Contabilista ou contador? Entenda as diferenças!

Sobre o que estamos falando?

  • Contadores e contabilistas são denominações para duas categorias de profissionais que trabalham com Contabilidade;
  • Entenda as principais diferenças, onde atuam e qual a formação exigida para cada uma dessas profissões. Veja também qual deles contratar para a sua empresa;
  • Com a Conta Azul, todos os setores da sua empresa podem ser integrados à Contabilidade. Reduza os custos com impressão, erros de digitação, e envie todas as notas fiscais sem precisar de malotes. São muitas vantagens!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Pequenos empreendedores, ainda na fase inicial do negócio, sabem que precisam de apoio para navegar os desafios contábeis e fiscais. Contudo, pode ser difícil entender exatamente quais profissionais são indispensáveis. Escolher entre contabilista ou contador é um desafio. É por isso que estamos aqui para ensinar você como escolher o melhor perfil para o seu momento de empresa.

Vamos a um exemplo clássico.  Você traz um consultor para melhorar a gestão da sua empresa. Chega o diagnóstico: o consultor diz que você precisa de um contador, e com urgência. Ao comentar isso com um colega empreendedor, ele diz que um contabilista resolve o seu problema e os serviços deste profissional são bem mais baratos.

“Mas, contador e contabilistas são sinônimos? Como atuam cada um desses profissionais? Qual deles contratar para minha empresa?”

Parece confuso? Sim, ambos atuam com contabilidade, mas nem todo contabilista é um contador.  Continue a leitura para tirar todas essas dúvidas e entender mais sobre essas duas profissões, nos seguintes tópicos:

contabilista-ou-contador-entenda-as-diferencas 

Por que é importante saber a diferença entre contabilista e contador?

Para quem está começando um negócio, a Contabilidade, com tantos termos e processos, pode parecer um mistério. Com o tempo curto e o caixa apertado, o empreendedor muitas vezes foca no seu produto ou serviço final. As questões administrativas ficam de lado.

À medida que a empresa cresce, as obrigações fiscais e tributárias ficam cada vez mais complexas. Ao deixar para buscar orientação de um profissional tardiamente, sua empresa pode correr sérios riscos.  As multas devido ao atraso no pagamento de tributos são apenas um exemplo. A melhor forma de evitar que isso aconteça é buscando ajuda especializada para cuidar da contabilidade, começando na abertura da empresa. 

É aí que surge a dúvida de quem contratar:

  • Contador;

  • Contabilista; ou

  • Técnico em Contabilidade.

Por isso, conhecer a diferença entre eles ajuda você a entender qual desses profissionais é indispensável. Entenda agora o que cada um deles faz, e se que faz sentido contratar para a sua empresa no momento em que ela se encontra. Leia e descubra se você precisa mesmo de um contabilista ou um contador.

O que é um contador? 

O contador é o profissional responsável por cuidar das obrigações tributárias, fiscais e financeiras de uma empresa ou de uma pessoa física. 

Esse profissional também dá suporte consultivo ao empreendedor na gestão da empresa. Ele pode, sim, entregar a DRE — Demonstração do Resultado do Exercício. Mas vai além, explicando ao dono do negócio como reduzir uma despesa. As consequências dessa proximidade entre o empreendedor e o contador impactam no resultado da empresa.

Essa visão estratégica influencia direta e indiretamente o que entregam ao cliente. Com um suporte consultivo de gestão, a empresa fica mais organizada. O dono consegue pensar em outros aspectos do negócio, como melhorar seus produtos e serviços. Uma melhor  alocação de recursos também permite oferecer mais valor ao cliente.

Qual é a formação do Contador?

O Contador formaliza o seu conhecimento no curso de Bacharelado em Ciências Contábeis. Para validar o domínio do tema, ele precisa obrigatoriamente obter a habilitação. Somente com o registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade é possível atuar na profissão. Por isso, não deixe de exigir esse documento ao contratar um contador. 

Onde ele atua?

Em todas as empresas, a atuação do contador é obrigatória, conforme o artigo 1179 da Lei nº 10.406, que diz:

“O empresário e a sociedade empresária são obrigados a seguir um sistema de contabilidade, mecanizado ou não, com base na escrituração uniforme de seus livros, em correspondência com a documentação respectiva, e a levantar anualmente o balanço patrimonial e o de resultado econômico.”

A única exceção é no caso das microempresas que, embora tenham obrigações legais, não precisam ter um contador para isso. Já em relação às pessoas físicas, essas podem recorrer ao contador para atividades específicas. Um bom exemplo é a Declaração de Imposto de Renda da Receita Federal

O que é um contabilista? 

Assistente, técnico contábil e contador: o termo contabilista engloba todos os profissionais que trabalham com a Contabilidade. O diploma de bacharel não se aplica nestes casos, e por isso houve uma nova regulamentação do Conselho Federal de Contabilidade. Em 2010 se estabeleceu que, no lugar de contabilista, o termo “profissional da contabilidade” deve ser utilizado para designar todos os profissionais da área.

