Como agregar valor ao seu serviço com produtos relacionados

Sobre o que estamos falando?

  • Agregar valor é oferecer uma experiência diferenciada aos seus clientes, indo além da qualidade dos produtos e serviços. Com isso, você pode se diferenciar da concorrência, conquistar consumidores fiéis e aumentar o seu faturamento;
  • Entenda melhor esse conceito e veja dicas para agregar valor aos seus produtos e serviços. Descubra também porque é tão importante identificar o seu público-alvo para oferecer experiências cada vez melhores;
  • Com a Conta Azul, você pode cadastrar todos os dados de seus clientes, desde o endereço até às preferências, o que é essencial na hora de agregar valor aos seus produtos e serviços.

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

Agregar valor aos produtos e/ou serviços pode gerar uma série de benefícios para sua empresa. Essa é uma maneira de se diferenciar da concorrência, elevar a percepção de qualidade da sua empresa e ainda aumentar o faturamento.

Isso se aplica principalmente aos empreendedores que vendem apenas produtos, já que eles também podem oferecer serviços relacionados para agregar valor às mercadorias.

Mas de que forma essas estratégias funcionam? Aqui, você irá tirar suas dúvidas sobre: 

Nos tópicos a seguir aprenda o que é agregar de fato e descubra as dicas essenciais da Conta Azul para colocar seus planos em prática. Continue lendo!

como-agregar-valor-ao-seu-servico-com-produtos-relacionados

O que significa agregar valor?

Antes de qualquer coisa, para que você realmente entenda o que é, agregar valor remete à ideia de oferecer uma experiência melhor do que a concorrência pelo mesmo produto ou serviço. Ou seja, é qualquer tomada de decisão com o objetivo de elevar o patamar e ganhar a preferência do mercado. 

Com esse viés, empresas que investem no alto valor agregado são mais lucrativas, não apenas devido ao seu ticket médio mais elevado, mas também por causa da credibilidade, da confiança e da percepção de qualidade conquistadas. 

Nem sempre o alto valor agregado decorre de um produto ou serviço de maior qualidade ou de tecnologia mais avançada.

Nesse sentido, vale considerar um cenário em que um serviço complemente o produto ou em que um produto complemente o serviço. 

Dessa forma, seja você prestador de serviços ou comerciante, é possível vender mais e fidelizar clientes explorando as possibilidades que seu negócio já oferece.

Quer saber como? Vamos lá.

 

Preciso encontrar meu público-alvo para agregar valor? 

A resposta é sim! Antes de saber como agregar valor, é necessário saber para quem esse valor será destinado.

Entender quais são as dores do cliente é imprescindível para atendê-las e, de preferência, tratá-las.

Por exemplo, quem corta o cabelo em um salão de beleza específico não está buscando apenas reduzir o comprimento de seus fios capilares. Então, o que, na verdade, esse cliente está procurando? Qual é o seu objetivo? Por qual motivo esse salão foi escolhido?

Poderíamos argumentar que o cliente de um salão de beleza quer melhorar sua aparência e elevar a autoestima.

Nessa situação hipotética, ele poderia se valer não apenas do serviço do corte, mas também de produtos relacionados de cuidados capilares, como condicionadores para um tipo determinado de cabelo, xampus especiais, ceras modeladoras, entre outros.

Esse leque de produtos depende completamente do público-alvo daquele serviço e pode ser bastante amplo, dependendo do segmento comercial. É aí que entra a oportunidade de agregar valor: compreender essas necessidades pode nortear as decisões para melhorar a experiência desse cliente. 

Outro exemplo da importância de conhecer seu cliente reside em uma hipotética loja de material de construção que vende principalmente para profissionais altamente capacitados. Para esse público, que já sabe como lidar com aqueles produtos, talvez não faça sentido oferecer cursos sobre o uso de certos equipamentos ou a instalação dos materiais.

 

Quais cuidados preciso tomar ao agregar valor?

