As 10 melhores dicas para novos empreendedores

Sobre o que estamos falando?

  • Empreender é uma ação que pode trazer resultados excelentes, mas é repleta de desafios. Buscar conhecimento técnico e saber como melhorar a gestão são dicas essenciais para vencê-los!
  • Algumas técnicas contribuem especialmente para novos empreendedores que querem dar o primeiro passo.
  • A simplificação do controle fiscal, das rotinas contábeis e acompanhamento do fluxo de caixa diário ajuda a gestão e o crescimento do negócio. A Conta Azul pode te auxiliar nisso e em muito mais!

Experimente grátis a Conta Azul!

 

 

 

O número de novos empreendedores não para de crescer no Brasil. Seja por necessidade, oportunidade ou até mesmo sonho, essa iniciativa vem sendo  muito promissora no cenário atual. Mas é preciso estar bem orientado sobre como começar e como aperfeiçoar a atividade, já que melhorias devem ser feitas constantemente para o sucesso do negócio. 

Começar a empreender no Brasil, aliás, é um grande desafio. Segundo o Ministério da Economia, com o Mapa de Empresas, o número de empreendedores na categoria microempreendedores, por exemplo, cresceu recentemente, representando hoje 56,7% do total de negócios em funcionamento no país. Do total de empresas abertas em 2020, eles representam 79,3%.

Se você quer iniciar o seu negócio ou precisa de dicas sobre como tocá-lo da melhor forma, confira abaixo as 10 melhores dicas para colocar em prática desde já!

 

as-10-melhores-dicas-para-novos-empreendedores

10 melhores dicas para novos empreendedores

  1. Escolha um segmento de mercado

Um dos principais passos para os novos empreendedores é escolher um segmento de mercado. Muitas vezes a ideia parte de um hobby que a pessoa percebe que pode se transformar em uma atividade comercial ou prestação de serviço.

Defina bem quem serão seus consumidores para estudar a melhor forma de se comunicar com eles. Analisar a concorrência, inclusive na região, é muito importante para saber onde e como investir em um negócio de forma segura. 

   2. Busque ideias inovadoras


Para ter sucesso, os novos empreendedores precisam buscar ideias inovadoras e identificar oportunidades que os concorrentes ainda não viram para criar produtos e soluções novas. Uma ideia é aplicar questionários ou fazer enquetes pelas redes sociais buscando entender os produtos que os consumidores mais procuram na região e do que sentem falta.

   3. Monte um planejamento estratégico


Muitas vezes os novos empreendedores não sabem o que é planejamento estratégico, mas ele é essencial para qualquer negócio, pois significa estabelecer metas, a curto, médio e longo prazo, e listar tudo o que é preciso para atingi-las.

Dessa forma, o empreendedor poderá ver se está faltando algum recurso ou investimento em seu negócio para esse objetivo ser conquistado. Analisar os pontos fracos e os fortes também ajuda o negócio a se preparar melhor para enfrentar a concorrência.

   4. Estude seu público-alvo


Não dá para conhecer seu público sem de fato fazer um bom estudo sobre ele. Procure entender as necessidades, traçar os perfis dos compradores, quais são suas preferências, experiências e assim por diante.

Conhecer o seu público é essencial para conseguir precificar corretamente o seu produto e definir como e quanto investir nos canais de divulgação.

Se os consumidores utilizam mais a internet para visualizar produtos, apostar em posts nas redes sociais pode ser muito interessante.

as-10-melhores-dicas-para-novos-empreendedores-2

   5. Conheça seus concorrentes


Analisar os concorrentes te ajuda a entender o modo como eles se posicionam e os diferenciais que o seu negócio pode ter em relação a eles, não só no que se refere a produtos, mas principalmente ao atendimento.

Veja quem são, quais canais utilizam e que tipo de avaliação o público faz sobre eles. Assim você poderá oferecer algo que o mercado local eventualmente ainda não tenha, como, por exemplo, um serviço de delivery.

   6. Amplie seu conhecimento sobre finanças


É muito importante evitar misturar as finanças pessoais com as da empresa, pois isso pode levar o empreendedor a perder o controle dos gastos.

Além disso, a desorganização das finanças traz prejuízos e abre espaço para potenciais problemas no caixa da empresa. Por isso, amplie o que você sabe sobre finanças e sobre como fazer uma gestão de custos eficiente.

   7. Faça parcerias


Se possível, estabeleça parcerias para divulgar mais facilmente seus produtos. Um exemplo é fazer parceria com algum outro estabelecimento da região para que a propaganda do seu negócio esteja também em uma embalagem dele, financiando parte dos custos.

Na internet, as parcerias também podem acontecer com influenciadores que ajudem a divulgar seu serviço, mediante alguma troca, como a prestação de serviço ou descontos.

   8. Divulgue o seu negócio


Não investir em divulgação está entre um dos erros mais comuns entre os empreendedores iniciantes.

Procure ter uma identidade visual bem definida (seu logotipo, as cores que fazem lembrar sua empresa), de modo que os consumidores reconheçam o seu negócio mais facilmente. Busque fazer parceria com influenciadores, que possam ajudar a divulgar seus produtos nas redes sociais.

   9. Estipule metas e prazos


Para te ajudar a crescer, estipule metas para cumprir e prazos para atingir seus objetivos. Isso te motiva e te ajuda a seguir um planejamento, sem desviar da direção certa.

Se você tem um desafio  como aumentar as vendas em 50% em 1 ano, quebre esse objetivo em desafios menores, como no primeiro mês aumentar 5% e assim por diante. 

   10. Busque conhecimento constante


Se informe sobre tendências e desenvolva soluções criativas para possíveis problemas. Também procure sempre buscar conhecimento sobre gestão de modo geral, como de gestão de tempo e de custos

as-10-melhores-dicas-para-novos-empreendedores-3

Como começar a empreender?

Para começar a empreender, é fundamental compreender que se trata realmente de um desafio, mas que buscar conhecimentos técnicos e ferramentas corretas é o melhor ponto de partida.

Além das questões práticas e burocráticas da abertura da empresa, saber se comunicar adequadamente e ampliar as noções de gestão são ações fundamentais para sustentar o negócio.

A Conta Azul  é a plataforma ideal para novos empreendedores

Se você está buscando justamente  controle financeiro, contábil e fiscal para gerenciar bem o seu negócio, a Conta Azul  pode te ajudar.

A Conta Azul simplifica a  sua gestão financeira e conecta tudo o que você precisa para ter controle absoluta sob sua empresa, integrando também a parte fiscal e as informações de vendas. Com isso, você fica em dia com todas as obrigações fiscais e não corre o risco de perder nenhum dado ou prazo importante.

Ao liberar tempo com essas burocracias no dia a dia, você também consegue focar mais no que é estratégico para sua empresa crescer. Por atualizar processos, a plataforma ajuda a controlar tudo, conectando-se também ao contador, para agilizar o envio de informações. 

Com o ERP da Conta Azul, é possível centralizar tudo em um só local, como:

  • Contas a receber;

  • Boleto de cobrança;

  • Conciliação bancária;

  • Fluxo de caixa mensal;

  • Análise de pagamentos;

  • Emissão de boletos;

  • Relatórios de receita.

Independentemente do segmento de mercado que você trabalha, contar com uma plataforma integrada é essencial para a produtividade e gestão do seu negócio.

Que tal experimentar gratuitamente a Conta Azul e conferir como esses benefícios podem te auxiliar na prática? Comece já!

Newsletter

Quer ter acesso a
materiais gratuitos?