Conheça os produtos mais vendidos na internet em 2021

 

Sobre o que estamos falando?

  • Os produtos mais vendidos na internet em 2021 estão ligados a setores como moda, beleza, educação e tecnologia; 
  • Conheça a lista dos itens mais comprados online e saiba porque seu negócio precisa começar a vender na internet; 
  • A Conta Azul simplifica a gestão da sua empresa através de um sistema online integrado com diversas plataformas de e-commerce. Assim sobra mais tempo para você aumentar suas vendas!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Se você está pensando em iniciar um e-commerce ou quer migrar seu negócio para o digital, talvez tenha dúvidas sobre os itens preferidos dos consumidores. Para isso, selecionamos os produtos mais vendidos na internet em 2021 para você se inspirar e começar a empreender online. Continue a leitura e conheça os principais!

conheca-os-produtos-mais-vendidos-na-internet-em-2021-1

Os produtos mais vendidos na internet em 2021

Ficou interessado em ter um e-commerce, mas não sabe quais produtos oferecer? Para inspirar, selecionamos os produtos mais vendidos na internet durante este ano. 

1. Roupas, sapatos, bolsas e acessórios


O varejo de moda representa 19% dos produtos mais vendidos na internet. Mesmo que não seja possível experimentar as roupas, as facilidades para realizar trocas e devoluções, fotos reais dos produtos com descrições detalhadas e tabelas de medidas, contribuem para o sucesso do segmento. 

2. Perfumes e maquiagem


Assim como o varejo de moda, o setor de beleza está no ranking dos produtos mais vendidos na internet. O motivo disso é que os e-commerces especializados em produtos desse tipo contam com uma variedade muito maior do que em lojas físicas. 

3. Móveis e decoração


Produtos para decorar a casa tiveram uma grande procura pelos consumidores neste ano. E não foram só quadros, nichos e outros objetos que entraram no carrinho de compras do brasileiro. Os móveis, como camas e sofás, também contaram com um grande volume de vendas. O destaque aqui é a tendência hands on, de arrumar a própria casa por conta, através de dicas dos e-commerce de decoração. 

4. Celulares e notebooks


É desde antes de 2010 que esses produtos são mais vendidos na internet do que em lojas físicas. Isso porque com tantos dispositivos novos sendo lançados todo ano, fica mais simples para as lojas concentrarem o estoque em centros de distribuições do que enviar os modelos para as lojas físicas.

Mais um ponto para o comércio online aqui. 

5. Games e livros


O setor de entretenimento representa uma boa fatia das compras online. Tudo que envolve jogos, sejam eles de tabuleiro ou vídeo games, foi muito procurado durante o ano de 2021. 

Os livros cresceram 97,25% em vendas, se comparado ao ano passado e os filmes também entram na lista. 

6. Cursos online


A procura por estudo ou capacitação pela internet fez o mercado de vendas de cursos EAD disparar em 2021. Diversas plataformas online de ensino, como Udemy e Hotmart, faturaram alto este ano vendendo cursos de diversos nichos.

Por que minha pequena empresa deve vender na internet? 

Contra dados, não há argumentos! As vendas na internet vieram para ficar e já se consolidaram como uma das principais modalidades do Brasil, que integra a lista dos 10 países com maior crescimento de e-commerce, segundo pesquisa da eMarketer.

De acordo com um levantamento feito pela ABComm, o número de lojas online cresceu 400% durante o ano de 2020, e mais de 100 mil lojas físicas migraram para o e-commerce. Em termos financeiros, as lojas online devem fechar o ano de 2021 com faturamento de R$ 304 bilhões, segundo dados da FGV.

E não é só o número de lojas online que aumentou, o número de pessoas que estão comprando online também subiu. Para ter uma ideia, em 2021, 88% dos brasileiros fizeram compras pela internet, um aumento de 8% em relação ao ano anterior. 

E se todos esses dados ainda não te convenceram começar suas vendas pela internet, confira algumas vantagens dessa modalidade: 

  • Baixo investimento inicial: não é preciso alugar e montar um espaço, dá para fazer tudo de casa; 

  • Maior alcance e disponibilidade: ao contrário da loja física, o e-commerce pode ser acessado por consumidores em qualquer lugar do Brasil e do mundo. Hoje, é possível vender pelo Instagram, WhatsApp, site e marketplace; Além disso, a loja online fica disponível 24 horas e seu cliente pode comprar no meio da madrugada, se quiser;

  • Venda conforme a demanda: no caso de produtos mais caros e customizados. Você não precisa manter um estoque de alto custo sem saber se o produto terá saída, você consegue medir a procura pelos itens e adicionar prazo às entregas;

  • Aumento nas vendas: a comodidade de poder comprar sem sair de casa é irresistível para o consumidor. Além disso, você tem inúmeras estratégias e ferramentas de marketing digital à disposição para atrair seu público até sua loja online e incentivar a compra.

conheca-os-produtos-mais-vendidos-na-internet-em-2021-2

Passo a passo para seu negócio vender mais no digital

As vendas online podem ser a porta de entrada para começar a empreender, e o processo de abertura desse tipo de negócio não é tão complexo. E para aqueles que já possuem uma loja física, meio caminho já está andado. 