Como toda decisão estratégica, aumentar o valor agregado de produtos e serviços envolve custos que devem ser contabilizados com precisão. Caso contrário, o que deveria ser fonte de receitas acabará virando uma grande anotação vermelha no balanço patrimonial. Evite prejuízos para o fluxo de caixa.

Nesse aspecto, uma pesquisa junto aos clientes ajuda a orientar sobre as decisões. O marketing digital também é uma poderosa ferramenta de aproximação e pode ajudar a identificar o que as pessoas realmente querem e precisam. Oferecer conteúdo relevante em troca de algumas respostas geralmente funciona muito bem.

Para isso, defina um método e procure se relacionar com o seu público. Assim, você garante o sucesso de sua estratégia, para agregar valor ao serviço ou produto que o cliente realmente deseja.

 

Como agregar valor ao produto?

Sua loja de ferragens pode estar vendendo pouco justamente porque as pessoas não percebem nos produtos nenhum valor agregado. Quem sai de casa para comprar uma torneira, faz isso normalmente por necessidade. O mesmo vale para bens de consumo duráveis, como eletrodomésticos, cuja compra nem sempre soluciona o problema do cliente.

Esses são casos em que o diferencial está na prestação de serviço. Para quem comprar um fogão, esse trabalho pode ser uma entrega expressa ou oferecimento de um cupom para compra de botijão de gás. 

Lojas de materiais de construção ou ferragens podem obter maior percepção de valor ao oferecer apoio para instalação, montagem, consultoria, cursos, assistência e outros serviços relacionados.

As possibilidades são inúmeras, obviamente. O ideal é que a empresa use o bom senso e ofereça algo que seja útil e que efetivamente vá somar ao bem ou serviço que está sendo consumido.

Em uma dimensão maior, por exemplo, podemos pensar em uma montadora de veículos, que oferece uma assistência para o comprador e revisões com preço fixo por um período determinado. Assim, o cliente não está apenas adquirindo um automóvel, mas uma experiência que lhe proporciona segurança e estabilidade.

O mesmo se aplica a eletrodomésticos, eletrônicos e outros produtos que, em algum momento, podem apresentar falhas ou ser complexos demais para operação sem ajuda. Quando o consumidor sabe que pode contar com apoio profissional, ele se sente mais confiante na compra e tende a ter uma experiência prolongada de percepção de qualidade, que é a palavra-chave nessa hora.

 

Como agregar valor em serviços?

Como vimos, esta é uma via de mão dupla. Se quem vende produtos pode agregar valor com a prestação de serviços, quem presta serviços pode fornecer mercadorias relacionadas para melhorar a percepção do cliente.

Já que estamos falando de exemplos práticos, podemos citar novamente profissionais de beleza, especialmente cabeleireiros e cabeleireiras. Qual cliente não gostaria de sair de um salão com um visual novo e, de quebra, adquirir um xampu profissional, que só poderia ser comprado ali?

Talvez seja um shampoo especial para aquele tipo de cabelo ou para aquele estilo de corte, por exemplo.

Pet shops também merecem ser citadas, afinal, trata-se de uma das atividades em que serviços casam perfeitamente com a venda de produtos.

Produtos de higiene e beleza, roupas, acessórios, coleiras e uma gama extensa de mercadorias podem e devem ser disponibilizadas junto a serviços como banho e tosa.

 

como-agregar-valor-ao-seu-servico-com-produtos-relacionados-2

 

6 dicas que vão te ajudar a agregar valor a seu produto e serviço

 

1. Construa a percepção da sua marca

Antes de tudo, você precisa levar em conta que a percepção de marca que o cliente terá com o seu produto ou serviço, está diretamente relacionado com a forma como você se apresenta.

Ou seja, a visão do público se relaciona com a experiência que ele tem com a sua marca. Por isso, investir numa comunicação efetiva pode auxiliar o seu negócio a conquistar melhores resultados.

Portanto, é indicado realizar uma pesquisa sobre as reais necessidades do seu consumidor e somente então apresentar a eles, como a sua empresa pode atendê-las.

