7 ações eficientes para mudar sua gestão de pet shops agora

7 ações eficientes para mudar sua gestão de pet shops agora

Trabalhar com atendimento a animais exige atenção dobrada do empreendedor, afinal, você tem que cuidar muito bem dos animais de estimação de outras pessoas e ainda lidar com a exigência dos donos, que na maioria das vezes tratam seus bichinhos como filhos. Como em outros estabelecimentos de varejo, a administração do seu negócio nem sempre tem o tempo que deveria. Porém, com uma gestão de pet shop adequada, é possível otimizar o tempo e garantir o crescimento sustentável da sua loja.

Um sistema de gestão que conecta as áreas da sua empresa: do financeiro ao comercial

Diante disso, listamos 7 dicas que irão ajudar nos processos administrativos do seu empreendimento, como controle de estoque e gestão financeira, facilitando a organização do trabalho e fortalecendo a sua marca no mercado. Olha só:

1. Conheça seus produtos

Nada mais importante do que conhecer cada produto disponível na sua loja, saber onde tudo está armazenado, para o que servem os itens e como funcionam. Isso o auxiliará tanto no atendimento, passando mais confiança ao seu cliente, quanto na hora de negociar com os seus fornecedores, selecionando mercadorias com mais qualidade e essenciais para o seu público.

2. Faça controle do fluxo de caixa

Embora não seja uma tarefa tão animadora, é primordial registrar as entradas e saídas dos produtos da sua loja, pois este processo controla tanto a parte financeira quanto os itens armazenados. Um fluxo de caixa atualizado traz informações detalhadas e em tempo real das suas finanças e, ao mesmo tempo, ajuda no monitoramento do estoque. Isso tudo pode ser feito com a ajuda de um software de gestão, que também contribui para que você entenda o ciclo de vida de cada mercadoria dentro do seu negócio.

Já imaginou o quanto é desagradável o cliente perguntar se tem algum determinado produto e você responder que sim, mas quando for buscar perceber que está em falta? Além de deixar o consumidor insatisfeito, acaba transmitindo desorganização a ele.

3. Fique atento ao prazo de validade dos produtos perecíveis

Assim como nós não comemos e nem usamos produtos vencidos, com os bichinhos não é diferente. Queremos sempre o melhor para eles, certo? Portanto, preste muita atenção nas mercadorias que estão indo para a sua prateleira e também naquelas que ainda estão no seu estoque. Desta maneira, é possível evitar prejuízos ocasionados pelo descarte e problemas que podem afetar a sua credibilidade no mercado, como algum animal ter uma reação alérgica devido ao consumo de algo fora da validade.

4. Estimule a venda dos produtos

Que propaganda é a alma do negócio todo mundo já sabe, mas não pense que para ter uma boa publicidade é necessário gastar muito dinheiro. Ela pode começar pequena, com promoções de produtos e serviços e um bom atendimento. Isso pode render indicações para outros donos de animais — é o famoso boca a boca, ainda muito eficiente. Além disso, há outros recursos, como divulgação do seu pet shop nas redes sociais que, se feita da forma correta, permite construir uma boa reputação do seu negócio.

5. Negocie com seus fornecedores

Sua relação com os fornecedores também é muito importante, pois são eles que podem facilitar a chegada do produto que está tendo grande movimentação na sua loja e a troca daquele que está parado no estoque. Ou ainda: é ele que pode dar um desconto na compra e simplificar a forma de pagamento. Eles são responsáveis por toda a negociação, então, o tenha como um verdadeiro aliado para a sua empresa.

Para manter um bom relacionamento com este parceiro é preciso planejar, realizar todos os pagamentos dentro do prazo e fazer os pedidos e devoluções conforme estipulado no contrato. Quanto mais fiel você for no cumprimento das suas obrigações, mais confiança o fornecedor terá e assim, quando necessário, ele irá ajudá-lo.

6. Calcule o valor do seu estoque

Mesmo que seu estoque esteja parado e não tenha sido registrada nenhuma movimentação, é necessário levar em consideração, além do valor dos produtos, o custo de manutenção para mantê-los armazenados. Afinal, esta é uma quantia que reflete diretamente na saúde financeira do seu pet shop. Essa estimativa também irá ajudar no gerenciamento da venda dos produtos estocados e permitirá que seja avaliada a possibilidade de criar promoções e descontos.

7. Tenha um sistema de gestão financeira

Por fim, a escolha de um software de gestão financeira é essencial para auxiliar nas tarefas de gestão e contribuirá para a otimização do tempo, segurança nas informações, controle preciso do estoque e fluxo de caixa sempre atualizado, trazendo praticidade para o seu dia a dia e ajudando no crescimento da sua loja. Com o ContaAzul você garante tudo isso e muito mais.

Ele é um sistema de gestão integrado 100% online para micro e pequenas empresas e reúne todo o fluxo de trabalho — financeiro, vendas, estoque, emissão de boleto e nota fiscal eletrônica — na mesma solução. Desta forma, permite enxergar com facilidade o andamento do seu negócio e obter resultados mais rápidos e exatos.

Essas são apenas algumas dicas gestão o seu pet shop com ganho de tempo e eficiência, evitando dores de cabeça. Que tal começar a colocá-las em prática? Compartilhe conosco suas dúvidas e experiências de gestão aqui nos comentários e vamos continuar a conversa.

Controle o financeiro com um sistema integrado para sua empresa

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?