Como economizar com motoboy em grandes cidades

Como economizar com motoboy

Nas grandes cidades, para enviar documentos, levar pequenos equipamentos ou transportar encomendas de menor porte, o serviço de entrega expressa é bastante requisitado por empresas de diferentes tamanhos. A urgência para superar um trânsito por vezes caótico explica a procura. Mas como economizar com motoboy, principalmente em metrópoles, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte?

Conta Azul é um sistema de gestão para controlar as contas a pagar de sua empresa

Para encontrar a melhor solução ao gerenciar as demandas de motofrete e identificar o serviço que melhor atende à sua empresa, vale analisar alguns pontos importantes, a começar pelo que pode ser transportado dessa forma e do que faz sentido levar por esse meio.

O que um motoboy pode transportar

A Lei 12.009/2009 é que estabelece as regras para a realização de serviço de motofrete no Brasil. Segundo a legislação, há uma série de equipamentos obrigatórios para o transporte, incluindo aí itens de segurança e acessórios necessários, como o baú.

É importante destacar que o motoboy não pode dar carona nem transportar pessoas. Também não é permitido que ele leve mais carga do que comporta o baú na moto. Para o transporte de animais, por exemplo, há necessidade de compartimento adaptado. Nesse caso, provavelmente será mais indicado o uso de outros tipos de veículo.

Também o transporte de valores não é recomendado por empresas de motofrete, já que pode representar riscos de segurança tanto ao mensageiro quanto ao valor. Considerando esses fatores, o ideal é que a sua empresa recorra a outras modalidades.

Para que atividades você precisa de um motoboy

Um motoboy faz toda a diferença para envio de documentos à contabilidade. Ainda que existam recursos que facilitam a comunicação e repasse de dados ao contador de forma online - como o oferecido na integração contábil do ContaAzul - muitas ainda são as empresas que reúnem os documentos comprobatórios do fechamento financeiro e da folha de pagamento para encaminhar fisicamente ao escritório.

O transporte de documentos e materiais a fornecedores ou a clientes (inclusive deles até a sua empresa) também é bastante usual. Nesses casos, uma prática comum e perfeitamente aceitável é solicitar que o mensageiro espere e retire outro item para trazer de volta à empresa, quando for o caso.

Entregas rápidas e urgentes são outra boa pedida para economizar com motoboy. A ideia não é dar uma missão impossível ao profissional, mas contar com a agilidade desse tipo de serviço faz todo sentido para quem precisa ganhar tempo.

Como a tecnologia ajuda

Falando em agilidade, um recurso que cada vez mais empresas têm usado é buscar o apoio da tecnologia para localizar motoboys. Um dos exemplos desse tipo de solução é a Loggi, que possui aplicativos para iOS e Android para solicitar esse serviço, conectando mensageiros com empresas como a sua, que precisam de uma entrega.

Além da facilidade, a plataforma concentra o pagamento - com cartão de crédito ou boleto - e permite acompanhar em tempo real o deslocamento do local de partida até o destino, por meio de um mapa no app. Ao final, há um protocolo eletrônico, que funciona como um comprovante da entrega. O valor é calculado automaticamente a partir da quilometragem rodada e do tempo de espera do mensageiro.

Como economizar com motoboy

Além da escolha do serviço de motoboy com custo acessível e qualidade nas entregas, existem outras boas práticas para reduzir os gastos com frete. Separamos algumas dicas a seguir.

Concentre os envios em dias específicos

Em empresas com mais de um sócio ou que já têm funcionários, por vezes ocorre de diferentes pessoas ou áreas precisarem do serviço de motoboy. Querendo ou não, isso tem um custo - que pode ser aliviado. Definir dias do mês ou da semana específicos para chamar um motoboy exige a cooperação de todos, mas favorece uma organização melhor.

Caso haja mais de uma parada, pense em trajetos melhores

Se você conseguir concentrar demandas de diferentes pessoas ou áreas da empresa em um dia da semana, provavelmente vai precisar gerenciar o trajeto. Certamente, o mensageiro pode ajudar, mas vale levar em conta o horário e os trechos percorridos para evitar zonas de muito congestionamento em horários de pico. Isso permite agilizar a entrega e reduzir a quilometragem - o que é sinônimo de economia.

Evite urgências com melhor organização

Organizar a gestão e as demandas de clientes e fornecedores também ajuda a diminuir gastos com frete, na medida que sua empresa evita muitas das urgências. A maior antecedência também permite negociar melhores condições de preço com fornecedores e evita estresse com o cliente. Mas se alguma emergência acontecer - e a gente sabe que parte delas é inevitável - você tem a quem recorrer e sabe o que fazer.

Organize a documentação da empresa para evitar esquecimentos

Antes de chamar o motoboy, vale a pena separar e organizar os documentos ou materiais que precisam ser transportados por ele. Deixar para juntar a papelada na última hora aumenta o risco de um esquecimento ou de erros nessa seleção. Um bloco de guias ou notas fiscais não enviadas ao contador, por exemplo, vão significar uma nova demanda desse tipo de serviço - e mais gastos.

Aproveite o recurso

Ao entender melhor o que pode ser levado por um motoboy e adotando as melhores práticas para reduzir gastos desnecessários, sua empresa tem condições de aproveitar a principal vantagem que esse serviço proporciona, que é mesmo a agilidade no deslocamento para solução de suas demandas de transporte.

Vale lembrar que em uma grande cidade como São Paulo, Rio de Janeiro ou Belo Horizonte, assim como nos municípios de seu entorno, seria praticamente impossível fazer um documento cruzar diferentes bairros sem esse apoio rápido e eficaz.

O segredo, como você viu neste artigo, está no planejamento e organização - o que está sempre no radar dos bons gestores, em todas as áreas da empresa. Para economizar com motoboy, então, vale relembrar as principais dicas e apostar nessa ideia:

  • Envolva a todos na empresa para que as demandas de transporte sejam planejadas
  • Faça a previsão de um dia específico para acionar o serviço de motofrete
  • Defina um roteiro que atenda a todas as demandas no menor percurso
  • Avalie o serviço oferecido para garantir o melhor emprego dos seus recursos
  • Lembre que a organização facilita a prestação do serviço e evita esquecimentos.

Planilha Fluxo de Caixa Mensal  Com esta planilha você faz o controle mensal do caixa da sua empresa Baixar a planilha agoraE você, o que mais coloca em prática na sua empresa para economizar com motoboy? Deixe suas dicas e compartilhe este conteúdo!

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?