, histórico de fluxo de caixa), diferenciais, projeções e garantias se houver. 

Considere os diferentes critérios de análise

Sempre que você buscar crédito para pequena empresa, terá seu negócio submetido a uma análise aprofundada.

Na a55, por exemplo, fazemos dois tipos de análises para conceder crédito aos clientes: 

  • Análise estratégica: é a análise que determina se a empresa possui requisitos para o financiamento, considerando pessoas (gestão, fundadores e investidores), produto (diferenciais e competitividade) e governança (participações societárias, contrato social e contrato de investimento)
  • Análise quantitativa e qualitativa: verifica quais os riscos e colaterais envolvidos na concessão do crédito, levando em conta indicadores financeiros como LTV/CAC, receitas LTM e crescimento do MRR/Churn, e também determina a duração mínima de contratos e multas. 

O importante é ter em mente que você sempre terá que passar por uma análise financeira e de trajetória da empresa para conseguir crédito ou investimentos.

Logo, quanto mais informações você tiver sobre a performance do negócio e perspectivas, maiores serão as chances de conseguir o dinheiro para investir no seu crescimento.

E então, ficou claro como buscar crédito para sua pequena empresa e ter mais segurança nesse momento difícil?

New call-to-action

Deixe suas opiniões e dúvidas nos comentários e aproveite para compartilhar o texto.

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>