Qual é a sua formação?

Um contabilista pode ter:

  • Graduação superior em ciências contábeis e, assim, atuar como contador;

  • Cursos técnicos de contabilidade, para atuar como assistente ou técnico contábil.

Lembrando que, em ambos os casos, os cursos precisam estar regulamentados pelo MEC - Ministério da Educação e Cultura.

Onde ele atua?

Enquanto Contador, o contabilista pode atuar como falamos anteriormente.  Já como Técnico em Contabilidade, o contabilista trabalha nos setores financeiros e contábeis das empresas, dando suporte ao contador. 

O Catálogo Nacional de Cursos Técnicos - CNTC, material do MEC que orienta a criação de cursos técnicos de várias áreas, aponta que o técnico em contabilidade, ao final dessa formação, pode, dentre outras coisas:

  • Organizar, controlar e arquivar documentos relativos à atividade contábil da empresa;

  • Registrar as operações contábeis da empresa, como pagamento de tributos e folha de pagamento;

  • Gerenciar os recebimentos da empresa, ou seja, as entradas e saídas.

Quais são as principais diferenças entre contabilista e contador? 

Contabilista e contador, como já mencionamos, são duas categorias profissionais da contabilidade.

As diferenças principais entre elas, conforme a resolução n.º 560/83, estão em algumas atividades que só podem ser desempenhadas pelos contadores, como:

  • Auditoria e perícia contábil;

  • Apuração de patrimônio;

  • Declaração de Imposto de Renda de pessoas jurídicas;

  • Conciliação de contas;

  • Revisão de balanços. 

Segundo a mesma resolução, existem em torno de 20 tarefas podem ser executadas tanto pelos contadores quanto pelos contabilistas, dentre elas:

  • Prestar assessoria fiscal;

  • Desenvolver planejamentos tributários;

  • Cuidar dos lançamentos financeiros, contábeis e das obrigações fiscais da empresa;

  • Controlar contas a pagar e a receber; 

  • Conferir documentos fiscais e financeiros;

  • Preparar guias para recolhimento de tributos;

  • Emitir notas fiscais e gerar boletos.

Na prática, o contador tem autonomia perante a lei para cuidar de toda a Contabilidade da empresa, enquanto o técnico contábil, em boa parte deles atua apenas auxiliando nos processos contábeis. 

contabilista-ou-contador-entenda-as-diferencas-2

Contabilista ou contador: qual deles contratar para minha empresa?

Como já falamos, o contador é indispensável para qualquer empresa, por dois motivos:

  • Há uma obrigação legal. Toda empresa precisa manter as suas obrigações contábeis.

  • É preciso saber se a empresa está com o faturamento necessário. Ou seja, ter a contabilidade do negócio em dias e organizada.

Já o contabilista, devido às limitações impostas pela própria legislação, é apenas um auxiliar. Contribui organizando as rotinas e organizando os dados necessários.

Devo contratar os dois? Bom, se você tiver dinheiro em caixa, vale a pena contratar os dois profissionais. O Contabilista pode ajudar também no financeiro. Porém, se o dinheiro estiver pouco, insista no Contador.

Procurando um contador? A Conta Azul te ajuda: encontre um profissional perto de você!

A Conta Azul faz a integração entre seu negócio e o contador

Multas devido ao atraso no pagamento dos impostos, erros na emissão das notas fiscais, dificuldades na conciliação fiscal e bancária… Com a Conta Azul, você dá adeus a todos esses problemas!

Você sabia que com o ERP da  Conta Azul  você pode revolucionar a maneira com que sua trabalha? Com ele, é possível monitorar os principais setores: das vendas ao estoque e financeiro, de onde estiver e com poucos cliques.

O melhor de tudo é que, através de integrações, tudo é atualizado em tempo real. Quando uma venda ocorre, por exemplo, é dada a baixa no estoque. Esse lançamento já vai direto para o financeiro e a contabilidade automaticamente.

Com o ERP Conta Azul, você pode:

  • Emitir notas fiscais de forma simples e importar os seus certificados A1 e A3;

  • Enviar pela plataforma todas as suas notas fiscais para o contador, sem precisar de malotes e ao cliente, por e-mail;

  • Economizar com impressão e também com retrabalho devido a erros de digitação;

  • Guardar as notas fiscais na nuvem, ou seja, online, pelo tempo recomendado pelo Fisco, que é de 5 anos;

  • Consultar as notas fiscais emitidas e canceladas quando quiser.

A Conta Azul também tem o Receba Fácil, solução que agiliza e simplifica os seus recebimentos, sejam eles via Pix Cobrança, boleto e cartão de crédito, através do link de pagamento. Assim, você pode receber pagamentos mesmo sem ter um site ou máquina de cartão. 

Cuidar da sua empresa nunca foi tão fácil! Experimente essas e outras facilidades da Conta Azul sem pagar nada.

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

Cadastre-se em nossa Newsletter:*