Produtividade

Carreira de contador: 10 rumos que o profissional pode seguir

Equipe Conta Azul Equipe Conta Azul | Atualizado em: 27/06/2023 | 9 mins de leitura

Sobre o que estamos falando?

  • Muitos contadores recém-formados têm dúvidas sobre qual caminho seguir. Como regra geral, o mais indicado é optar pela área da contabilidade que mais se tem afinidade;
  • Auditoria? Consultoria? Docência? Perícia contábil? Veja em detalhes 10 possibilidades para uma carreira como contador;
  • Facilitando a rotina dos profissionais da contabilidade, a Conta Azul é a melhor aliada, independentemente de qual caminho se escolha seguir.

Cadastre-se grátis na Conta Azul Mais

Em toda graduação existem aquelas pessoas que já sabem qual área seguir, como também outras que ainda não tem certeza o nicho que desejam atuar. Na contabilidade, não seria diferente.

A melhor forma de tirar essa dúvida é conhecendo melhor as possibilidades que a profissão oferece. E, para isso, a dica principal é sempre optar por aquela que você mais se identifica, ou seja, tem afinidade, em detrimento de uma área que esteja mais em alta.

Conheça aqui os 9 rumos que um profissional de contabilidade pode seguir na carreira e descubra como a Conta Azul pode ser a melhor aliada dos contadores em qualquer uma delas.

Neste conteúdo, veja os seguintes tópicos:

carreira-de-contador-10-rumos-que-o-profissional-pode-seguir

Me formei em Ciências Contábeis, e agora?

Se você está se perguntando isso, nós trazemos uma boa notícia: a contabilidade oferece um grande leque de opções!

Como já mencionamos, é importante que você escolha uma área que você realmente goste. Além disso, é recomendado também que além do bacharelado em ciências contábeis, o contador também faça algum curso ou especialização no ramo que deseja atuar.

Outra coisa que é comum a todos os profissionais é o uso da tecnologia, que deve ser a melhor aliada dos contadores, principalmente a contabilidade 4.0.

Nessa tendência, os profissionais de contabilidade saem um pouco da atuação operacional e assumem uma posição consultiva, sendo o braço direito dos empreendedores.

Continue a leitura e conheça várias frentes de atuação na contabilidade: quem sabe você não se identifica com alguma delas?

10 possibilidades de carreira para o contador

  1. Auditor Contábil 

O auditor contábil é responsável por fazer auditorias, ou seja, checagens, entre os processos contábeis e operacionais de uma empresa. Na prática, é ele quem verifica se tudo o que consta nos livros contábeis corresponde com as saídas da empresa.

O resultado do seu trabalho são relatórios, que apontam não somente onde estão erros, como também possíveis soluções.

Além da graduação em contabilidade, os contadores que desejam ser auditores precisam realizar o Exame de Qualificação Técnica.

Trata-se de uma prova obrigatória para a obtenção do registro no Cadastro Nacional de Auditores Independentes (CNAI) e no Cadastro Nacional dos Peritos Contábeis (CNPC), aplicada uma vez por ano pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

   2. Auditor Fiscal 

O auditor fiscal trabalha para o governo, mediante concurso público e pode atuar junto à Receita Federal ou à Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, em âmbito estadual ou municipal.

Sua principal função é fiscalizar o cumprimento das obrigações tributárias da administração pública e aduaneira, combater a pirataria, fraudes, tráfico de drogas e animais.

O requisito para concorrer ao cargo de auditor fiscal é ter o bacharelado em ciência contábeis, lembrando que especializações e cursos realizados contam bastante no processo seletivo.

   3. Analista Tributário

O trabalho do analista, seja tributário, contábil e financeiro, antecede o dos auditores.

Afinal, o analista tributário atua mais no operacional da contabilidade da empresa realizando:

  • O planejamento tributário;
  • O recolhimento dos tributos de uma empresa;
  • A escritura dos livros fiscais.

Por fim, o analista tributário pode ser um funcionário público ou trabalhar em uma empresa privada.

   4. Analista Contábil 

Esse profissional também põe a mão na massa e é responsável, basicamente, por toda conciliação contábil de uma empresa.

É o analista contábil quem faz os balancetes e analisa as entradas e saídas de um negócio.

   5. Analista Financeiro 

Um contador analista financeiro trabalha com rotinas relacionadas ao setor financeiro de uma empresa.

Ele faz desde o planejamento até análise do fluxo de caixa, de modo que tudo isso esteja também em conformidade com a contabilidade.

   6. Consultor Financeiro 

Quem foi que disse que o contador só pode trabalhar com as obrigações tributárias?

Com um pouco mais de vivência de mercado e cursos na área, os contadores também podem oferecer consultorias sobre a gestão financeira das empresas.

Assim, esse profissional pode estar presente orientando o empreendedor no planejamento estratégico e até a como formar os preços do negócio.