No entanto, antes de lançar seu e-commerce, é preciso seguir alguns passos:

1. Escolha bem quais produtos oferecer e para qual público


Se você já trabalha com algum produto ou gosta de algum nicho específico, é melhor seguir por esse caminho. Mas lembre-se: os hábitos do consumidor online são diferentes dos hábitos de clientes de lojas físicas.

Então, é importante pesquisar se os produtos que você vende contam com grande procura online, visitar sites de concorrentes e acompanhar estudos do mercado.

Geralmente, as lojas virtuais menores se saem melhor com produtos bem segmentados e públicos-alvo menores, já que não conseguem concorrer com as empresas gigantes do varejo online.

2. Selecione seus canais de venda


Para vender bem, a escolha da plataforma utilizada para as vendas online é muito importante. Veja algumas opções: 

Também é possível vender por redes sociais como Facebook e Instagram, mas o ideal é ter seu próprio espaço online.

3. Determine os preços de cada item com estratégia


Os produtos mais vendidos na internet em 2021 não estão nessa lista por conta de preços baixos, mas sim porque contam com boas estratégias de precificação. 

Para você fazer isso da melhor forma, não pode simplesmente estipular um valor por intuição ou porque é o mesmo da concorrência. Isso pode trazer sérios problemas financeiros.

Por isso, na hora de determinar os preços é preciso atenção e conhecimento sobre margem de lucro, valor agregado e custos fixos e variáveis. 

Ficou confuso? Confira este artigo tudo o que você precisa saber sobre precificação

4. Ofereça vários meios de pagamento


Os meios de pagamento digitais já fazem parte da nossa vida, principalmente pela praticidade e rapidez que oferecem, então, não dá para aceitar só depósito bancário certo?

Então, além do cartão de crédito e boleto bancário, confira os principais meios de pagamento que sua loja online deve aceitar: 

  • Pix Cobrança: o Pix Cobrança está disponível apenas para pessoas jurídicas. Através dele, as empresas podem cobrar os seus clientes através do envio de numerações e QR code únicos para pagamentos via Pix;

  • Link de pagamento: o link de pagamento, como o próprio nome já diz, é um link que contém as informações da compra que o cliente deseja realizar. Ele pode escolher a forma de pagamento, ou seja, Pix, cartão de crédito ou boleto para finalizar a transação. Podendo ser enviado pelas redes sociais, como Instagram e pelo WhatsApp;

  • QR Code: um código que pode armazenar qualquer informação, como endereço da sua empresa, preços e informações para pagamento de uma compra. O principal benefício do QR code é a praticidade, já que basta apenas apontar a câmera do celular ou abrir aplicativos específicos para fazer a leitura do código e realizar a ação. 

5. Divulgue nos canais certos


Ter a sua presença digital bem feita traz mais confiança diante dos consumidores. É claro que essa relevância deve ser reforçada com a produção de conteúdos em blogs e redes sociais, por exemplo, mas a loja virtual por si só transmite grande credibilidade.

Dessa forma, você precisa entender onde o seu cliente prefere receber divulgações da sua loja. Pode ser por e-mail, WhatsApp, Instagram ou Facebook, depende do seu público. 

6. Ofereça um bom atendimento e pós-venda 


O atendimento é um canal direto entre sua loja e os clientes. Por isso, investir em um bom atendimento é uma ótima estratégia para melhorar os índices de fidelização, e, consequentemente aumentar as vendas

Outro ponto importante é o pós-venda. Sempre que possível, mantenha um contato próximo com o cliente e se mostre disponível, antecipando possíveis reclamações. 

Fazendo todo esse trabalho, o relacionamento com seu cliente estará mais próximo, e você poderá enviar mensagens com novidades, lançamentos e promoções do início do ano procurando fechar mais vendas.

Otimize sua gestão financeira e venda mais com a Conta Azul

Quer que seu e-commerce integre a lista de produtos mais vendidos na internet? Então você precisa de um parceiro que centralize todas as atividades da gestão financeira em um único lugar.

Todos que trabalham com vendas precisam emitir notas, monitorar o fluxo de caixa, ficar de olho nas remessas que entram na conta da empresa e conhecer seus clientes.

Todas essas tarefas e muitas outras se tornam mais fáceis quando você conta com o ERP Conta Azul, uma solução completa para quem deseja reduzir o tempo gasto com operações de controle, eliminar os erros que podem aparecer nesses processos e integrar os setores mais importantes do negócio.

Nosso ERP foi feito pensando em você, gestor de um pequeno negócio que deseja focar seus esforços naquilo que realmente importa para o crescimento dos resultados. O resto você deixa com a gente!

Além do ERP Conta Azul, você pode aproveitar todas as vantagens do App Conta Azul de Bolso, que te ajuda a acompanhar suas vendas de onde estiver, no seu celular!

Se você quer vender mais e criar novos canais para fechar negócios, não deixe de conhecer o Receba Fácil, solução ideal para vender online sem site e com diversas formas de pagamento, como Pix Cobrança, cartão de crédito, débito e link de pagamento.

Que tal conhecer nossas funcionalidades para o seu negócio vender mais o ano todo? Clique aqui e faça um teste grátis!

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?