Como fugir de prejuízos causados pela estagnação de um produto ou serviço

Como fugir de prejuízos causados pela estagnação de um produto ou serviço

A cultura de gerir “apagando incêndios” acaba criando uma indisciplina administrativa, resultando em processos despadronizados, ou seja, em desorganização na gestão. Uma empresa que passa por isso acaba por ter em suas mãos um prato cheio para prejuízos.

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Esses problemas podem se refletir no fornecimento de um serviço, mal apresentado ou executado sem uma qualidade mínima e, em outros casos, nos produtos, que ficam parados no estoque por falta de pesquisa prévia do mercado, gerenciamento ruim de recursos e até descaso com o marketing.

A estagnação é, muitas vezes, caminho de empresas que têm alguma falha em seu processo administrativo. Afinal, não saber gerir corretamente recursos humanos e financeiros afeta o trabalho e, consequentemente, a forma como os clientes enxergam a empresa.

Produtos que não vendem, serviços que não geram interesse de nenhum cliente… Dá para fugir dos prejuízos causados por essa estagnação? Sim, sem dúvida. No entanto, sua margem de lucro não será tão alta quanto a dos produtos ou serviços que tiveram suas saídas conforme o planejado.

Com três passos você foge dos prejuízos. Confira:

Faça análises

Se a empresa já está à beira do prejuízo devido a estagnação, o passo emergencial é analisar o que está dando errado. No caso de coleções no segmento de vestuários, por exemplo, o motivo da estagnação pode ser desde a sazonalidade até uma influência externa ao comportamento típico do consumidor.

A análise do que pode estar motivando a estagnação é fundamental para se chegar à raiz do problema. Se a análise não for bem feita, qualquer decisão tomada poderá resultar em um ciclo vicioso de problema -solução paliativa - problema. Reserve um tempo para discutir com a equipe quais são as impressões sobre o que acarretou falhas antes de tomar qualquer decisão precipitada.

Venda adequadamente

A estagnação de um produto ou serviço nada mais é do que o reflexo da junção de um ambiente desfavorável com uma administração não tão boa. Após analisar e descobrir qual é o verdadeiro problema, o próximo passo é definir duas estratégias para resolvê-lo: uma a curto e outra a longo prazo.

No caso de produtos, o ideal a se fazer para liberar o estoque e converter produto parado em lucro é a promoção. Entenda a representatividade daquele montante para a linha e ofereça o máximo de desconto que você pode dar sobre ele, mantendo uma margem mínima de 3% de lucro sobre a peça.

A busca por soluções de curto e longo prazo também vale para os serviços. No caso de um hotel, por exemplo, fazer parcerias com agregadores de ofertas para oferecer os serviços diferenciados, como um quarto mais simples a um custo abaixo da tabela para viajantes que pretendem ficar pouco tempo, é uma ótima saída. Em serviços, o modo mais certeiro de fazer o caixa girar é investir em uma boa estratégia de marketing.

Não tenha medo de mudar

Um bom case para mostrar que não apenas empresas pequenas e médias passam por isso, é a situação em que a construtora paulista Trisul se viu em 2009. Ao entrar em um mercado que não era sua especialidade, no caso a construção de imóveis para clientes de baixa renda, acabou expandindo seus negócios sem fazer um bom plano de ações futuras. Dois anos depois das altas vendas, acabou caindo em estagnação. Aparentemente sem saída, a empresa mudava seu posicionamento ou iria à falência. Não restaram dúvidas sobre qual caminho tomar, embora tenho sido um processo difícil passando pelo corte de 5 diretorias e a demissão de 200 funcionários. A reformulação da empresa durou cerca de dois anos e mudou os números de faturamento da empresa. Ela conseguiu sair de um prejuízo de 33,7 milhões no início de 2011 para um lucro de 4 milhões em Junho de 2013.

Como ela conseguiu fazer isso?

Mudando seu posicionamento de uma construtora nacional para uma regional especializada. O foco foi em crescimento organizado e muito planejamento a longo prazo.

Para fugir do prejuízo da estagnação, fuja da gestão de incêndios e planeje antes o que quer que aconteça. Se parece que não há tempo para criar um plano de negócios, acredite, é melhor fazer isso agora do que ter dores de cabeça no futuro. E lembre-se que, além de planejamento, a gestão da empresa também é fundamental.

Planilha Controle de Vendas  Preparamos uma planilha para organizar o dia a dia das vendas no seu negócio Baixar a planilha agora

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?

 
<https://cta-service-cms2.hubspot.com/ctas/v2/public/cs/c/?cta_guid=50ebdc92-329a-40a1-9caf-fa81543a8adc&placement_guid=2fe57723-5fb5-47c5-b9eb-e06d10883d31&portal_id=652034&redirect_url=APefjpH-sJodulB40LkLn3KOdjabGsRQrvD-UzG_-mxgFGYOQY7Pax91wMczwqC9tjy6OjwX00HU_Bo7PUPMr5BIKOv40gMMcHS86PIGVrS7qRooJBOJ-7oexC4LmqeY82ilgISiw_vgWj_M6UrXXz1MrtJWPp1fCkV3L8k9Z1TtKD_8zvHbHbmBJ-eUK8zfoV_QfTmHP_eg4dFVeSu30yynTNlUDR2aWCt8pi1edP5oHylON5s64GfVFnCwR305nirbsqyzLULbK7y2JSzUtMlN7fQ4XNMBWGbmU8axTsYxArQmFT5Bef95SSu6-RPgLNW5AplENu_zmV3QuRJ6K_Gd5RpBPj09UQ&hsutk=69c6ede4c71301f633be694182efeb4b&canon=https%3A%2F%2Fblog.contaazul.com%2Fo-que-e-pro-labore-ab&click=2a99f1b9-eb95-4503-bbbb-7be3d73be873&pageId=5442744710&__hstc=99675841.69c6ede4c71301f633be694182efeb4b.1512590389679.1512590389679.1512647250062.2&__hssc=99675841.7.1512647250062&__hsfp=1187972499>  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   ContaAzul é o sistema de gestão online  para você organizar sua empresa   <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>  Quero Saber Mais  <https://experimente.contaazul.com/controle-financeiro/>   Experimente Grátis <https://contaazul.com/cadastro/>