Outro ponto importante é se atentar a formas, cores e ideias que representam sua marca e influenciam o consumidor. Por exemplo, atualmente, quando falamos de bancos, a cor roxa é automaticamente associada ao Nubank.

Assim, você consegue despertar o interesse do consumidor, ao mesmo tempo em que agrega valor a sua marca.

Uma dica para conquistar isso é analisar o que a concorrência está ofertando e como você pode se sobressair.

2. Conceda facilidades relacionadas aos seus produtos ou serviços

Todo mundo gosta de se sentir agraciado. Não é à toa que promoções ou condições especiais de pagamento atraem tantos clientes.

Por isso, oferecer facilidades relacionadas ao seu serviço ou produto, pode ser uma ótima maneira de atrair novos clientes e ainda agregar valor ao que você entrega.

Se você estivesse procurando uma nova companhia de telefonia para o seu celular e ficasse em dúvida entre duas empresas de preço parecido, você escolheria a que oferece WhatsApp ilimitado ou a que não tem esse extra?

3. Invista em relacionamento

Outro ponto muito importante é que você compreenda que criar um vínculo com o seu consumidor não é mais uma vantagem competitiva, mas sim uma necessidade.

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e desejam ter um certo relacionamento com as marcas que estão consumindo.

Ao manter uma relação próxima com o cliente, é possível: 

  • conquistar a confiança dele;
  • fidelizar e reter com maior facilidade;
  • transformar os atuais consumidores em promotores da marca.

4. Aposte em tecnologia e inovação 

Igualmente ao relacionamento com o cliente, apostar em tecnologia e inovação é fundamental para as marcas que desejam agregar valor ao seu produto ou serviço.

No caso de empresas contábeis, o uso da tecnologia oferece uma experiência mais completa para o cliente. Como por exemplo, no envio e recebimento de informações em tempo real.

Além disso, os clientes que buscam esse tipo de serviço, desejam mais agilidade e rapidez na hora de gerar documentos fiscais e para realizar a gestão da contabilidade.

5. Surpreenda positivamente

Se você quer conquistar novos clientes ou então manter os que já possui, busque sempre surpreendê-los positivamente.

As pessoas já esperam o óbvio, então entregue mais benefícios para que o público se sinta bem ao consumir da sua empresa.

6. Trabalhe frente de caixa PDV

Agregar valor pode não ser tão simples, principalmente quando se tem poucos recursos à disposição ou pessoal reduzido. 

Portanto, ajustar uma solução de frente de caixa PDV pode ser a solução mais indicada dentro de estratégias para agregar valor. Se sua loja ainda não conta com uma ferramenta que integre vendas, emissão de notas e dados estratégicos, o sistema de gestão da Conta Azul é o que você precisa.

 

Como a Conta Azul ajuda a agregar valor à sua empresa

Outra forma de agregar valor à sua marca, é tendo uma boa gestão financeira. Afinal de contas, quando a contabilidade do seu negócio está bem organizada, você consegue focar naquilo que a sua empresa oferta aos clientes.

Com o sistema de gestão da Conta Azul, você consegue conectar as áreas da sua empresa e ainda possui em um único lugar controle: 

  • financeiro;

  • fiscal;

  • contábil;

  • comercial;

  • estoque;

  • cobrança;

  • relatórios.

Com a inteligência empresarial certa, a sua empresa pode desenvolver estratégias mais assertivas para a agregar valor e dominar o mercado de forma saudável para sua gestão financeira.

A Conta Azul é a plataforma certa para quem deseja ter uma visibilidade melhor de todas as áreas da empresa, sem burocracias e de forma 100% online.  

Se está interessado em saber um pouco mais como podemos ajudar o seu negócio a conquistar mais valor no mercado, cadastre-se para experimentar gratuitamente a plataforma e confira todas as soluções que temos para a sua empresa.

 

 

Fale conosco e saiba como a Conta Azul otimiza a gestão da sua empresa  Tire suas dúvidas pelo chat em poucos minutos. Experimente grátis  Especialistas disponíveis agora

Newsletter

Faça agora a gestão financeira do
seu negócio em um único lugar