   7. Consultor Tributário 

O consultor tributário, como o próprio nome já diz, trabalha oferecendo consultorias para as empresas, indicando o melhor caminho para resolver as suas pendências relacionadas ao pagamento de tributos.

Pode atuar de forma corretiva, quando a empresa já está passando por algum problema relacionado ao pagamento dos seus tributos e também preventiva, antecipando possíveis situações que possam gerar gargalos na empresa.

Assim como o consultor financeiro, é importante que o tributário também tenha experiência e especializações no ramo.

   8. Perito Contábil 

O perito contábil tem uma atuação semelhante a do auditor. Porém, ele não trabalha no dia a dia na contabilidade de uma empresa ou de algum órgão do governo e sim, é contratado para verificar possíveis irregularidades em suas obrigações contábeis.

Geralmente, o perito contábil entra em cena a pedido da justiça ou de uma empresa, para analisar e oferecer insumos técnicos para solucionar a situação em questão.

Lembrando que, assim como os auditores, o perito deve fazer o Exame de Qualificação Técnica.

   9. Professor de Ciências Contábeis 

A docência é outro caminho que pode ser interessante para quem se forma em contabilidade. Porém, além da graduação, é preciso, necessariamente, ter uma pós-graduação ou mestrado.

É importante também que, antes de ministrar as aulas, o profissional também tenha tido experiência com o mercado, para transmitir aos alunos, além da teoria, um pouco da prática.

Um professor de ciências contábeis pode dar aulas em cursos técnicos, graduações e especializações de contabilidade em outras áreas, como administração e direito.

   10. Ter o próprio negócio

O contador também pode empreender, ou seja, ter a sua própria empresa contábil.

Nesse contexto, ele pode oferecer tanto serviços contábeis mais operacionais para outras empresas, como a folha de pagamento, até consultorias.

Vale lembrar, para quem pensa em ter a própria empresa, independentemente do nicho de atuação, um bom sistema de gestão é fundamental.

carreira-de-contador-10-rumos-que-o-profissional-pode-seguir-2

A Conta Azul é a parceira ideal para o contador!

A Conta Azul te ajuda a alcançar os seus objetivos, seja qual for o caminho que você decida seguir, através da Conta Azul Mais. 

Isso porque a Conta Azul Mais é uma plataforma exclusiva para contadores, onde o objetivo é facilitar a rotina, fazendo com que ganhem mais trabalhando menos. Nela, esses profissionais podem:

  • Eliminar os erros com digitação, já que todos os dados dos seus clientes ficam salvos na plataforma;
  • Fazer a gestão completa da sua carteira, acessando todas as movimentações financeiras, pagamentos e documentos dos seus clientes em poucos cliques no Painel da Conta Azul Mais;
  • Gerar DAS individual ou em lote, DRE e emitir o Livro Razão automaticamente;
  • Exportar ou importar os lançamentos financeiros e qualquer outro dado fiscal dos seus clientes;
  • Configurar uma única vez os parâmetros e fazer a folha de pagamento de forma automática, independente do nicho de atuação ou regime de tributação do cliente;
  • Receber notificações das rotinas mensais dos seus clientes e muito mais!

Pensa que acabou?

Os contadores parceiros da Conta Azul ganham acesso gratuito à Conta Azul Gestão Financeira, plataforma para gestão dos escritórios de contabilidade.

Com ela, é possível acompanhar em tempo real o recebimento dos seus honorários e todas essas movimentações podem ser integradas ao fluxo de caixa. Assim, a conciliação bancária é feita de forma automática

Outra vantagem é o fato de poder emitir notas fiscais de serviço para mais de 300 cidades homologadas, gerar boletos para pagamentos recorrentes e pagar apenas pela compensação.

Além disso, com o Conta Azul  Mais, clientes e contadores saem ganhando, pois é possível integrar à contabilidade com os demais setores da empresa através do Conta Azul Pro, ERP da Conta Azul. 

Dessa forma, quando uma venda é realizada, essa informação automaticamente é atualizada em todos eles, facilitando a rotina dos contadores, que não se perdem mais na hora de fazer a conciliação fiscal de uma empresa.

E, para estimular os clientes dos contadores a utilizarem a Conta Azul, conforme o seu nível de parceria, oferecemos descontos na contratação da Conta Azul Pro.

Então, se você trabalha em uma empresa ou tem seu próprio escritório, pode usar a Conta Azul para facilitar o seu dia a dia, dos colegas de trabalho e também dos clientes.

Agora, você optou pela docência, pode utilizar o exemplo da Conta Azul para mostrar, na prática, como uma ferramenta de gestão pode transformar positivamente os processos contábeis de uma empresa.

Viu só como a Conta Azul pode ser a sua melhor aliada? Gostou e quer se tornar um contador parceiro da Conta Azul? Clique aqui para começar agora a sua jornada de sucesso na contabilidade!

Leia também